Entrar

Cartão de crédito Caixa: quais as opções e como solicitar?

Está em busca de um cartão de crédito Caixa e tem dúvidas sobre ele? Então, este texto é para você!

colunista elaine
Publicado em: 30 de março de 2022.

Quem quer um cartão de crédito Caixa já deve ter percebido que o banco disponibiliza várias opções de cartões, atendendo públicos que possuem rendas mensais distintas: de R$ 1.000 a mais de R$ 15.000.

Com um leque tão amplo, como saber qual o melhor cartão para você? E como fazer cartão de crédito da Caixa? Quer entender melhor? Vem, que a gente te explica!

Cartão de crédito Caixa: quais os benefícios?

A Caixa Econômica Federal é um dos bancos mais antigos e tradicionais do Brasil. Foi criada em 1861 pelo imperador Dom Pedro II com o nome de Caixa Econômica e Monte de Socorro.

O objetivo principal da instituição era incentivar a poupança e conceder empréstimos sob penhor, com a garantia do governo imperial. Por isso, muito rapidamente, o banco passou a atender as camadas sociais mais populares, incluindo os escravos, que podiam economizar para suas cartas de alforria.

Com essa raiz histórica é, até hoje, uma espécie de “banco do trabalhador”, já que como empresa pública atua fortemente nos processos trabalhistas do país. Quer um exemplo?

Benefícios como FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e seguro-desemprego são direitos pagos ao trabalhador brasileiro por meio da Caixa.

Conhecendo um pouco da história do banco, fica claro porque o serviço de cartão de crédito Caixa é tão amplo e atende tantos públicos, não é mesmo? Eis, portanto, o primeiro benefício dos cartões Caixa: a capacidade de oferecer cartões básicos, para quem tem renda menor, e cartões mais sofisticados, para quem possui renda mais alta.

Outros benefícios do Caixa cartão de crédito são:

● Prazo para pagamento das compras: possibilidade de realizar compras e pagar em até 40 dias sem incidência de juros;

● Financiamento de fatura: caso necessite financiar a fatura, basta efetuar o pagamento entre o valor mínimo e o valor total da fatura. Mas lembre-se que nunca é recomendado que o usuário de cartão de crédito tenha este comportamento. A ideia é que a fatura seja paga em sua totalidade porque os juros do cartão de crédito, de forma geral, são os mais altos do mercado.

Leia também | Juros de cartão de crédito: 6 coisas que ninguém te conta

● Parcelamento de compras e de fatura: é possível comprar em lojas e aplicativos no Brasil e em outros países e parcelar suas compras com ou sem juros, conforme as regras do estabelecimento, site ou aplicativo.

● Saques emergenciais: fazer saques em dinheiro de parte do limite de crédito do cartão também é possível. Mas é importante o usuário ficar de olho nas tarifas cobradas para isso. Limite de cartão de crédito não é saldo, não é um dinheiro que você tem que pode ser utilizado. Cuidado!

● Participação no Programa Pontos CAIXA: este benefício é exclusivo para cartões destinados a usuários que possuem renda acima de R$ 6 mil. Funciona assim: as compras realizadas com os cartões de crédito participantes do programa poderão ser convertidas em pontos para serem resgatados e utilizados no TudoAzul, Smiles, LATAM Pass, TAP Miles&Go e Dotz. Além disso, é possível reverter os pontos para conseguir descontos nas anuidades dos cartões, ou ainda obter crédito em fatura (o cashback)

● Benefícios das bandeiras: como a Caixa Econômica oferece seus cartões nas três principais bandeiras que operam no país (cartão de crédito Caixa Elo, Visa ou Mastercard), cada bandeira oferece seu próprio programa de vantagens. É necessário conhecer estes benefícios nos sites de cada empresa, mas no geral oferecem serviços de assistência em viagem, seguro de proteção de compra, seguro-viagem, seguro de locação de veículos, seguro de extravio de bagagem, desconto em lojas, escolas e restaurantes.

Leia também | O que é bandeira do cartão de crédito? Como escolher a melhor?

Caixa cartão de crédito: principais tipos

Quando se pesquisa por “Caixa Econômica cartão de crédito”, você logo percebe que há muitos tipos de cartões disponíveis e direcionados a públicos distintos. Para apresentar os principais, separamos por renda mínima necessária para ter acesso ao crédito.

Lembrando que todos eles possuem os benefícios listados no tópico acima. O que muda, principalmente, é o valor da anuidade e a forma de acumular pontos no programa de vantagens da Caixa: quanto mais alta a renda mínima do cartão, maior a anuidade e maior também o acúmulo de pontos.

Leia também: Cartões para milhas: descubra quais são os melhores
Por exemplo, para o cartão Internacional, o mais básico que participa do programa de vantagens, 1 ponto é convertido a cada US$ 1 gasto ou equivalente em reais; para o Elo Nanquim, um dos tops de linha, 2,3 pontos são convertidos a cada US$ 1 gasto ou equivalente em reais.

Agora, confira abaixo e conheça um pouco mais dos cartões da Caixa.

1. Renda de até R$ 1000

Se você possui uma renda mensal de até R$ 1.000 e quer encontrar um cartão de crédito Caixa simples, saiba que existem algumas opções para você: Cartão Azul, Nacional, Caixa Tem e Caixa Leve. Eles são os cartões de entrada do banco, ou seja, são destinados para os clientes com uma renda mais baixa, como jovens, universitários ou pessoas mais simples.

Por isso, alguns destes cartões, como o Caixa Tem, por exemplo, não cobram anuidade dos usuários.

É importante deixar claro que os cartões Caixa Azul e Nacional estão com a comercialização temporariamente suspensa. O banco estatal ainda informa que o Caixa Azul na bandeira Elo foi substituído pelo Caixa Sim Elo e que o cartão Caixa Azul na bandeira Mastercard e o cartão Nacional foram substituídos pelo Caixa Leve Internacional Mastercard.

2. Renda até R$ 6000

O cartão de crédito Caixa Sim, o Internacional, o Gold e o Mais são as opções disponíveis na Caixa para esta faixa de renda mensal. Entre essas opções, o único que não cobra anuidade é o Caixa Sim, um dos cartões mais famosos e utilizados do banco. Os outros três custam R$ 207 por ano parcelados em 12 vezes para o titular. Ao cartões adicionais, a anuidade é isenta.

3. Renda até R$ 15.000

Os cartões Platinum e Grafite atendem quem possui essa faixa de renda mensal. A anuidade do Platinum é R$ 414 para a bandeira Visa e R$ 453 para a bandeira Mastercard. A anuidade do Grafite é R$ 414. Todas são parceladas em 12 vezes. O Platinum converte 1,4 pontos a cada US$ 1 gasto ou equivalente em reais e o Grafite converte 1,6 pontos.

4. Renda acima de R$ 15.000

Acima de R$ 15.000 são os cartões Black, considerados tops de linha. São eles: Mastercard Black (anuidade de R$ 921), Visa Infinite (anuidade de R$ 828), Elo Nanquim (anuidade de R$ 828), Elo Diners Club (anuidade de R$ 1.100,04).

Como fazer cartão de crédito da Caixa?

Se você está pensando em solicitar um cartão de crédito Caixa e acha que terá que abrir uma conta no banco para isso, esqueça isso. No Serasa eCred, você pode fazer uma simulação sem compromisso e escolher o seu cartão com mais tranquilidade.

O Serasa eCred é a plataforma de empréstimo e cartões de crédito da Serasa. Com base no seu perfil financeiro e necessidades, ela simula, compara e recomenda as melhores ofertas de crédito disponíveis no mercado para você. Se um cartão de crédito Caixa estiver nessa lista, ele também aparecerá como sugestão na simulação. Veja como funciona:

1. Acesse o Serasa eCred

Acesse o site do Serasa eCred ou o aplicativo da Serasa, disponível no Google Play e na App Store, e informe seu CPF e senha. Se você ainda não tem um cadastro, pode fazer o seu na hora. É rápido e você não paga nada por isso.

2. Complete o seu perfil

Ao concluir o login, você poderá atualizar o seu perfil. Não se esqueça de informar todos os dados solicitados. Isso ajudará o eCred a encontrar as melhores alternativas de crédito para você.

3. Faça uma simulação

Selecione a opção “Solicitar cartão”. O eCred buscará ofertas para seu perfil junto ao Santander e dezenas de instituições financeiras parceiras de uma só vez.

4. Confira e compare opções

Confira as opções de cartão de crédito recomendadas para você. Na tela, além dos nomes dos cartões, aparecerá o limite disponível, informações sobre anuidade e conveniência. Para conhecer mais sobre cada opção, é só clicar em “Detalhes da oferta”.

5. Escolha o seu cartão de crédito e finalize a contratação

Após avaliar as opções disponíveis, é hora de escolher o cartão que você achar mais interessante. Clique em “Solicitar” e finalize a contratação de forma fácil e em poucos minutos.

Prontinho! Viu como é prático e rápido encontrar seu cartão de crédito ideal? Tudo isso sem precisar sair de casa ou preencher várias propostas de diferentes instituições financeiras. E mais: sem impactar seu score, já que quando você solicita crédito em vários lugares o mercado entende que você pode estar endividado, desesperado por crédito, e aí sua pontuação pode cair por isso.

Leia também | Cartão de crédito fácil de aprovar não é lenda, conheça opções

Cartão de crédito para negativado Caixa é possível?

De forma geral, é possível sim conseguir um cartão de crédito Caixa para negativado. Mas não podemos afirmar categoricamente se alguém está apto ou não a ter um cartão do banco. Isso porque cada cliente que solicita crédito é analisado profundamente.

Pode acontecer de até mesmo uma pessoa que tem o nome limpo não tenha o cartão concedido por algum motivo. A análise é caso a caso e cada instituição financeira tem seus parâmetros internos estabelecidos.

Ao cliente com nome sujo, cabe fazer a solicitação e aguardar para saber se foi aprovado ou não na análise de crédito. Mas, atenção: se você está negativado avalie bem se um cartão de crédito realmente irá te ajudar neste momento ou se irá atrapalhar ainda mais sua vida financeira.

Uma opção que pode ser mais segura para quem se encaixa neste perfil, pode ser o cartão de crédito pré-pago. Ele é mais fácil de controlar porque cada usuário recarrega o cartão com o valor que quiser antes da utilização.

Leia também | Cartão de crédito fácil de aprovar não é lenda, conheça opções

Dívida cartão de crédito Caixa Econômica: como resolver?

Para evitar dívidas no cartão de crédito, é fundamental que os usuários sempre paguem a fatura em dia e em sua totalidade. Parcelar a fatura é o segundo passo para o endividamento – o primeiro é gastar mais do que deveria. Isso porque ao optar por pagar o valor mínimo do cartão, você terá que arcar com juros e multa na próxima fatura.

Se você já entrou nessa e está com uma dívida de cartão de crédito Caixa Econômica, o mais indicado é procurar um empréstimo com juros menores que os do cartão para colocar essa conta em ordem, antes que se torne uma verdadeira e terrível bola de neve!

No Serasa eCred, você também consegue simular empréstimos e encontrar um que seja vantajoso para você. São diversas linhas de crédito: pessoal, com garantia, para autônomo, para negativado, sem comprovação de renda. Clique, simule e avalie!

Agora que você já sabe tudo sobre cartão de crédito Caixa, não deixe de continuar acompanhando os conteúdos exclusivos do blog da Serasa!

serasaecred.com.br pertence e é operado pela Serasa S. A., uma sociedade anônima sob o CNPJ/MF 62.173.620/0104-95, com domicílio na Rua Dr. Léo de Carvalho, 74 – Sala 1105 – Bairro Velha – Blumenau-SC – CEP 89036-239. A Serasa S.A. não é instituição financeira. Somos um correspondente bancário das instituições: BANCO CBSS S/A – CNPJ: 27.098.060/0001-45, Banco Votorantim S.A. – CNPJ/ME: 59.588.111/0001-03, Banco Pan S.A. – CNPJ: 59.285.411/0001-13, Finamax S./A. – Crédito, financiamento e investimento – CNPJ: 00.411.939/0001-49 e possuímos uma plataforma online (“Serasa eCred”) que facilita o acesso de clientes a produtos e serviços ofertados por instituições financeiras parceiras e credenciadas na plataforma.

Os correspondentes bancários são empresas contratadas por instituições financeiras e demais instituições autorizadas pelo Banco Central do Brasil para a prestação de serviços de atendimento aos clientes e usuários dessas instituições. A atividade de correspondente bancário é regulada pelo Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. Prazo de pagamento: varia de acordo com a Instituição Financeira escolhida, podendo ser entre 3 e 60 meses. Custo Efetivo Total (CET): varia de acordo com a Instituição Financeira escolhida, podendo ser entre 26,76% e 605,85% a.a. Exemplo: Empréstimo de R$5.000,00. Taxa de juros: 3,23% a.m. A pagar em 18 parcelas mensais de R$380,55. Total a pagar: R$6.849,90. IOF incluso: R$134,00. Tarifa: R$0. CET: 52,80% a.a.

O Serasa eCred tem como compromisso a transparência com nossos clientes. Antes de iniciar o preenchimento de uma proposta, serão exibidos de forma clara: a taxa de juros utilizada, tarifas aplicáveis, número de parcelas, impostos (IOF) e o custo efetivo total (CET). Nossa central de atendimento está disponível para esclarecimento de dúvidas sobre quaisquer dos valores apresentados. Serasa Consumidor informa: o Serasa eCred é uma plataforma de comparação de ofertas de crédito 100% gratuita para consumidores.

Não realizamos nenhum tipo de cobrança para apresentar a você as propostas de crédito dos nossos parceiros. Caso receba alguma cobrança, não faça nenhum depósito ou pagamento, e entre em contato com o nosso time de atendimento.