Entrar

Saldo credor: o que é e quando vale a pena usar?

Descubra o que é e em que casos você pode se deparar com um saldo credor em sua conta bancária ou fatura do cartão de crédito.

Foto Vanessa Conulista
Publicado em: 25 de novembro de 2021.

Provavelmente você já se deparou com o termo “saldo credor” na fatura do seu cartão de crédito ou no extrato da sua conta corrente ou carteira digital.

Essas palavrinhas costumam gerar dúvidas sobre do que se trata esse saldo e o motivo pelo qual ele aparece entre as suas movimentações financeiras. Se você chegou até aqui com essa dúvida, fique tranquilo. Este conteúdo irá te ajudar a entender tudo o assunto.

O que é saldo credor?

Saldo credor nada mais é do que um saldo positivo presente em uma conta bancária ou em uma fatura de pagamentos. Ou seja, quando, em um mesmo período, a conta recebe mais créditos que débitos, e como consequência eles se acumulam positivamente.

O que é saldo credor na fatura?

No caso de uma fatura de cartão de crédito, a situação é exatamente a mesma. O saldo credor simboliza um valor pago a mais na sua fatura, seja por pagamento acima do valor ou o estorno de alguma compra cancelada, por exemplo.

E como isso acontece? Simples! Digamos que sua fatura de cartão de crédito deste mês tenha fechado em R$500 e, por algum motivo você paga um valor a mais do que realmente é devido.

Digamos que o valor pago foi de R$600 sobre uma fatura de R$500. Neste caso, o seu saldo credor será de R$100.

E aí você pergunta: mas o que acontece com esses R$100? Eu perdi esse dinheiro?

Não, esse valor será apresentado na sua próxima fatura e nomeado como Saldo Credor. E se o seu gasto nessa nova fatura também foi de R$500, neste caso, o valor devido será, apenas, de R$400, considerando o desconto dos R$100 a mais pago na fatura anterior.

Leia também | 6 Dicas para Controlar Gastos no Cartão de Crédito

Saldo credor x saldo devedor: quais as diferenças?

A mesma situação pode acontecer ao contrário, o que chamamos de saldo devedor. A seguir, você vai entender um pouco mais sobre a diferença entre os termos:

Saldo credor

Como já dito, trata-se de um dinheiro a mais depositado em sua conta ou pago em sua fatura de cartão de crédito, por exemplo. Neste caso, o valor superior passa a ser um crédito para a próxima fatura ou fica positivo na sua conta corrente.

Para consultar seu saldo credor é muito simples. Basta entrar em contato com a instituição financeira da sua conta ou a administradora do seu cartão de crédito. Também é possível fazer essa consulta nos canais online como o internet banking ou o aplicativo do agente financeiro.

Este contato pode ser feito via site, telefone, app do banco entre outros. O saldo credor estará disponível na sua fatura de cartão de crédito ou no extrato da sua conta corrente.

Saldo devedor

Já o saldo devedor ocorre de forma contrária. Ainda usando o mesmo exemplo acima, de uma fatura de R$500, digamos que você pagou apenas R$450. Neste caso, a fatura ainda não foi paga por completo e, assim, no próximo mês, o valor fechado da sua fatura incluirá estes R$50 como saldo devedor, incluindo os juros e multas por atraso.

Essa prática é legal e comum entre bancos e instituições financeiras e se chama crédito rotativo do cartão. E muita atenção, pois este costuma ter uma das maiores taxas de juros do mercado

Afinal, é vantajoso usar o saldo credor?

Uma prática comum entre muitas pessoas é pagar um valor superior ao valor total da fatura do cartão de crédito, a fim de liberar mais limite para compras. No entanto, essa prática pode impactar negativamente o seu planejamento financeiro.

Isso porque, utilizar o saldo de uma reserva de financeira, por exemplo, pode te deixar sem recursos em caso de emergências. O mais indicado nesse caso, é buscar alternativas de crédito que estejam alinhadas à sua realidade financeira. Afinal, se você consegue pagar valores além da sua fatura, provavelmente está preparado para um limite maior no cartão de crédito.

Como aumentar o limite do cartão de crédito?

Algumas práticas simples podem te ajudar a conquistar um bom limite no seu cartão de crédito, que atenda suas necessidades financeiras, Veja algumas dicas:

  • Pague as contas sempre em dia: não possuir pendências financeiras é um ótimo hábito para conseguir aumentar o limite do seu cartão ou já ganhar um no momento da contratação do novo cartão.

  • Faça mais compras no cartão de crédito: ao realizar muitas movimentações financeiras no cartão de crédito e manter os pagamentos em dia, o agente financeiro entende o seu potencial de pagamento e pode liberar um limite maior com mais segurança.

  • Relacionamento com o agente financeiro: seguindo a mesma lógica dos itens anteriores, ao realizar movimentações financeiras recorrentes e realizar pagamentos em dia, você mantém um bom relacionamento dom o agente financeiro e aumenta suas chances de conseguir um bom limite.

  • Consulte o seu score de crédito: o Serasa Score é um dos principais fatores que indicam a sua capacidade de pagamento e risco de inadimplência. Por isso, é sempre válido manter o seu score com uma boa pontuação. Para te ajudar com isso, criamos um Guia completo sobre o Serasa Score 2.0, com dicas para aumentar sua pontuação. Baixe os seu gratuitamente!

  • Utilize o Serasa eCred: a plataforma exclusiva da Serasa 100% gratuita que busca as melhores ofertas de cartão de crédito para o seu perfil.

Legal, né? Em um só lugar, você tem a oportunidade de avaliar várias alternativas e descobrir qual é a melhor opção para o seu orçamento. E tudo isso sem custo algum. Faça uma simulação de cartão de crédito agora mesmo!