A sensação de que o mês é longo demais, e o dinheiro é curto acompanha muitos brasileiros. Se no mesmo dia que você recebe o salário, ele já evapora da conta: é hora de ligar o alerta. Isso é um sinal claro de que a saúde da vida financeira não vai bem. Os motivos podem ser vários, mas a boa notícia é que existem alguns gastos que conseguimos eliminar. São os gastos invisíveis!

Já consultou seu CPF hoje?

Consulte agora o CPF

O QUE SÃO GASTOS INVISÍVEIS?

Já parou para pensar que, por muitas vezes, nós não contabilizamos os gastos pequenos que temos na rotina? Eles são justamente os responsáveis por abocanhar boa parte da sua grana e fazê-la sumir logo que cai na conta. Se o seu objetivo é aprender a se livrar deles, estamos aqui pra te ajudar.

SEGUE QUE É SUCESSO!

Como consultar o Score na Serasa

Consultar CPF na Serasa online e grátis!

Como consultar o CPF pelo nome?

O que é a Consulta feita na Serasa?

4 passos simples para limpar o nome

Listamos 5 gastos invisíveis entre os mais comuns e – claro – como se livrar deles. Confira:

1. Aplicativos de delivery e de transporte

Esse gasto pode ser apelidado de “novo clássico da vida moderna”. Algumas facilidades que conseguimos com os aplicativos são economia de tempo e energia. Depois que nos acostumamos com essas facilidades, nosso cérebro nos prega peças para repetir sempre o mesmo comportamento. Isso pode nos jogar diretamente para a terra das dívidas desnecessárias.

Quem nunca chegou muito cansado do trabalho e pediu uma comida por entrega pela comodidade? Ou talvez tenha feito aquela corrida no aplicativo de transporte porque eram “só 10 reais”? Acontece com todo mundo.

O problema é que somados, esses gastos podem aumentar gradativamente sua fatura do cartão. O ideal nesse caso é fazer o seguinte exercício:

  • Some todos os gastos com delivery e apps de transporte e procure um boleto seu que tenha esse mesmo valor
  • Ao visualizar que essa economia pode pagar uma conta sua, você pode pensar melhor na próxima vez que for usar esses aplicativos

2. Anuidade do cartão

Quantas pessoas você conhece que têm o costume de checar a média de gastos com anuidades e tarifas no cartão? Poucas, não é? A verdade é que se você fizer isso, vai ficar impressionado com o valor que dá para economizar nesse quesito.

A economia que pode ser feita varia de 25% a 100%, a depender do plano contratado no seu cartão. Para resolver essa questão, aí vai a dica:

  • Ligue para o operador do seu cartão e negocie esses valores por mês
  • Determine exatamente o quanto pode gastar com essas taxas
  • Anote tudo em uma planilha financeira. Assim será mais fácil organizar essa média de gastos

Compare grátis seu crédito

3. Promoções por impulso

Sabia que aproximadamente 60% das pessoas aproveitam ofertas de crédito para comprar por impulso? É um comportamento normal, ninguém precisa se sentir culpado por isso.

Nossas vidas são bombardeadas por propagandas o tempo todo: ao usar o celular, andar na rua, assistir televisão. Com tantos estímulos consumistas, a palavra promoção é só mais um incentivo para nos convencer que precisamos de algum produto. Nesse caso, sempre pense nessas duas questões antes de se jogar no cartão:

  • Eu realmente preciso desse produto?
  • Essas parcelas ou o valor total cabem no meu orçamento?

Quando essas perguntas se tornam hábito na sua vida, fica mais fácil se controlar na hora do impulso. E dessa forma, você passa a fazer compras conscientes e não se arrepender depois.

4. Atraso de pagamentos

Os motivos para não pagar dívidas são inúmeros. Mas deixar de pagar contas por esquecimento é uma das maiores falhas que alguém pode fazer com o próprio salário.

Infelizmente, isso acontece muito mais do que a gente imagina. Mais de 65 milhões de brasileiros estão com alguma conta em atraso e CPF negativado. Isso é mais do que 40% da população. Para evitar gastos desnecessários com multas e juros, você pode:

Colocar no débito automático algumas contas como cartão de crédito, água, luz e telefone.

Dessa forma, você evita:

  • Esquecer de pagar os boletos
  • Pagar multa por atraso
  • Pagar juros mais altos

Negocie suas dívidas agora

5. Comida fora de casa

Quando o assunto é gasto invisível, o estômago sempre vence o bolso. Lanches e refeições fora de casa são campeões de gastos desnecessários do mês. E sabemos que a tentação é grande. Quando esses gastos não são contabilizados, a chance de você jogar seu dinheiro pelo ralo é enorme.

Caso você gaste R$ 8 todo dia útil com um cafezinho e pão de queijo, por exemplo, no fim do mês já são R$ 176. Ao final de um ano, o valor vai para quase R$ 2 mil. Essa grana faria muita diferença pra você? Se a resposta é sim, está na hora de mudar os hábitos.

Para resolver esse problema, tente:

  1. Criar o hábito de fazer todas as refeições em casa. É mais barato e até mais saudável como mostramos nesse conteúdo de economia na cozinha
  2. Guarde o dinheiro que você usa para o cafezinho ou qualquer lanche durante um mês e veja o quanto economizou. Isso pode te estimular a poupar nos próximos meses

MAIS CONTEÚDO PARA VOCÊ

Agora que você aprendeu um pouco sobre gastos invisíveis, que tal ouvir mais sobre o tema? Esse é o assunto da semana no nosso podcast. Gostou do conteúdo? Compartilha com alguém que não faz ideia do que são gastos invisíveis e precisa descobrir as economias da rotina. Para mais dicas de educação financeira,se inscreva no nosso canal no YouTube e ouça nosso podcast semanal.

Consulte grátis o seu Serasa Score!

VEJA AGORA SUA PONTUAÇÃO.

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora