Todo professor tem milhares de ideias para desenvolver projetos em suas classes. Mas logo de cara vem um problema. Como executar o projeto se a escola não tem recursos? O Serasa Itinerante conheceu a professora de ensino fundamental Joseli Nicolino de Jundiaí. Ela mostrou que é possível trabalhar educação financeira na escola e gastar pouco dinheiro!

Educação x Dinheiro

Basta ficar de olho nas notícias para se chatear. A educação, que nunca recebeu muito dinheiro por parte do governo, sofreu cortes ainda maiores nos últimos tempos. Isso é um péssimo sinal para professores que sempre estão cheio de ideias, mas precisam de recursos para seus projetos.

Como gastar pouco dinheiro?

Você que é educador, já apresentou um projeto para a gestão da escola e tomou um balde de água fria? E o motivo foi a falta de recurso? Quem nunca?

Isso infelizmente é uma realidade para milhares de professores no nosso país. Contudo, há formas de você conseguir viabilizar seus projetos. Confira algumas dicas:

  • Crie um evento para levantar recursos: pode ser rifa, pastelada, contribuição dos pais. Nessa hora vale tudo!
  • Demonstre a importância do seu projeto para seus alunos e para a sociedade: se a escola não tem grana, avance uma casa. Procure a secretaria de educação, uma empresa que se interesse pelo projeto, um político ou até a mídia, que pode ajudar você a ganhar visibilidade.
  • Seja criativo: muitas vezes a solução está mais perto do que se imagina e custa muito menos do que o estipulado, quer ver? Conheça a história da professora Joseli.

Assine o Serasa Antifraude e proteja seu nome!

A história da Joseli

A professora Joseli ganhou a missão de facilitar oficinas de educação financeira na escola onde trabalha. No início, ela tirou dinheiro do próprio bolso e adquiriu um jogo genérico do Banco Imobiliário em uma loja de Jundiaí (SP). Com o tempo, percebeu que aquele jogo não era suficiente para todos os alunos e resolveu criar o próprio.

Joseli desenvolveu um jogo em que combinou:

  • Uma caixa de ovos de 30 unidades; com
  • A bolinha que vem nos desodorantes do tipo roll-on.

Com isso, ela criou um joguinho para os alunos do Ensino Fundamental I ganharem dinheirinho. Essa atividade desenvolveu a percepção sobre as diferenças sociais entre aqueles que ganham mais e aqueles que ganham menos. A professora contou sua história para o Serasa Itinerante e faz parte da Webserie Nas Escolas. Conheça a história dela!

E aí, viu como é possível desenvolver seus projetos e gastar pouco dinheiro? Já conseguiu fazer “mágicas” para tirar seus projetos do papel? Compartilha nos comentários e quem sabe, sua história pode ser contada para todo o Brasil aqui no Serasa Ensina.

Consulte grátis o seu Serasa Score!

VEJA AGORA SUA PONTUAÇÃO.

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora