Entrar

Mulheres empreendedoras: dicas para aumentar os lucros em 2022

Separamos algumas dicas práticas para as mulheres empreendedoras que desejam ter mais sucesso este ano. Confira!

colunista Veridiana Lopes
Publicado em: 12 de janeiro de 2022.

No Brasil, todo ano contamos com mais e mais mulheres empreendedoras, criando os seus próprios negócios e crescendo suas empresas como uma forma de conquistar a tão sonhada liberdade financeira.

Cada vez mais o público feminino vem ressignificando o mundo dos negócios, trazendo novas abordagens ao mercado do empreendedorismo e promovendo novas soluções para toda a população.

Segundo o Global Entrepreneurship Monitor 2020 (GEM), cerca de 20% dos empreendedores brasileiros são mulheres. Ainda de acordo com o GEM, aumentar a participação feminina no empreendedorismo pode criar milhares de novas oportunidades de negócios – além de contribuir diretamente para a criação de novos postos de emprego e geração de renda.

Grandes mulheres empreendedoras

Com um exemplo de superação e liderança, contamos com grandes exemplos de mulheres empreendedoras que transformaram diversos segmentos de mercado, elevando o nível para a concorrência e criando experiências incríveis para os seus clientes, o que claro, fizeram com que elas ganhassem não só espaço, mas uma grande fatia do seu público-alvo.

Uma delas é Camila Farani, empresária muito conhecida por participar de reality shows, mas que está ou esteve por trás de grandes empresas, sendo em sua carreira investidora de mais de 30 negócios.

Outra empreendedora de destaque é Sabrina Nunes, criadora da marca Francisca Joias e dona de um dos maiores e-commerces de joias contemporâneas do país, sendo inclusive premiada pelo Banco Goldman Sachs.

Não podemos deixar de mencionar também Luiza Helena Trajano, uma das maiores empreendedoras do país, por trás da empresa Magazine Luiza, a empresa varejista com faturamento bilionário.

Essas são só algumas das mulheres empresárias que dominam a sua fatia de mercado, garantindo representatividade e espaço feminino na economia gerada a partir de novos empreendimentos.

O que não falta no mercado são oportunidades para mulheres começarem a empreender e, neste artigo, iremos reunir as melhores dicas tanto para quem quer começar a empreender, quanto para quem quer crescer o próprio negócio por aqui. Vamos lá?

Por onde começar para criar o próprio negócio?

Independente da sua situação atual, existem milhares de opções práticas que te ajudarão a ganhar dinheiro, caso queira usá-la como fonte de renda principal ou mesmo renda extra.

Quando não se sabe por onde começar, parece impossível criar e escolher uma opção de negócio que você goste e que ao mesmo tempo seja simples e até gratuita para começar, permitindo que a qualquer momento você possa tirar essa nova meta do papel.

Antes de escolher o que deseja fazer, não deixe de lembrar que um negócio é uma constante diária, ou seja: para crescer é preciso que você se dedique e invista tempo e até dinheiro. Por isso, ao começar seu negócio, não deixe de considerar as suas habilidades existentes e seus gostos. Assim, a sua jornada será muito mais fácil.

Está sem renda e não tem ideia de negócio para começar? Confira sugestões

Escolher a ideia certa de negócios é uma forma de começar a empreender com o pé direito. Até porque é preciso ser estratégica com as escolhas disponíveis. É preciso pensar em uma possibilidade que permita que você cresça, se destaque e ganhe dinheiro rapidamente.

Vale lembrar que também é essencial escolher um nicho/setor do mercado pelo qual você seja apaixonada e que também não deixe de levar em consideração as habilidades e recursos que você já tem. Entre as opções listadas, você pode se tornar tanto uma prestadora de serviço quanto uma vendedora de produtos, sendo possível escolher a opção que mais se encaixa em seus gostos e na rotina que você busca ter.

Abaixo listamos as 20 melhores ideias de pequenos negócios que você pode criar:

  • Personal organizer

  • Manicure

  • Costureira

  • Cerimonialista

  • Assistente virtual

  • Maquiadora

  • Infoprodutora

  • Decoradora

  • Vendedora

  • Social media

  • Planejadora de eventos

  • Cuidadora de animais

  • Confeiteira

  • Artesã

  • Babá/cuidadora

  • Bomboniere/loja de doces

  • Tutora

  • Cozinheira

  • Organizadora de eventos

  • Revendedora de roupas, semijoias, cosméticos e muito mais.

É importante ressaltar que a maioria dessas opções são atividades que você pode começar como uma “renda extra”, empreendendo aos poucos para sentir o terreno, mas buscar uma especialização é muito importante para se diferenciar no mercado, oferecer serviço de qualidade e alcançar mais públicos.

Quer um exemplo? Cuidadora de animais. Hoje, existem plataformas no mercado que permitem que qualquer pessoa se cadastre para ficar com animais em situações pontuais ou durante alguns dias da semana. Não é preciso ter muita habilidade, apenas saber como lidar com os bichinhos no dia a dia. No entanto, se você quiser se tornar uma mulher empreendedora nessa área, precisará fazer cursos e se aprofundar no tema para entender melhor sobre o comportamento e a saúde dos animais, por exemplo. Deu para entender a diferença?

Então, antes de fazer a sua escolha e bater o martelo, procure cursos e especializações – dependendo da área, você pode encontrar bons materiais gratuitos – para já planejar os próximos passos de crescimento do seu negócio.

Como garantir que a sua empresa cresça e que você mude de vida?

A melhor forma de garantir que o dinheiro conquistado com o seu negócio seja bem empregado é planejar que ele seja revertido no próprio negócio, ou pelo menos a maior parte do que você ganha. Por isso, a gestão financeira do seu negócio não pode ser negligenciada, porque isso fará com que a sua empresa cresça com mais tranquilidade.

Busque especializações

Como já mencionamos, uma das melhores formas de garantir que o seu negócio continue crescendo é através das especializações, que permitem que você atinja públicos cada vez mais específicos e com mais qualidade – o que permite cobrar mais pelo seu serviço.

Reinvista no negócio

Um processo importante que determina o crescimento de uma empresa são os investimentos que são feitos nela, seja em equipamentos, insumos, colaboradores entre outros. Tudo que é investido na sua empresa é fator decisivo para o seu sucesso.

Melhore a sua qualidade de vida

De nada adianta ter um negócio que não te ajuda a mudar de vida, um processo importante para quem quer crescer. Afinal, é impossível prestar um bom serviço ou vender bem se a sua vida pessoal passa por uma turbulência. Por isso, invista em itens que te proporcionem uma vida mais tranquila, confortável e que te ajude a ter ainda mais vontade de empreender.

Agora que você entende como empreender e tem nas mãos as melhores opções de negócio, não deixe a sua independência financeira para depois. Comece já a fazer seu planejamento. Desejamos sucesso!