Entrar

Cadeia produtiva: O que é, para que serve e onde se aplica!

Descubra nesse artigo o que é uma cadeia produtiva e qual é a sua finalidade com exemplos práticos

Foto Veridiana
Publicado em: 21 de dezembro de 2021.

O Brasil é um dos principais produtores e fornecedores de alimentos no mundo, pela força do nosso agronegócio. Ouvimos muito falar sobre o agronegócio brasileiro nas escolas e até na televisão. Mas você entende como funciona a cadeia produtiva dessa área?

Segundo a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuário (CNA), o agronegócio bateu recorde de exportações no ano de 2021 superando a marca dos $102 bilhões de dólares. Ainda de acordo com a CNA, o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro deve crescer no total 9,37% em 2021. Já a expectativa para 2022 é de 5%.

O que é cadeia produtiva?

Cadeia produtiva é o processo completo de produção desde a criação a venda de um produto ou bem de consumo. E quando digo desde a criação, quero falar da matéria-prima no seu nível mais puro, da sua extração até à distribuição aos consumidores. A cadeia produtiva existe em todos os negócios, independente do seu formato, mas ela é forte, principalmente, no setor do agronegócio.

Dentro da cadeia produtiva relacionada ao agronegócio, o ciclo econômico envolve desde a etapa de extração, produção, consumo e devolução, incluindo também o descarte dos resíduos gerados no processo.

Além do agronegócio, as cadeias produtivas são essenciais para ajudar a entender e classificar as etapas que os produtos percorrem dentro do ciclo econômico. Dentro desta etapa, estão envolvidos os processos de exploração de matéria-prima, industrialização de recursos, venda e distribuição ao consumidor final, a pessoa que utiliza o bem.

As etapas da cadeia produtiva

No agronegócio brasileiro, as empresas do setor separam a linha de produção em cinco etapas. Isso acontece para que a produção do setor flua com mais tranquilidade e qualidade. São elas:

01 - Insumos

Essa é a primeira etapa da cadeia. Basicamente, ela consiste nos elementos utilizados na fase de pré-produção da matéria-prima. Alguns dos exemplos de insumos são: sementes, adubos, equipamentos, ração e outros elementos que garantem que a matéria-prima seja produzida com qualidade.

Nos últimos anos, devido ao aumento do dólar causado pela crise econômica, custos básicos como fertilizantes vem crescendo muito. Em alguns casos, segundo a Confederação Nacional da Agricultura e Pecuário, o aumento foi de 100%.

A consequência disso é uma redução na margem de lucro do produtor.

02 - Produção

A pós a compra de insumos, temos o início da produção efetivamente.

A produção compreende a origem primária da matéria, muito antes de sua transformação, destinado ao processamento do bem final. Eles geralmente são produzidos em grande escala para gerar commodities. Alguns dos commodities gerados podem ser: leite, carne, soja, cana de açúcar e outras matérias.

03 - Processamento

O processamento leva em consideração a matéria transformada, ou seja, pronta para ser utilizada pelo consumidor final. Sendo considerada uma das etapas mais importantes e lucrativas dentre as etapas da cadeia produtiva do agronegócio, está o processamento que gera itens como: pó de café, laticínios e açúcar, por exemplo.

04 - Distribuição

A distribuição é um dos processos mais importantes dentro da cadeia produtiva, já que ela faz com que o material final esteja de fácil acesso ao consumidor.

Dentro desta fase, contamos com dois grupos responsáveis por disponibilizar os produtos: atacadistas e varejistas. O primeiro, sendo responsável por vender para outros comerciantes. Já o segundo, responsável pela venda direta ao consumidor final.

05 - Consumidor final

O último pilar dentro da cadeia produtiva é o consumidor final, que é atendido por todas as etapas anteriores. Para que o consumidor final tenha acesso com os derivados da matéria-prima, basta procurar um mercado local.

Agora, como funciona a cadeia produtiva relacionada aos setores da economia?

Os setores da economia em relação ao agronegócio atingem 3 fatias do mercado: o primário, produção rural; o secundário, agroindústria e indústrias em geral; o terciário, que envolve o transporte e distribuição do produto para o consumidor final.

Setor primário

Aqui é o início da cadeia produtiva, já que é nesse setor em que a matéria-prima é extraída, trabalhada e enviada como base para a criação de outros bens de consumo que serão seus derivados. Um exemplo do setor primário é o látex, que é matéria-prima da borracha e outros bens de consumo.

Setor secundário

No setor secundário, é preparado o material que será utilizado para fabricar um produto, ele é preparado e esse processo passa a ser a industrialização do produto, sendo o agente de transformação da matéria-prima. Um outro exemplo disso é a borracha que deriva do látex.

Setor terciário

No último setor da economia ligado a cadeia produtiva, chegamos ao comércio, que é responsável por disponibilizar o produto final aos consumidores do bem de consumo. Logo, se no primeiro diz respeito ao látex, no segundo a borracha, no terceiro você pode ter acesso a: pneus, luvas cirúrgicas, brinquedos, utensílios… os fins são vários para a matéria-prima que encontramos no primeiro setor.

A cadeia produtiva se aplica apenas ao agronegócio?

O agronegócio é um dos principais elementos da economia nacional, sendo responsável pelo alto volume de exportação de produtos, como café, açúcar, soja e carnes. Cada vez mais o agronegócio vem potencializando os seus processos e investindo em novas estratégias e soluções para a melhoria da cadeia produtiva.

O conceito da cadeia produtiva não é aplicado somente ao agronegócio, mas a qualquer produção dentro de uma organização ou processo de fabricação de um bem de consumo ou da entrega de um serviço para um determinado público.

Com esse artigo, você consegue entender como funciona uma cadeia produtiva ligado ao agronegócio e a sua importância para a movimentação da economia nacional através da exportação.

Não deixe de compartilhar esse artigo nas redes sociais ou com outra pessoa que tenha interesse nesse assunto.