Entrar

CET: O Que É Custo Efetivo Total e Para Que Serve?

O custo efetivo total engloba os encargos que são cobrados em todas as operações de crédito. Os juros são apenas uma parcela dele.

colunista Fabiana Ramos
Publicado em: 29 de Março de 2022.

Você já tentou simular um empréstimo ou financiamento e apareceu uma porcentagem de CET? Muitas vezes, quando buscamos crédito, só prestamos atenção na taxa de juros ou no tamanho das parcelas. E deixamos de lado o custo total, que é muito importante em qualquer pedido de crédito. Mas afinal, o que é isso e para que ele serve?

O que é CET?

Sabe quando você compra algum ingresso pela internet e aparece um valor a mais chamado de ‘‘taxa de conveniência’’? Isso acontece tanto para show, teatro ou cinema. E essa taxa normalmente aparece quando você vai finalizar a compra.

A taxa de conveniência nada mais é do que o valor que a empresa cobra pela prestação do serviço. Assim, na compra de um ingresso, você não deve levar em consideração só o preço do evento. É preciso somar também o valor dessa taxa.

Do mesmo jeito funciona o CET, que nada mais é do que o Custo Efetivo Total de um serviço. Ele contém todos os encargos, tributos, taxas e despesas de um empréstimo ou financiamento. Ou seja, os juros são apenas uma parte que compõe o valor da contratação de um serviço.

O CET corresponde então ao valor total da negociação.

JUROS + TAXAS + ENCARGOS + TRIBUTOS + SEGUROS

Leia também | Tabela IOF: entenda como o imposto afeta sua vida

Para que ele serve?

Quando você busca crédito, é fundamental ter o máximo de clareza do que você vai pagar. Por isso, é importante olhar o CET. Ele serve para você saber quais são todos os custos envolvidos na operação.

É o CET que vai informar qual é o valor total que você vai pagar em um empréstimo ou financiamento.

Como funciona?

Todas as empresas são obrigadas a informar o CET na assinatura de um contrato. Quando comparar ofertas de empréstimo, não olhe somente a taxa de juros! Avalie com muita atenção o Custo Efetivo Total de cada proposta.

Nem sempre o empréstimo com juros menores é o mais barato ou mais vantajoso. As tarifas, encargos e seguros podem deixar o custo final maior, apesar dos juros menores.

Para saber qual empresa escolher:

  • Pesquise sempre usando o mesmo valor e prazo.

  • Assim você consegue olhar pelo CET qual é a melhor.

  • Cada empresa tem sua política, por isso as tarifas podem variar.

Como é calculado?

O CET é a soma de taxas de juros, tributos, tarifas, gravames, IOF, registros, seguros e demais despesas do contrato. Ele é apresentado como um percentual (%) anual.

Agora que você já sabe o que o CET, fique de olho nele quando fizer uma simulação de crédito. Mesmo que uma empresa forneça juros e prazo igual a outra empresa, o Custo Efetivo Total pode variar. Use esse percentual para ter maior clareza de qual proposta é mais vantajosa para você!

Leia também | Empréstimo com juros baixos: aprenda a conseguir o seu!

Encontre as melhores taxas com o eCred!

Se você está pensando em solicitar um cartão de crédito ou algum tipo de empréstimo, é preciso olhar e comparar o CET para entender se aquela opção realmente é vantajosa para você.

No Serasa eCred, é possível fazer essa pesquisa de forma prática e rápida! A plataforma busca, compara e recomenda as melhores ofertas para você. Depois, é só escolher o que preferir e solicitar na hora. Quer entender melhor como funciona? Confira:

1. Acesse o Serasa eCred

Acesse o site do Serasa eCred ou o aplicativo da Serasa, disponível no Google Play e na App Store, e informe seu CPF e senha. Se você ainda não tem um cadastro, pode fazer o seu na hora. É rápido e você não paga nada por isso.

2. Complete o seu perfil

Ao concluir o login, você poderá atualizar o seu perfil. Não se esqueça de informar todos os dados solicitados na plataforma. Isso ajudará a gente a encontrar as melhores alternativas de crédito para você.

3. Faça uma simulação

Selecione a opção solicitar cartão ou empréstimo. O Serasa eCred buscará ofertas para seu perfil junto às instituições financeiras parceiras.

4. Confira e compare opções

Confira as ofertas recomendadas para você. Para conhecer mais sobre cada opção, basta clicar em “Detalhes da oferta”.

5. Escolha o seu cartão de crédito e finalize a contratação

Após avaliar as opções disponíveis, é hora de escolher o cartão que considerar mais interessante. Clique em “Solicitar” e finalize a contratação de forma fácil e em poucos minutos.

Leia também | Serasa eCred: o que é e como usar?