Entrar

Pesquisa exclusiva da Serasa: 2 anos de pandemia COVID-19

A Serasa analisou os impactos na vida financeira do brasileiro após dois anos de pandemia.

Destaque Pesquisa 2 anos pandemia:

Endividamento, aumento das despesas, busca por alternativa de crédito e muito mais. Esses são só alguns dos exemplos que ilustram os desafios instaurados por uma pandemia global, que mudou a relação das pessoas com o trabalho, com o convívio social e, consequentemente, com a gestão do seu próprio dinheiro.

Com o intuito de analisar o contexto atual, por meio de um comparativo do ano anterior (fev/21), a Serasa e o Opinion Box lançam este estudo exclusivo com os principais resultados sobre as finanças pessoais do brasileiro nos últimos 2 anos de pandemia.

Na pesquisa você vai encontrar alguns dados como:

RELAÇÃO COM AS CONTAS/ GASTOS

• As contas básicas, como água, luz e gás são consideradas as mais importantes para os brasileiros (81%). 36% dos brasileiros escolheriam essas contas, caso tivessem que optar por apenas um pagamento;

• 58% dos brasileiros dizem que estão gastando menos com entretenimento/ lazer

MEIOS DE PAGAMENTO

• Antes da pandemia os brasileiros utilizavam o cartão de crédito (63%), seguido por cartão de débito (54%) e dinheiro vivo (54%) como os principais meios de pagamento. Atualmente, o cartão de crédito (67%) permanece em destaque, mas agora empatado com o PIX (67%).

ALTERNATIVAS E IMPACTOS NO COMPORTAMENTO

• Durante a pandemia 35% dos brasileiros começaram a empreender;

• 67% das pessoas dizem estar com problemas de concentração para realizar as tarefas diárias (-2 PP FEV/21);

• Em comparação com a onda de fev/21, as preocupações que mais apresentaram crescimento foram “preocupação com a felicidade” (38% x 32%) e “preocupação com a minha vida financeira” (33% x 27%).

Baixe agora a pesquisa de 2 anos de pandemia

Baixar agora