A quantidade de impostos pagos pelo povo brasileiro é muito alta. E o mais alarmante é que muitos não sabem quais são e por que estão sendo cobrados. Por exemplo: você sabe o que é IOF? Se ainda não, não tem problema… é para isso que estamos aqui. Confira o conteúdo que preparamos para você e descubra o que significa e para que ele serve.

O IOF é a sigla de Imposto sobre Operações Financeiras. Quais operações financeiras? Entre as mais comuns estão crédito, câmbio e seguros. Além dessas, o IOF também está presente em qualquer operação titular e de valores imobiliários, como bolsa de valores ou fundo imobiliário.

SUSPENSÃO DO IOF POR 90 DIAS

  O governo federal decidiu suspender a cobrança do IOF em todas as operações de crédito por 90 dias – abril, maio e junho de 2020. Essa é uma das medidas anunciadas para diminuir os impactos da quarentena do Coronavírus (COVID-19) no bolso dos brasileiros.
  Com a suspensão do IOF, os empréstimos e financiamentos vão pesar menos no seu bolso durante esse período. Antes da medida, o IOF nas operações de crédito tinha alíquota de 3% ao ano. Com essa decisão, o governo vai deixar de arrecadar R$ 7 bilhões.

Ele é um imposto federal e tem com intuito ser um regulador da economia nacional. A taxa cobrada em cada operação é vista como um recolhimento proporcional dos investimentos, dando conhecimento da demanda e oferta de crédito. O percentual pode mudar a qualquer momento sem passar pelo Congresso Nacional, o que facilita o governo a controlar essas transações.

PESO DO IOF NO SEU CRÉDITO

Algumas pessoas não levam em consideração o imposto ao fazer compras. Às vezes, elas avaliam apenas o valor da parcela. O consumidor precisa ficar de olho no percentual do IOF que aparece no seu pedido de crédito, para não acabar pagando mais caro no CET (Custo Efetivo Total).

Mas nem todos os créditos têm IOF. Em opções de pagamento como parcelamentos sem juros ou cartões de loja, o imposto não é cobrado.

Já consultou seu CPF hoje?

Consulte agora o CPF

VALOR DO IOF EM CADA OPERAÇÃO FEITA

  • Câmbio: Quando você compra moeda estrangeira, física ou usando o cartão internacional, cai sobre 6,38% do valor;
  • Seguro: O valor cobrado é de aproximadamente 7,38%, podendo chegar até 25%;
  • Cartão de crédito, empréstimo e financiamento: É cobrado 0,38% de IOF e tem um limite de 3%;
  • Títulos e fundos imobiliários: É 1,5% ao dia.

Segue que é sucesso
Cheque especial: Como funciona?
Novas regras do cheque especial: o que muda?

ONDE MORA O PERIGO

Que o cheque especial têm uma das taxas mais caras do mercado, isso todo mundo sabe. Mas você sabia que o valor a dívida atualiza todo dia? Sim, o cálculo da dívida é atualizado diariamente. Então quanto mais tempo você ficar com a dívida, mais você vai pagar.

Ao ficar no vermelho, você paga de IOF 0,38% e todos os dias tem uma cobrança de 0,0082% até você cobrir a conta. Se olhar para esse valor e pensar que não é uma porcentagem alta, você pode acabar se enrolando.

Agora você entende o que é IOF, certo? Deixe nos comentários se gostou do texto. Clique no botão abaixo e conheça nosso canal no Youtube, além de inscrever-se. 🙂

Confira nosso canal

Consulte grátis o seu Serasa Score!

VEJA AGORA SUA PONTUAÇÃO.

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora