Para falar de perfil do consumidor que tem propensão a fraude, temos uma história real do Rafael (32) de Pernambuco.

“Através de um anúncio patrocinado no Instagram, eu sofri uma fraude. Fazia alguns dias que ao olhar meus “stories”, eu via esse anúncio até que parei para ler e acreditei na propaganda. Eu sou cliente Itaucard desde 2011 e o anúncio dizia que pagando com o cartão, eu teria 40% de desconto nas corridas de Uber. Como é algo que eu consumo muito, não foi nada difícil de acreditar no que estava escrito ali.

SEU NOME PODE ESTAR NO LUGAR MAIS PERIGOSO DA INTERNET

Descubra grátis se seu e-mail vazou na Dark Web.

No post pedia para acessar o link e cadastrar meus dados no site deles. O site era com as mesmas cores e logo do banco Itaú, na hora eu nem me atentei a detalhes de grafia, cadastrei meus dados pessoais e do cartão de crédito para conseguir o descontos. Poucos dias depois, a central de segurança do banco me ligou 2 vezes, perguntaram se eu havia feito algum cadastro recentemente.

Nessa hora fiquei desconfiado e fui olhar o aplicativo do banco, fiquei assustado com o valor que foi recusado para pagamento, US$1.500. O que foge totalmente do meu padrão de consumo. Porém, antes dessa compra de valor maior, outras duas menores já tinham sido aprovadas, uma de US$ 3.00 e outra de US$ 2.45, possivelmente para o golpista testar se estava tudo certo com os dados que ele recebeu.

Fiquei me sentindo um idiota por ter caído num golpe tão óbvio, principalmente pelo fato de ter tanta experiência em internet (mais de 15 anos). Mas ao mesmo tempo fiquei tranquilo, pois a central de atendimento agiu de forma rápida e precisa, já que aquela compra que fugia totalmente dos meus padrões de consumo e não foi aprovada.”

O Rafael não é o único a cair nesse tipo de golpe. A cada 17 segundos existe uma tentativa de fraude no Brasil. Imagina quantas pessoas deixam passar algumas coisas despercebidas e acabam caindo no golpe.

Existem perfis de pessoas mais propensos a sofrerem fraudes, que são:

  • Pessoas entre a faixa de idade de 36 a 45 anos;
  • Com salário entre 2 até 4 salários mínimos;
  • Que moram nas regiões Sudeste e Nordeste do país

Se você se enquadra nesses tópicos, você é um possível alvo de golpes financeiros. Mas calma, não precisamos entrar em pânico, basta você tomar alguns cuidados para se proteger e ficar alerta com certas situações.

Desconfie dos testes online

Bastante populares nas redes sociais, são engraçadinhos e muito compartilhado entre amigos. A questão é que muitos desses testes, na verdade, são iscas para ter acesso a seus dados. Portanto, fique de olho e não caia na tentação de fazer todo teste que achar legal.

Cuidado com sites de compra

Checar a confiabilidade do site antes de fazer qualquer compra online é fundamental. Pesquise sobre a reputação da loja e procure entrar no site direto. Links com redirecionamentos podem encaminhar você para sites que podem roubar dados.

Tome cuidado em e-mails de alerta

Imagine, você abre a caixa de entrada e vê aquele e-mail em tom de alerta sobre uma dívida, sobre nome sujo, entre outros. Veja quem é o remetente do e-mail e entre em contato com a empresa imediatamente. Algumas empresas podem enviar a cobrança, mas o remetente tem que ser o divulgado oficialmente pela instituição.

Segue que é sucesso!
Quanto custa ser vítima de fraude?
O que fazer em caso de fraude? Especialista dá orientações
Serasa Antifraude ajudou prender bandidos

Como se proteger pelas ruas

Mantenha seus documentos por perto

Sempre que estiver no caixa de uma loja, não permita que levem seus documentos para longe de você. Às vezes, os atendentes podem pedir para conferir seus documentos, mas não deixe que eles sejam levados para longe da sua vista – é uma forma de se resguardar contra clonagens.

Atenção ao descartar cartões, documentos e contas

Antes de jogar contas antigas no lixo, cartões vencidos, documentos velhos, entre outros, rasgue tudo e picote o que for possível. Nunca jogue suas contas no lixo sem rasgá-las em pedacinhos. Isso evita que o papel caia nas mãos erradas.

A maioria das pessoas sabem dessas dicas, mas não as seguem e acabam caindo nessa situação. Uma fraude pode causar danos sérios a sua imagem e vida financeira, é importante se prevenir.

Para ajudar a cuidar dos seus dados que tal monitorar seu CPF 24h por dia? O Antifraude é um serviço do Serasa Consumidor que monitora seu documento e notifica você caso ele seja consultado por algum estabelecimento, se alguém abriu empresa em seu nome, se você tem telefone fixo no seu nome e entre outras coisas.

Proteja o seu nome com Serasa Antifraude!

CONHEÇA OS PLANOS

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora