Saber o que significa SA é muito importante para quem vai abrir empresa ou investir em ações. Saiba mais sobre o assunto neste artigo.

Você certamente já ouviu falar sobre Sociedade Anônima, mas não sabe o que isso quer dizer? Muitas pessoas ficam em dúvida quando vê a sigla ao lado do nome da empresa. No entanto, hoje você vai aprender o que significa SA e como funciona este tipo de empresa.
Aliás, se você vai abrir uma empresa ou está começando a investir em ações, esse assunto será muito interessante para entender exatamente como funciona este tipo de natureza jurídica. Confira a seguir mais detalhes sobre o que significa SA.

O que significa SA?

A Sociedade Anônima, também conhecida como SA é um tipo de natureza jurídica, sem fins lucrativos e que tem como principal característica a divisão por ações. Neste caso, os sócios são chamados de acionistas e devem ser sempre dois ou mais.
As sociedades anônimas são normalmente constituídas por uma assembleia geral, um conselho de administração, um conselho fiscal e uma diretoria. Neste caso, elas podem ser denominadas de companhias. Esse modelo de empresa é regulamentado no Brasil pela Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conhecida como “Lei das Sociedades por Ações”. O primeiro artigo determina o seguinte:

“A companhia ou sociedade anônima terá o capital dividido em ações, e a responsabilidade dos sócios ou acionistas será limitada ao preço de emissão das ações subscritas ou adquiridas”.

Tipos de Sociedade Anônima

Agora que você já tem uma ideia sobre o que significa SA, precisamos falar sobre os tipos de Sociedade Anônima. Existem dois tipos e ambos são sem fins lucrativos, no entanto, elas se diferem na forma como o capital é administrado.

Sociedade anônima de capital fechado

A Sociedade anônima de capital fechado é aquela em que as ações não são disponibilizadas para comercialização no mercado da Bolsa de Valores. Neste caso, as ações dificilmente são vendidas. No entanto, quando isso ocorre, as negociações acontecem entre os sócios e os acionistas mais próximos da administração, ou até mesmo com investidores privados e para fundos específicos.

Leia também:
Você sabe como adquirir as soluções Serasa Experian?
6 dicas para evitar fraudes no WhatsApp
Você conhece seu limite de crédito? Te ensinamos a analisar!

Sociedade anônima de capital aberto

As empresas que possuem capital aberto são aquelas em que as ações podem ser negociadas na Bolsa de Valores ou até mesmo no mercado de balcão, fora da Bolsa. No entanto, para ter uma Sociedade Anônima neste formato é necessário solicitar autorização à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão federal vinculado ao Ministério da Economia.

Além disso, as empresas com Sociedade Anônima de Capital aberto têm a possibilidade de captar recursos de investidores com ofertas de valores imobiliários. Neste caso, podem ser as próprias ações, debêntures, entre outros títulos de crédito.

Como funciona?

Saber somente o que significa SA não é suficiente para quem deseja mudar para este tipo de empresa ou até mesmo investir no mercado da Bolsa de Valores. Por isso, vamos te explicar um pouquinho sobre como funciona essa natureza jurídica.
As regras sobre a participação dos sócios são bem diferentes em uma empresa de Sociedade Anônima. Neste caso, as responsabilidades dos acionistas é referente à sua cota de ação ou preço das ações adquiridas. Isso varia de acordo com:

-O grau de envolvimento que ele deseja ter no negócio;
-A porcentagem de ações que ele detém;
-A chancela do conselho organizacional da sociedade – através de assembleias.

Também não podemos esquecer que existem alguns órgãos responsáveis por chancelar e tomar decisões importantes para a empresa. Entre os principais, podemos citar:

-Assembleia Geral: é o principal e responsável por todas as decisões importantes na empresa. Ele é composto por todos os acionistas.
-Conselho Administrativo: é facultativo e serve para fiscalizar a direção da empresa.
-Diretoria: é composta por pelo menos dois membros que são responsáveis por dirigir e representar a empresa.
-Conselho Fiscal: é um órgão obrigatório responsável por suprir as necessidades e ausência da assembleia. Geralmente é composto por três a cinco sócios ou acionistas.

As SAs também estão sujeitas à fiscalização dos órgãos federais e assumem várias responsabilidades que tem como objetivo proteger o mercado de valores. Além disso, neste tipo de empresa, os acionistas possuem alguns direitos e deveres mais específicos, como:

-Participação dos lucros e no acervo, quando há liquidação da empresa;
-Fiscalização da sociedade;
-Voto nas assembleias;
-Preferência na subscrição de novas ações;
=Retirar-se da empresa a qualquer tempo.

O que faz uma empresa ser SA?

Com tantas tendências de mercado e inovações surgindo a todo momento, saber apenas o que significa SA não é suficiente. As novas tecnologias trazem novas ofertas de produtos e serviços e despertam o interesse das pessoas em abrir negócios que necessitam de parceiros comerciais, investidores e qualquer estratégia que contribua para um crescimento compartilhado.

Nesse cenário, a Sociedade Anônima possui características que fazem com que ela seja uma ótima opção para os empresários. Confira alguns benefícios particulares dessa natureza jurídica.

-Proteção do patrimônio pessoal do sócio;
-Impossibilidade de retirada imotivada;
-Maior facilidade de captação de recursos;
-Maior transparência e segurança nas operações;
-Reservas e distribuição de lucros obrigatórios aos acionistas, conferindo maior certeza ao retorno financeiro do investimento.

Qual é a diferença entre SA e LTDA?

Além de saber o que significa SA, também é importante saber como ela se difere de uma Sociedade Limitada, ou seja, quando a empresa leva LTDA ao final do nome.
Este é um tipo de natureza jurídica em que o capital é dividido em quotas, proporcionais ao investimento de cada sócio.

A empresas com Sociedade Limitada também são conhecidas como Sociedade por Cotas de Responsabilidade Limitada. Enquanto a Sociedade Anônima é feita de acordo com o seu preço de emissão, que racionaliza o capital em várias partes, a LTDA se resume a um capital e comando em que a empresa é dividido na proporção de cada sócio.
Outra diferença é que a SA possui uma administração mais fragmentada. Isso porque a presença dos acionistas é menos significativa, se compararmos com os sócios da Sociedade Limitada.

Este conteúdo foi útil para você? Para conferir mais textos sobre economia e finanças, continue navegando pelo Serasa Ensina, o portal de educação financeira da Serasa.

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora