Entrar

Entenda como o INPC acumulado afeta sua vida financeira

Você sabe o que é INPC acumulado? Entenda como ele afeta o preço do mercado e por que o dinheiro que você tem hoje vale menos.

colunista Veridiana Lopes
Publicado em: 11 de fevereiro de 2022.

Você já teve a sensação de que não consegue mais comprar as mesmas coisas de antigamente, mesmo tendo dinheiro na conta? Com este artigo você entenderá como funciona o INPC acumulado e como ele afeta o seu poder de compra no ano de 2022.

O que é o INPC acumulado

O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) é uma das ferramentas pública utilizadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para divulgar as tendências da taxa de inflação, ou seja, monitorando tudo que aumenta de preço na nossa economia.

Esse índice mede a variação dos preços, mostrando o aumento do custo de vida da população em relação ao seu poder de compra.

O INPC existe desde 1979 e, desde então, tem como principal objetivo estudar o preço do mercado, medir a taxa de inflação, entender o custo de vida e servir de base para o reajuste do salário-mínimo e outros elementos que compõem a aquisição de bens de consumo.

Como funciona o INPC?

O medidor é realizado através de uma pesquisa base, que procura saber os dados da população brasileira para entender o seu estilo de vida baseado no seu consumo.

O cálculo é feito considerando a realidade de famílias que recebem de um a cinco salários-mínimos por mês. Assim, são obtidos os dados que guiarão a pesquisa do INPC, que é tão importante para a população brasileira.

Além disso, é importante levar em consideração os principais pilares de consumo que são levados em consideração nessa pesquisa, como: educação, alimentação, saúde, vestuário, habitação, transporte, comunicação e tudo que envolve a qualidade de vida da população brasileira.

Logo, é possível descobrir e comparar se a população tem o mesmo poder de compra todos os meses, entendendo se houve um gasto maior ou menor nesse período, porque o poder de compra também afeta essa taxa do índice.

INPC acumulado? Como isso afeta o nosso bolso?

Afinal, o que é o INPC acumulado e qual é a sua importância? Quando está acumulado, o INPC é um medidor que calcula a taxa de inflação do país, mostrando a variação de preço dos produtos ao longo de um período em relação ao que você ganha.

Então, ele leva em consideração o poder aquisitivo e o poder de compra. Outro fator importante é que o INPC pode ser medido por mês, por ano ou de década.

O acúmulo do INPC afeta toda a vida da população brasileira porque ele influencia todos os preços do mercado, como luz, água, alimentação, lazer… Lembra que a gente disse que esse era um dos indicadores para definir o salário-mínimo?

Além dos salários, o INPC é utilizado para reajustar também a aposentadoria, já que o valor recebido deve estar de acordo com o que se pode comprar em bens de consumo, para manter o mínimo de qualidade de vida da população.

Assim, o INPC é uma forma de monitoramento que visa diminuir a vulnerabilidade econômica e mantém o mercado econômico atualizado para garantir a manutenção do seu padrão de vida.

INPC é o que afeta o valor que temos hoje e que garante um produto x, mas esse mesmo valor que você gasta para o produto x não pagará esse produto em 2023. Logo, não é possível comprar o mesmo item, com o mesmo dinheiro em épocas diferentes. O nome desse conceito é poder de compra, e ele está diretamente ligado com a principal taxa que afeta o poder aquisitivo da população brasileira, a inflação.

Como funciona a evolução dos preços do mercado?

No mercado, os bens de consumo podem ficar mais caros a qualquer momento, fazendo com que você seja pego de surpresa e não saiba exatamente como bancar esses aumentos que podem afetar o seu orçamento mensal.

Por isso, como uma forma de controlar esses aumentos e trazer previsibilidade para a população, existem os indicadores de IPCA e INPC.

Todo ano o INPC é divulgado pelo IBGE. De acordo com o portal VALOR Consulting, os principais preços e taxas desde 2019 são:

Com essa tabela, você consegue ter muito mais clareza dos aumentos relacionados aos bens de consumo que você usa diariamente. Assim, é possível ter mais previsão e segurança na hora de preparar e distribuir o seu orçamento mensal, permitindo que você tenha uma vida financeira mais preparada e equilibrada.

Lembre-se que, à medida que os preços dos produtos aumentam, a sua renda também precisa acompanhar esse ajuste para que você e sua família consigam manter o padrão de vida atual e não perderem o poder de compra.

Se não houver a possibilidade de conseguir um aumento de salário neste momento, uma alternativa é buscar opções para fazer renda extra. Neste artigo, preparamos 8 dicas para você ganhar dinheiro sem sair de casa. Vale a pena conferir.

Gostou deste artigo? Não deixe de compartilhar o conteúdo com um amigo ou familiar que também deseja entender melhor sobre as altas e quedas dos preços no mercado.