Você sabe o que são commodities? Se você não faz ideia do que isso significa, leia este artigo até o final, pois vamos trazer detalhes sobre esse assunto e explicar como ele influencia o seu dia a dia.

Afinal, o que são commodities?

Quando perguntamos o que são comodities, provavelmente vem à sua memória as notícias que passam no jornal, relacionadas a assuntos que se referem a economia e bolsa de valores, não é mesmo?

No entanto, o que muitos não sabem é que esse termo está mais relacionado ao dia a dia do consumidor do que se imagina. Inclusive, as commodities impactam o seu orçamento e por isso, se você busca ter mais controle do seu dinheiro, é importante conhecer o assunto.

A tradução da palavra ‘commodity’ significa mercadoria. Há alguns anos, a palavra era utilizada exatamente neste sentido, para se referir a mercadorias como um todo. Porém, ao longo do tempo, o termo passou a ser utilizado para falar de mercadorias de produtos básicos de matéria-prima.

Ou seja, são produtos elaborados em larga escala com características uniformes, que não apresentam diferença sobre quem ou onde foram produzidos. No entanto, seus preços são definidos conforme a procura e oferta desses materiais vão surgindo.

De forma geral, quando falamos sobre o que são commodities, podemos dizer que são matérias-primas utilizadas para a manufatura de outros produtos. Ou seja, são itens fornecidos para as indústrias com foco na fabricação de produtos.

Quer alguns exemplos? Insumos agrícolas, como milho e trigo, óleo e minerais como minério de ferro e petróleo são commodities.

Apesar de a lista de commodities ser extensa, vamos falar um pouco mais sobre aquelas que são mais conhecidas no mercado nacional e internacional e, em seguida, explicar como elas afetam o bolso da população.

Atualmente, as commodities têm as seguintes características:

  • Qualidade e traços uniformes de produção;
  • Pouca industrialização;
  • Alto nível de comercialização;
  • Produtos de origem primária;
  • Grande importância mundial;
  • Ausência de diferenciação de marca.
  • Ainda falando sobre o que são commodities, vale mencionar que o termo também aparece diversas vezes em assuntos relacionados à bolsa de valores. Aliás, por serem produtos de larga escala e com muita variação de preço, são diversas vezes vistos como um investimento.

    Dessa forma, são negociados dentro da bolsa por valores bilionários. Produtos como soja, milho, café e etanol estão entre os principais exemplos.

    Principais tipos de commodities

    Agora que já explicamos o que são commodities, vamos falar sobre quais são os tipos existentes. As categorias mais comuns são:

    Commodities agrícolas

    As commodities agrícolas são bastante relevantes para a economia brasileira, pois são itens com alta demanda nacional e internacional e produzidos em larga escala.

    Entre os produtos mais negociados pelo Brasil para outros países, estão: laranja, milho, café, milho, soja, trigo, açúcar e algodão.
    Commodities ambientais
    São chamados de commodities ambientais os produtos originados de recursos naturais, necessários tanto para a produção agrícola quanto industrial. Madeira, energia e água são alguns exemplos que se encaixam nesta categoria.

    Commodities minerais

    As commodities minerais estão entre as mais rentáveis e importantes para o mercado atual. Como o próprio nome sugere, elas estão relacionadas a bens minerais encontrados nos países, como: gás natural, etanol, petróleo e ouro.

    Commodities financeiras

    As commodities financeiras representam os títulos emitidos pelo governo e moedas que são negociadas no mercado. Entre elas estão o euro, o dólar americano, o Real e títulos públicos do governo federal, como o Tesouro Direto, por exemplo.

    Agora que você já sabe o que são commodities e quais são os principais tipos comercializados no mercado internacional, que tal aprender um pouco mais sobre as commodities brasileiras?

    Conheça as principais commodities brasileiras

    O Brasil é um dos países que mais se destacam na produção de commodities, principalmente agrícolas. Isso porque o território brasileiro é abundante em recursos naturais, o que possibilita uma forte exploração de materiais.

    Veja, a seguir, quais são as principais commodities responsáveis por movimentar a economia brasileira e o valor médio gerado por cada uma anualmente:

    1° Soja (US$ 35,24 bilhões)
    2° Minério de ferro (US$ 25,78 bilhões)
    3° Petróleo bruto (US$ 19,61 bilhões)
    4° Açúcar e melaço (US$ 8,75 bilhões)
    5° Boi gordo (US$ 8,4 bilhões)
    6° Celulose (US$ 5,98 bilhões)
    7° Milho (US$ 5,85 bilhões)

    Como os preços das commodities impactam o dia a dia da população?

    Historicamente, o Brasil é um dos maiores exportadores globais de commodities. Ao longo dos séculos, o crescimento econômico interno esteve profundamente ligado à produção de matérias-primas e bens agropecuários de valor internacional.

    Hoje, as commodities agrícolas representam um grande destaque em nossa produção e influenciam diretamente a economia do país como um todo, refletindo diretamente no bolso dos consumidores.

    Para entender melhor, a dinâmica funciona assim: quando a demanda está em alta, o preço das commodities aumenta e os produtores ganham mais. Por outro lado, se a demanda está baixa, o preço se desvaloriza. Aí, quem produz sai prejudicado e precisa reduzir seus valores internamente para vender seu produto.

    Outro ponto é que, assim que a cotação de um produto sobe internacionalmente, é comum que o preço suba internamente também, pois é mais provável que quem produza determinado produto prefira exportar a vender dentro do próprio país.

    Por fim, vale destacar que as commodities são extremamente voláteis, ou seja, sofrem constantes oscilações nos preços, o que pode prejudicar a produção na indústria. Essas variações podem fazer com que os produtos feitos com essas matérias-primas também fiquem mais caros, dificultando o seu acesso especialmente para a parcela mais pobre da população.

    Por isso, no dia a dia é muito importante ficar informado sobre a situação do mercado, para entender com mais clareza o que tem causado variações nos preços dos produtos que você consome. Em alguns casos, é possível aguardar um pouco mais para fazer aquela comprinha e, com isso, conseguir economizar um bom dinheiro.

    Agora que você já sabe o que são commodities e como esses itens podem impactar o seu bolso, continue navegando pelo Serasa Ensina, o portal de educação financeira da Serasa, para simplificar outros termos econômicos que parecem complicados, mas estão mais próximos do seu dia a dia do que você pensa.

    Consulte grátis o seu Serasa Score!

    VEJA AGORA SUA PONTUAÇÃO.

    Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

    Consultar agora