Depois de quatro meses, termina a validade da proibição do corte de energia para os consumidores por falta de pagamento. O corte de energia durante a pandemia do Coronavírus (COVID-19) estava suspenso desde 23 de março. Mas desde 3 de agosto, quem não conseguir pagar a conta de luz no prazo poderá ficar no escuro.

Consulte grátis seu CPF e saiba se você tem dívidas

A definição foi tomada pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica). Agora, as companhias de energia deverão informar os consumidores sobre as contas pendentes antes de fazer o corte.

TARIFA SOCIAL

No entanto, as famílias que fazem parte do programa Tarifa Social não correm o risco do corte de energia elétrica. Segundo a Aneel, o corte de energia para famílias de baixa renda só poderá voltar após 31 de dezembro.

Antes da pandemia (março), cerca de 450 mil consumidores atendidos pela Enel São Paulo tinham a Tarifa Social. Já em julho, o número de famílias no programa subiu para 550 mil, de acordo com a empresa.

QUEM NÃO PODE TER CORTE DE ENERGIA

Além dos consumidores de baixa renda, outros clientes também não podem ter a energia elétrica cortada:

  • Quem não esteja recebendo a fatura impressa;
  • Quem mora em local onde não posto de arrecadação (lotéricas e instituições financeiras);
  • Quem depende de equipamento elétrico essencial à preservação da vida, como respiradores, por exemplo.

SEGUE QUE É SUCESSO!
Como consultar o Score na Serasa
Consultar CPF na Serasa online e grátis!
Como consultar o CPF pelo nome?
O que é a Consulta feita na Serasa?
4 passos simples para limpar o nome

CORTE DE ENERGIA

O retorno do corte de luz por falta de pagamento está liberado para acontecer desde 1º de agosto de 2020. Mas o consumidor deve ser avisado mesmo que já tenha recebido a notificação anteriormente.

A Enel São Paulo, que atende 18 milhões de habitantes, informou que a inadimplência aumentou entre os seus clientes. A empresa também teve aumento dos pedidos de parcelamento das faturas. Os consumidores da companhia podem dividir o valor pendente em até 12 vezes.

Negocie suas dívidas agora

QUANTOS DIAS DE ATRASO PARA CORTAR A LUZ?

Após o atraso na conta, a empresa deve avisar o consumidor da inadimplência. Depois desse aviso, são contados 15 dias. A partir desse prazo, já pode ser feito o corte da luz.

As distribuidoras de energia elétrica têm até 90 dias após o atraso para fazer o corte. Depois disso, se o corte ainda não tiver sido feito, o fornecimento de luz deve continuar. E a empresa pode fazer a cobrança por órgãos de proteção ao crédito.

HORÁRIO DO CORTE DE ENERGIA ELÉTRICA

O corte de energia elétrica só pode ser feito em dias úteis e durante o horário comercial (8h às 18h). Antes da Resolução 414/2010, a suspensão de fornecimento por falta de pagamento podia ser feita a qualquer momento. Agora, tem dia e horário para a suspensão no fornecimento de energia.

Encontre empréstimo para pagar suas dívidas

PODE HAVER CORTE DE ENERGIA SEXTA-FEIRA?

Não pode. Segundo a Lei Federal 14.015, o corte de energia elétrica não pode acontecer na sexta-feira ou no final de semana. Também não é permitido cortar a luz por falta de pagamento em feriados ou dias que antecedem feriados.

DICAS PARA ECONOMIZAR NA CONTA DE LUZ

Geladeira e freezer

Evite ficar com a porta da geladeira ou do freezer aberta por muito tempo. Essa dica é do tempo das avós, mas continua válida todos os dias da vida. Nada de pensar na vida com a geladeira aberta.

Não use a grade traseira da geladeira (serpentina) para secar pano, roupas ou tênis. Isso consome mais energia, além de diminuir a vida útil do eletrodoméstico.

Verifique se a borracha da porta da geladeira está em bom estado. Se ela estiver ressecada ou gasta, pode deixar escapar o ar frio. Se isso acontecer, troque a borracha o quanto antes.

Evite deixar a geladeira ou o freezer em áreas onde bate o sol ou mesmo perto do fogão. O calor pode fazer com que os aparelhos tenham que trabalhar mais para fazer o resfriamento. Com isso, vão gastar mais eletricidade.

Chuveiro elétrico, secadores e chapinha de cabelo

O trio do banheiro são alguns dos eletrodomésticos que mais gastam energia em casa. Só ligue o chuveiro quando estiver no banho. Não deixe a água levar seu orçamento ralo abaixo.

No inverno, o gasto com o chuveiro elétrico pesa na conta de luz. Se possível, deixe a temperatura em uma potência menor. A posição maior consome cerca de 30% mais de energia.

Celular

Como ele está sempre à mão, acabamos usando mais quando estamos em casa. Cuidado para não deixar o celular carregando após ter carregado 100% a bateria.

Depois de ter feito a carga, tire o carregador da tomada. Assim você garante que não vai ter pequenas cobranças que fazem diferença no fim do mês.

Lâmpadas

Aproveite a luz do sol o máximo possível. Evite acender lâmpadas durante o dia.

Sempre que sair do cômodo, apague a luz. Essa é outra dica do tempo das avós. Mas são fundamentais para controlar a conta de energia elétrica.

Quando substituir as lâmpadas da sua casa, dê preferência para as de LED, que duram mais e consomem menor energia.

Máquina de lavar e ferro de passar roupas

Espere acumular muita roupa para usar a máquina de lavar em sua total capacidade. Isso serve também para o ferro, o ideal é juntar uma boa quantidade de roupas e passar de uma vez.

Outra dica para economizar na conta – de luz e de supermercado – é usar a quantidade recomendada de sabão em pó. Dessa forma, você não precisa repetir o enxague. Economia dois em um.

Televisão

Essa também tem a dica da vovó: não deixe a TV ligada para as paredes. Se ninguém estiver assistindo, desligue o aparelho.

Não durma com a televisão ligada. Isso faz mal para a sua noite de sono e gasta energia à toa.

Com todas essas dicas, fica mais fácil evitar o corte de energia, certo? Cuide das suas contas e se precisar de mais dicas de finanças, se inscreva no nosso canal no YouTube. Aproveite e escute o nosso podcast, com episódios novos toda semana.

Faça a faxina nas suas contas!

NEGOCIE GRÁTIS SUAS DÍVIDAS

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora