Entrar

Como se proteger de uma fraude de CPF?

O CPF é um dos principais documentos brasileiros e sem ele não é possível realizar muitas operações, como por exemplo tirar carteira de trabalho. Por ser tão importante, ele é também alvo de criminosos que tentam usá-lo de forma indevida para aplicar golpes

Parcelamento de compras, assinaturas de serviços e produtos, aplicativos de delivery. É, não tem jeito, o cartão de crédito é usado para muitas compras e de várias formas e, por isso, mesmo, possui vários mecanismos se segurança.

Olhando assim, parece difícil ser vítima de fraude, mas os golpistas agem para enganar os clientes fazendo com que eles mesmos entreguem seus dados.

Para os golpes, vale de tudo, e-mail de loja, promoções em redes sociais e ligações para convencer os clientes a fornecerem dados e informações. Mas com algumas dicas simples, você pode se proteger e evitar fraudes.

O que é o CPF?

O CPF é um cadastro pessoal e intransferível necessário para todas as pessoas físicas que moram no Brasil ou para quem tem bens no país, mesmo residindo fora. O órgão responsável pelo CPF é a Receita Federal, o mesmo que utilizamos para fazer declaração de imposto de renda. O CPF é composto por 11 dígitos e, a partir do momento em que uma pessoa faz o registro, esse número te acompanha por toda a vida. O cadastro pode ser feito pela internet, no site da Receita Federal ou, pessoalmente, em qualquer agência da Caixa Econômica Federal.

Como proteger seu CPF para não cair em golpes?

As notícias de novas formas de golpes utilizando o CPF se multiplicam e é comum estarem nos noticiários. Por ser um documento tão importante, o CPF acaba sendo também um alvo de fraudes que causam dor de cabeça e transtornos financeiros para as vítimas.As tentativas de golpes chegam por e-mail, SMS, WhatsApp, redes sociais e até mesmo em correspondências em nossas casas. Abaixo, você confere dicas importantes de cuidados para proteger seu CPF.

Deixe seu CPF sempre perto de você

Em alguns estabelecimentos, é comum o atendente precisar conferir seus dados. Ao entrar em lojas ou qualquer outro local, nunca deixe que uma pessoa desconhecida leve seus documentos para longe de você. Isso pode facilitar para que seu CPF seja clonado.

1- Quais são os bancos parceiros para oferecer o serviço?

Até o momento, o Banco Central autorizou os seguintes bancos a oferecerem o serviço: Banco do Brasil, Bradesco, Inter, Itaú, Mercado Pago, Next, NuBank, Sicredi e Woop (banco digital do Sicredi). E as operações são permitidas apenas entre pessoas físicas e somente cartão de débito.

2- Desconfie de testes e promoções na internet

Promoções e testes em que é necessário fazer cadastros utilizando o CPF são mais comuns do que se pensa. A não ser que você conheça ou tenha certeza de que o site é seguro, não forneça seus dados. Muitas vezes, os criminosos fazem páginas que servem apenas para capturar e usar seus dados para operações indevidas e não autorizadas.

3- Confira sites de compra

Ao fazer uma compra online, cheque a confiabilidade do site e da loja em que está comprando. Desconfie de preços muito abaixo do mercado e condições de pagamento e entrega muito fáceis.Muitas vezes, ao clicar em links de redirecionamento, o cliente é levado para sites falsos e que podem roubar seus dados. Uma maneira de verificar se a oferta é verdadeira é entrar no site digitando na busca ao invés de clicar no link do produto.

4 – Atenção a e-mails e mensagens de alerta

Ao receber mensagens e e-mails que alertam sobre CPF sujo e formas de limpar seu nome, confira com cuidado o remetente e entre em contato com a empresa para confirmar a informação. Mesmo que você esteja com dívidas ou o nome sujo, não clique em links antes de conferir se a empresa realmente entrou em contato com você daquela forma. Criminosos podem criar sites, e-mails e mensagens falsas em nome de empresas e capturar seus dados para usar em fraudes e crimes.

5 – Golpes de prêmios em dinheiro

Outra forma bastante comum de golpes utilizando o CPF envolve a possibilidade de ganhar prêmios em dinheiro ao se cadastrar em sites ou confirmar seus dados para empresas fantasmas. Nesse caso, a falsa empresa entra em contato afirmando que você ganhou uma quantia e precisa da confirmação de documentos para que você receba o prêmio. Ao entrar em contato, os golpistas têm acesso aos seus dados, que podem ser utilizados em fraudes ou situações indevidas.

6 – Monitore seu CPF

De acordo com uma pesquisa da Serasa, a cada 17 segundos uma tentativa de fraude acontece no Brasil. Para compras online, o dado é ainda maior: a cada minuto acontecem 3,6 mil tentativas de fraude. Por isso, proteger seus dados é importante para se manter longe de fraudes e vazamentos de dados e evitar complicações. Você conhece o Serasa Premium? Essa é uma ferramenta completa e digital para cuidar do seu CPF e outros dados, como CNPJ.

Com monitoramento Serasa Premium é possível proteger seu CPF, ser alertado sobre novas dívidas, negativações, protestos e ações judiciais em seu nome. Além disso, você acompanha seu Score e tem mais autonomia da sua vida financeira.