Entrar

Magalu é confiável? Entenda por que a empresa cresceu na pandemia

*Por Lise Brenol

Entenda por que a Magalu é confiável, segundo os usuários, e por que você deve tomar cuidado mesmo que as avaliações dos consumidores sejam positivas.

Você já se perguntou se a Magalu é confiável? Já ouviu falar no Parceiro Magalu? Lançado durante o primeiro ano da pandemia de Covid-19, a política de ampliação de lojistas associados ao marketplace foi impulsionadora de negócios para a varejista.

A Magalu passou de 26 mil lojistas associados para 56 mil vendedores no marketplace. O projeto Parceiro Magalu facilitou a adesão de lojistas que puderam ingressar na plataforma de vendas e indexar os seus produtos. Os pequenos e médios comerciantes digitalizaram os negócios e anunciaram produtos dentro do site e dos aplicativos do Magazine Luiza, ganhando vitrine para mais de 20 milhões de clientes cadastrados no marketplace.

Os pequenos lojistas associados passaram a ser também disseminadores da Magalu e divulgar de forma descentralizada os serviços de venda e distribuição de produtos. A logística também foi uma vantagem para a gigante do varejo, considerando que os centros de distribuição são localizados nas lojas físicas. Os consumidores poderiam retirar direto nos pontos de venda ou receber em casa pela entrega via Correios. A empresa cresceu em rede envolvendo parceiros que no ano de 2020 e no início de 2021 tiveram de fechar as portas físicas e precisavam de um canal digital para manter os negócios ativos.

Mas a Magalu é confiável para compras online?

A avaliação de compra e venda passa pela percepção de toda a jornada do consumidor com o prestador de serviço. Desde a busca pelo produto e especificações desejadas, pelas funcionalidades da plataforma de compra e venda, passando pela entrega e pelo suporte após a aquisição.

A experiência de consumo determina a reputação de um varejista e garante o boca a boca, cada vez mais digital nos espaços de avaliação ou reviews onde problemas e soluções são compartilhados. Para responder se a Magalu é segura para compras online, adotamos como padrão analisar a reação das pessoas no site Reclame Aqui e nos aplicativos nas lojas da Apple e da Google Play. A análise considera as notas de satisfação, o índice de reclamações ou problemas, índice de resposta e de solução.

No site Reclame Aqui, a Magalu alcança uma média de 8,7 na avaliação feita pelos próprios consumidores. Pelo menos 59.228 clientes utilizaram o site para registrar reclamações sobre as operações de compra e venda até setembro de 2021.

Os principais problemas relatados são sobre atraso na entrega e produto não recebido totalizando um índice de resposta de 97% e de solução de 93,1%, ou seja, a maioria dos problemas resolvidos. A intenção de voltar a comprar na loja também é alta, considerando que 80,5% se dizem dispostos a fazer outros negócios na plataforma.

Na Apple Store, o aplicativo Amazon Brasil possui 1,2 milhões de classificações computando uma nota de 4,8, sendo a avaliação máxima de nota 5. O aplicativo desenvolvido pela própria marca no Luiza Lab Consultoria em Inovação indica o gerenciamento de dados dos consumidores de acordo com política própria de privacidade.

São registrados dados que possibilitam rastrear os usuários em aplicativos e sites de outras empresas, como informações sobre compras, localização, dados pessoais e informações de uso como tempo e frequência. Durante o uso do aplicativo, são coletados dados sobre produtos adquiridos, informações de uso do aplicativo, histórico de buscas, bem como nome, endereço, data de nascimento e outros.

Na Google Play, o aplicativo é avaliado em 4,5, sendo a nota máxima de 5 pontos. A política de privacidade não está destacada na loja de aplicativo, mas há um link para acessar o documento no site. O texto explica a obtenção dos dados do consumidor e das compras para armazenagem e tratamento em banco de dados próprio, garantindo que as informações são utilizadas somente dentro da plataforma e não compartilhadas com terceiros.

Além disso, descreve que as atividades são registradas pelo IP do usuário, navegação no site, histórico de busca, páginas acessadas, informações de uso como tempo, datas e horários, bem como os dados de cookies para ofertar produtos personalizados.

O alto volume de negociações e variedade de produtos ofertados pelo marketplace atraem clientes de diferentes perfis, mesmo assim as avaliações são, em média, positivas. Portanto, apesar do bom índice de satisfação, o consumidor deve estar consciente sobre eventuais danos ou prejuízos que podem ser provocados por falhas no sistema, já que a Magazine Luiza deixa claro no texto da política de privacidade, que “só se responsabilizará nos casos de dolo ou culpa comprovados”.

A atitude preventiva é sempre a melhor escolha para o consumidor não se surpreender com transtornos desagradáveis.

Quer evitar fraudes e problemas futuros? Conheça o Serasa Premium

Com ele, você será alertado por e-mail e SMS sempre que houver uma movimentação no seu CPF e CNPJ como: novas consultas, protestos, ações judiciais, vazamento de dados na Dark Web e mudança em seu score e muito mais:

Função Lock&Unlock: bloqueie e desbloqueie seu Serasa Score para consultas de terceiros. Isso pode ajudar você a evitar que golpistas peçam crédito em seu nome.

Relatórios: receba um resumo quinzenal e tenha acesso total ao seu histórico de dados.

Consultor VIP: atendimento exclusivo sempre que precisar de ajuda.