Entrar

Saiba como funciona o pagamento pelo WhatsApp

O recurso de pagamento pelo WhatsApp permite o envio e o recebimento de valores no aplicativo por meio de cartão de débito. Entenda.

Colunista marlise brenol
Publicado em: 10 de fevereiro de 2022.

A pandemia acelerou todas as atividades digitais, desde conversas entre grupo de amigos até compras e trabalhos remotos. A mudança impulsionou as empresas a oferecerem novas soluções que facilitem as operações, em especial, realizadas pelo smartphone. O recurso de pagamento pelo WhatsApp, por exemplo, visa integrar operações financeiras e as conversas.

O WhatsApp é líder no Brasil entre os aplicativos mensageiros concorrentes, o Telegram e o Signal. De acordo com a pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box, ele está instalado em 99% dos smartphones no país. É neste cenário que ganha cada vez mais espaço o chamado comércio conversacional ou chat commerce.

Dentre os três aplicativos estudados pela Opinion Box, 62% dos consumidores brasileiros já encomendaram produtos e serviços pelo WhatsApp.

O pagamento das encomendas de produtos e serviços pelo WhatsApp costumam ser feitas por boleto ou transferência em outros aplicativos. Ou seja, ao fechar um negócio, o consumidor obrigatoriamente abre outro aplicativo para realizar a transação financeira. Com o serviço de pagamento pelo WhatsApp, o consumidor pode negociar e pagar no mesmo ambiente.

Como funciona o pagamento pelo WhatsApp?

O serviço foi aprovado pelo Banco Central em março de 2021 e pode ser utilizado por pessoas físicas e, na segunda etapa, também para pessoas jurídicas. Cada usuário deve fazer a configuração e preencher o cadastro de adesão, incluindo os dados financeiros.

Os usuários poderão enviar até R$ 1 mil por transação, com limite mensal de R$ 5 mil, somando até 20 operações por dia. Entenda o passo a passo:

  1. Abra a janela de diálogo com o cliente, amigo ou familiar para quem pretende enviar o dinheiro.

  2. Clique no menu de funcionalidades onde estão câmera, fotos e vídeo, documento, localização e contato. Ali aparecerá também a opção pagamento.

  3. Ao clicar em pagamento, abrirá uma janela para preencher o valor a ser transferido.

  4. Após digitar o valor, também é possível preencher uma mensagem ao destinatário.

  5. Clique em avançar e adicione a sua forma de pagamento: cartão de débito, múltiplo ou cartão pré-pago gerido por um dos bancos parceiros do WhatsApp.

  6. Após a aprovação do cadastro, a operação será autorizada e o destinatário receberá o comprovante de transferência na janela de diálogo do aplicativo.

Apesar da facilidade de fazer a transferência de valores sem sair do aplicativo, a adesão tem sido baixa. A pesquisa de m-commerce da Opinion Box apontou que apenas 7% dos usuários cadastraram a modalidade de pagamento.

Uma das justificativas apontadas pelos usuários pela baixa adesão é a falta de segurança em relação ao aplicativo. Um em cada três respondentes da pesquisa disse que não cadastra os dados financeiros porque não confia no WhatsApp. Por outro lado, a empresa afirma que o armazenamento de dados financeiros é assegurado por criptografia.

Leia também | O que significa criptografia e qual é a importância desse recurso para você?

Mas é importante o usuário ter consciência de que a transação entre contas é feita no sistema da operadora do cartão. As instituições financeiras parceiras precisam receber as informações dos pagamentos para efetuar a transação. Por isso, os pagamentos não são protegidos por criptografia de ponta a ponta, como as mensagens.

Como se proteger de golpes no WhatsApp em cinco dicas

O medo dos usuários tem relação com o crescimento de golpes como clonagem do aplicativo, instalação do app espião e conta falsa no WhatsApp. Mas há condutas preventivas que podem ser adotadas para aumentar a segurança ao usar o aplicativo:

  1. Ative a autenticação em duas etapas do aplicativo. Nas configurações da conta, você pode inserir uma senha e outro meio de confirmação de identidade a ser solicitada quando o acesso for feito em outro dispositivo ou outro aparelho de telefone.

  2. Limite a privacidade do aplicativo para os seus contatos. Assim, você previne que o seu número de telefone seja adicionado em grupos abertos e fique mais vulnerável a cair em listas de vazamentos de informações.

  3. Acione o recurso de biometria se o aparelho permitir. O usuário pode cadastrar a digital para ser solicitada sempre que for enviar um dinheiro da sua conta para outro usuário. É uma camada a mais de segurança caso o celular seja roubado.

  4. Fique atento à troca de mensagens com contatos desconhecidos e comerciais. Como as contas comerciais ainda não estão autorizadas, se uma pessoa física falar em nome de uma empresa, desconfie da veracidade da oferta.

  5. Não aceite ajuda de terceiros para configurar o pagamento para você e nem compartilhe os dados com outros contatos, mesmo familiares ou amigos.

Quanto mais consciência você tiver sobre os seus dados, menores serão os riscos de cair em golpes e fraudes. Por isso, é muito importante prestar atenção e proteger as informações pessoais.

Aliás, todos os cuidados são importantes. Além das dicas que trouxemos para você usar o aplicativo de forma mais segura, o hábito de monitorar seu CPF regularmente também é outra estratégia eficaz para aumentar a proteção dos seus dados e do seu dinheiro.

Pensando nisso, a Serasa desenvolveu o Serasa Premium, que monitora o CPF do usuário 24 horas por dia, sete dias por semana, e emite alertas em tempo real sempre que forem identificadas movimentações suspeitas em seu nome – como vazamento de dados e consultas ao seu CPF. Assim, você fica sabendo do problema rapidamente e pode agir antes que a situação fique fora de controle.

E mais: recentemente, a Serasa lançou mais uma função exclusiva para assinantes do Serasa Premium, o Lock&Unlock. Com esse recurso, o usuário pode bloquear seu Score para consultas quando não estiver buscando crédito no mercado – o que reduz os riscos de empréstimos e outras operações financeiras feitas em seu nome – e desbloquear apenas quando for necessário.

Gostou da novidade? Acesse sua conta na Serasa agora mesmo e conheça todas as vantagens que o Serasa Premium pode oferecer a você.