Entrar

Segurança digital: o que é e como criar uma senha forte

Por Lise Brenol

Saiba o que é uma senha forte, como criar uma senha forte e por que esse cuidado é tão importante para evitar o vazamento de seus dados pessoais.

As senhas digitais são as nossas chaves para entrar no ambiente de trabalho ou no banco na Internet, para abrir a caixa de correspondências e até para ingressar no encontro social com nossos amigos. Se você perde essas senhas ou é roubado, fica à mercê das consequências dessas credenciais acabarem em mãos criminosas. Uma forma de se prevenir desse risco é utilizar uma senha forte para todos os seus acessos, trocá-las com frequência e ativar a autenticação de dois fatores. Mas, afinal, o que são senhas fortes?

Brasileiros não têm o hábito de criar senha forte

Um relatório produzido pela empresa Axur em 2021 mostrou que os brasileiros ainda mantêm o hábito de criar senhas fracas em contas na Internet. A pesquisa analisou atividades criminosas na Deep Web e estudou os cadastros de dados vazados.

Na investigação, os especialistas identificaram 4,8 milhões de credenciais expostas. Entre a senha mais usada está a “123456”, considerada a preferida dos cibercriminosos por ser fácil de hackear.

Essa senha foi utilizada por 845.399 brasileiros que tiveram as credenciais vazadas nos primeiros dois trimestres de 2021. Vale lembrar que as sequências numéricas e números repetidos não são recomendados para a composição de senhas.

A análise das bases de dados com senhas vazadas e rastreadas pela pesquisa indica que 13,1% dos usuários optam apenas por números, 20,4% utilizam caracteres especiais e 62,1% optam por letras minúsculas. O relatório aponta que apenas 1,5% das credenciais vazadas seguiam os parâmetros de senha forte, ou seja, letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais.

Aprenda a criar uma senha forte e adotar a segurança como rotina

As senhas fortes são importantes para proteger as suas chaves de acesso aos sites na Internet. É a diferença entre deixar a porta de casa entreaberta – senha fraca – e trancada – senha forte.

Deixar a porta entreaberta não significa que um criminoso vá entrar, mas o risco será maior do que se a porta estiver bem chaveada, não é mesmo? A diferença entre a porta de sua casa e as portas da Internet é que no ambiente digital você terá de trocar a fechadura com muito mais frequência. Por isso, elaborar uma senha forte requer estratégia, método e rotina. A regra vale para senhas de e-mail, Wi-Fi, mídias sociais, cadastros em sites e Internet Banking.

Passo a passo de como criar uma senha forte para tudo:

  1. Liste os seus logins de uso diário, mensal e eventual. Inclua e-mails, plataformas de ensino, sites de redes sociais e onde mais você tenha cadastro. As contas que são vinculadas a e-mails não precisam entrar nesta relação;

  2. Separe os logins em colunas de forma visual. Salve o documento e atualize sempre que necessário;

  3. Em outra coluna ou página do mesmo documento, liste palavras, números e caracteres com frases que façam sentido para você. Essa combinação vai gerar dicas para elaboração de senhas. Exemplo: “Nome da cidade onde nasci no ano que me formei e comecei a ganhar dinheiro” Essa dica leva à senha N@meC1DADE2021$.

Método de criação e alteração de senhas

  1. Comece alterando as senhas de contas mais frequentes. Dê preferência para e-mails, Internet Banking e redes sociais;

  2. Associe para cada cadastro uma senha diferente, porém, ligada à lista que você elaborou. Modifique os caracteres ou as palavras;

  3. Crie frases intercalando números, letras e caracteres. Por exemplo, a dica de senha pode ser “Serasa protege você”, para a qual você gerou a credencial S3r@s@gotU.

Rotina de atualização

  1. Defina uma frequência de atualização viável para você: mensal, bimensal ou trimestral. Adicione esse compromisso na agenda do seu calendário, defina repetição periódica e ative a notificação;

  2. Baixe um aplicativo de gerenciamento de senhas no seu celular e mantenha as credenciais em conjunto, criando pastas para senhas pessoais e profissionais;

  3. Volte no seu documento com a lista de contas e frases com dicas para senhas. Inspire-se para novas combinações e o atualize sempre que for preciso. 

Os cuidados para a sua segurança digital são uma forma de prevenir danos provocados por cibercriminosos, mas fique de olho, também, para não compartilhar as senhas nem com amigos nem com familiares.

Sempre que o serviço digital oferecer a possibilidade de autenticação de dois fatores, escolha esta opção.

Quer evitar fraudes e problemas futuros? Conheça o Serasa Premium

Com ele, você será alertado por e-mail e SMS sempre que houver uma movimentação no seu CPF e CNPJ como: novas consultas, protestos, ações judiciais, vazamento de dados na Dark Web e mudança em seu score e muito mais:

Função Lock&Unlock: bloqueie e desbloqueie seu Serasa Score para consultas de terceiros. Isso pode ajudar você a evitar que golpistas peçam crédito em seu nome.

Relatórios: receba um resumo quinzenal e tenha acesso total ao seu histórico de dados.

Consultor VIP:
atendimento exclusivo sempre que precisar de ajuda.