Entrar

Twitch leak: entenda quais os dados foram vazados da Twitch e como se proteger

A plataforma gamer Twitch confirmou no dia 06 de outubro um mega vazamento de dados operacionais dos usuários ativos. A nota foi postada na conta oficial do Twitter da empresa. O Twitch é uma plataforma de vídeo ao vivo que se concentra em streaming de videogames, competições e esportes eletrônicos. Também oferece música, conteúdo criativo e mais recentemente vídeo ao vivo da vida cotidiana. O conteúdo pode ser acessado ao vivo ou por demanda. O Brasil é o segundo maior mercado do Twitch, atrás apenas dos Estados Unidos.

Desde 2017, a plataforma é líder para competições de videogames nos Estados Unidos e atingiu 15 milhões de usuários ativos e 140 milhões de visualizações mensais em 2020. O estudo Mercado de Games no Brasil, da Comscore, aponta o Brasil na vice-liderança de acessos, perdendo para o mercado americano. O levantamento indica que a audiência do twitch no Brasil é 84% masculina, 44% entre a faixa etária de 15 a 24 anos com um consumo 28% maior no desktop comparado com o mobile.

A informação do vazamento foi postada no quadro de aviso de um fórum no site anônimo 4chan, um blog aberto para compartilhar imagens sem precisar de login, senha ou identificação de usuário. No fórum, o autor do comunicado informou que o material totaliza 125 GB em um arquivo intitulado “parte 1”, o que indicaria haver ainda uma segunda leva do vazamento. Segundo o TechTudo, o arquivo contém o código-fonte da plataforma, incluindo informações de segurança interna, e até os ganhos financeiros de usuários ativos, chamados de streamers, o que inclui gamers brasileiros como o Alan Ferreira, o @alanzoka.

Twitch vazou e agora? Saiba como proteger a sua conta na plataforma

As situações de vazamento de grandes conjuntos de dados costumam deixar os usuários das plataformas preocupados com possíveis consequências do uso indevido de informações pessoais por terceiros. Quando conjuntos de informações pessoais como nome completo, CPF, e-mail, login e senha são postados em espaços anônimos e difíceis de serem rastreados, há riscos reais de comercialização ilegal e tratamento de dados sem consentimento dos titulares, possivelmente para cibercrimes. Por isso, é importante que o usuário cadastrado em uma plataforma que foi hackeada tome medidas de remediação. Saiba como proteger a sua conta na Twitch.

1. Troque a senha imediatamente

Os usuários do Twitch devem fazer login na plataforma e solicitar a alteração de senha. Os requisitos para elaborar uma senha forte devem ser seguidos à risca: combinação de números e letras, maiúsculas e minúsculas e símbolos. Para alterar, acesse configurações, segurança e privacidade e clique em mudar a senha.

2. Habilite a autenticação de dois fatores

Ao revisar as configurações na conta do Twitch, aproveite para habilitar a autenticação de dois fatores. A medida adiciona uma camada extra de proteção, já que será preciso dupla confirmação de login para ingressar na sua conta. Normalmente, a autenticação para logar no desktop é feita no smartphone e vice-versa.

3. Renove a chave de iniciação do ao vivo

Caso o usuário possua perfil de criador de conteúdo, ou streamer como é chamado um gamer na plataforma, é recomendado alterar os dados também no painel de controle (creator dashboard). A chave de stream é exclusiva para cada conta e o próprio Twitch alerta para jamais compartilhá-la, porém com o vazamento de dados talvez a chave já esteja em mãos indevidas. Quanto antes você fizer a reconfiguração, mais seguro estará.

4. Revise logins associados ou contas vinculadas

Muitas vezes os usuários fazem login em uma plataforma digital vinculada a outras contas de e-mail ou mídias sociais. Outras vezes há uma padronização de senhas em diferentes produtos online. Nestes casos, a recomendação é fazer um mutirão de troca de senhas no máximo de contas possíveis.

5. Monitore os seus dados pessoais

A Serasa oferece o serviço de monitoramento gratuito ou no modelo premium. Você pode consultar o CPF na hora e descobrir se há restrições em seu nome, protestos em cartório, ações judiciais ou problemas na situação cadastral. Ou você também pode assinar o serviço premium e ser avisado quando houver uma movimentação suspeita nos seus dados.

Quer evitar fraudes e problemas futuros? Conheça o Serasa Premium

Com ele, você será alertado por e-mail e SMS sempre que houver uma movimentação no seu CPF e CNPJ como: novas consultas, protestos, ações judiciais, vazamento de dados na Dark Web e mudança em seu score e muito mais:

Função Lock&Unlock: bloqueie e desbloqueie seu Serasa Score para consultas de terceiros. Isso pode ajudar você a evitar que golpistas peçam crédito em seu nome.

Relatórios: receba um resumo quinzenal e tenha acesso total ao seu histórico de dados.

Consultor VIP: atendimento exclusivo sempre que precisar de ajuda.