Entrar
Navegação do blog
  1. Blog
  2. Nis Saiba O Que Quem Tem Direito E Como Consultar O Numero

Número do NIS: o que é e para que serve

Entenda o número de identificação social (NIS), saiba como acessar e para que serve.

Atualizado em: 26 de janeiro de 2024

Categoria Educação financeiraTempo de leitura: 10 minutos

Texto de: Time Serasa

logo Caixa Econômica Federal na tela do site do smartphone. Fechar-se

NIS é a sigla para Número de Identificação Social. Essa numeração é atribuída pelo Governo Federal, através da Caixa Econômica Federal, para possibilitar o recebimento de benefícios sociais pelos cidadãos. Qualquer cidadão com direito a receber benefícios sociais ou trabalhistas precisa ter registro no NIS.

Além disso, todos trabalhadores com vínculo empregatício, ou seja, com carteira de trabalho assinada, também têm o NIS, e por meio desse número o empregador cadastra o trabalhador como funcionário.

Leia também I O que é NIS e para que serve

O que é o NIS

O NIS é a sigla para Número de Identificação Social, um registro fundamental para o cidadão brasileiro. Ele só pode ser gerado por órgãos governamentais e fica atrelado ao cadastro da pessoa no sistema da Caixa Econômica Federal.

O final da numeração de 11 dígitos corresponde à data de pagamento dos benefícios. É por meio desse documento que o governo identifica os trabalhadores e aposentados para o recolhimento do FGTS, por exemplo.

O NIS pode ser gerado de duas formas: por meio de cadastro nos bancos de dados do Sistema Nacional de Informações Sociais (CNIS) ou quando houver registro na Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

Leia também I Como consultar o NIS pelo número do CPF

Quem deve ser registrado no NIS?

Para que um indivíduo tenha acesso aos benefícios concedidos por meio do NIS, é necessário o registro. Veja quem deve tê-lo:

  • ●     trabalhadores de empresas privadas;
  • ●     trabalhadores de cooperativas;
  • ●     trabalhadores vinculados a um empregador pessoa física;
  • ●     beneficiários de programas sociais;
  • ●     beneficiários de políticas públicas, cadastrados pela Secretaria Regional do Trabalho e emprego (SRTE), Ministério da Saúde (MS) ou Ministério da Educação (MEC);
  • ●     diretor não empregado que optar pelo FGTS.

 

Alguns programas sociais exigem o registro no NIS para a concessão ao beneficiário. São eles:

  • ●     Auxílio Brasil;
  • ●     Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego);
  • ●     Projovem Trabalhador;
  • ●     Garantia Safra;
  • ●     Carteira do Idoso;
  • ●     Tarifa Social de Conta de Água.

Além disso, há outros programas sociais estaduais para os quais o NIS é necessário.

Como identificar o NIS

Há diversas formas de descobrir o NIS. Confira.

  • ●     Site e aplicativo CadÚnico

Uma das formas de consultar o NIS é pelo site do CadÚnico. Por lá é possível consultar o NIS usando o CPF, informando apenas o número do documento e a data de nascimento.

Além disso, é possível checar esse número também pelo aplicativo disponível na Play Store e na loja de aplicativos do iOS.

Todo o processo é bem simples e basta preencher algumas informações básicas para ter o número. É importante que os dados sejam preenchidos corretamente, pois qualquer erro vai interferir no resultado da busca. Por isso, preencha seus dados de acordo com o RG.

  • ●     Carteira de Trabalho

É possível encontrar o número na nova Carteira de Trabalho Digital. Ele corresponde ao número do PIS, a página inicial do documento.

Na nova Carteira de Trabalho Digital, o NIS pode ser identificado pelo número do PIS/PASEP, na página inicial do documento. É a mesma em que consta a foto.

  • ●     Cartão Cidadão

O Cartão Cidadão é emitido pela Caixa Econômica e é utilizado para sacar os benefícios sociais. No cartão também é possível encontrar o número do NIS.

  • ●     Extrato do FGTS

Pelo extrato do FGTS também é possível consultar o número do NIS. Para conseguir o documento, basta acessar o site ou o aplicativo da Caixa Econômica Federal e solicitar o extrato: o número NIS do trabalhador virá no topo da página.

  • ●     Aplicativo Meu INSS

No caso de aposentados também é possível consultar o NIS através do app Meu INSS (Play Sotre ou Apple Store). Basta informar seus dados pessoais e criar uma senha no sistema para ter acesso ao NIS.

NIS e PIS são a mesma coisa?

Não. Apesar de parecidos, PIS e NIS não são a mesma coisa. O PIS é o Programa de Integração Social, destinado a trabalhadores do setor privado com carteira assinada. O número é gerado logo no primeiro emprego e suas atribuições são similares ao NIS. 

Entretanto, o PIS é utilizado para que o cidadão tenha acesso a seus direitos trabalhistas, como 13º salário, seguro-desemprego, abono salarial e FGTS. 

Outra sigla similar e que pode causar confusão é o NIT, que é o Número de Identificação do Trabalhador, destinado a trabalhadores autônomos: empregados domésticos, contribuintes individuais ou facultativos.

Como consultar o Nis pelo CadÚnico

O trabalhador inscrito no Cadastro Único poderá consultar o Número de Identificação Social (NIS), código familiar, situação cadastral, data da última atualização e data limite para uma nova atualização cadastral por meio do aplicativo do Cadastro Único ou no endereço https://cadunico.dataprev.gov.br/. Veja como fazer passo a passo:

  1. Acesse a identificação positiva

    A Consulta Simples pode ser acessada por meio de uma identificação positiva. Na versão simplificada, o cidadão poderá ter acesso à emissão e validação de Comprovante de Cadastro e à busca por postos de atendimento do Cadastro Único.

    Acesse por meio do aplicativo do Cadastro Único ou pelo acesso web no site do Ministério da Cidadania. O aplicativo pode ser baixado no endereço

    https://cadunico.dataprev.gov.br/#/home

     

  2. Faça a Consulta Simples

    Ao preencher o cadastro, o usuário poderá visualizar na Consulta Simples o código familiar e a situação cadastral, bem como a data da última atualização e a data limite para uma nova atualização cadastral. Além disso, também serão exibidos os dados de identificação do responsável pela unidade familiar, os dados da família e de seus membros.

    É necessário informar os dados de identificação como nome completo, data de nascimento, nome da mãe e UF/município onde está cadastrado, da forma como estão registrados no Cadastro Único, para encontrar o cadastro na base de dados do Governo Federal.

Quais são os benefícios do NIS?

O NIS oferece benefícios tanto para trabalhadores quanto para empregadores. Para o primeiro grupo, o cadastro é extremamente importante, pois permite a participação em programas sociais e o acesso a todos os direitos trabalhistas.

Para os empregadores, o NIS também traz benefícios, como a agilidade no momento de cadastrar o funcionário e a garantia de pagamento dos benefícios devidos, operações que podem ser feitas de forma online, sem necessidade de se deslocar a uma agência da Caixa Econômica Federal.

Além disso, caso o empregado seja demitido de forma inesperada, o NIS garante o acesso ao seguro-desemprego (caso haja atendimento aos requisitos do programa). Assim, o NIS é crucial para famílias de baixa renda, pois é por meio dele que é feito o cadastro nos programas sociais do governo.

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar
Média de avaliação: 4.31 de 5

Artigos relacionados