Descubra como fazer recarga para celular usando uma carteira digital e conheça as vantagens dessa alternativa.

O cartão de crédito é um dos principais meios utilizados pelos brasileiros para fazer compras e pagar suas contas. Mas você sabe, por exemplo, qual é a diferença entre data de vencimento e data de fechamento da fatura? Sem compreender bem esses conceitos, você pode acabar se confundindo na hora de controlar o seu cartão.

De acordo com o Banco Central, o número de cartões ativos no país ultrapassa os 123 milhões. E você provavelmente também está entre os milhões de brasileiros que usam o famoso “dinheiro de plástico”.
Pensando nisso, preparamos este conteúdo para você entender exatamente o que é data de vencimento e fechamento da fatura. Para completar, também explicamos como descobrir qual é o melhor período para fazer compras.

Data de vencimento da fatura

A data de vencimento da fatura é o último dia que você tem para quitar a fatura do seu cartão de crédito dentro do prazo. Ou seja, após utilizá-lo por cerca de um mês, essa é a data em que você deverá pagar o valor referente às compras realizadas.

Ficar de olho nessa data é muito importante, já que, após o vencimento, sua fatura entra no chamado “crédito rotativo”. Isso significa que você contrai uma dívida com o cartão. Então, serão cobrados valores adicionais de multa por atraso, juros (que aumentam conforme o tempo de atraso no pagamento) e também IOF, o Imposto sobre Operações Financeiras. Depois de um tempo, essa dívida pode virar uma bola de neve.

Por que esses valores adicionais são cobrados?

O motivo é que o cartão de crédito, como o próprio nome indica, é uma modalidade de crédito. Ao conceder um limite para você, é como se a instituição financeira fizesse um “empréstimo”, pagando os gastos realizados com o cartão em seu lugar. Assim, ela permite que você só tire o dinheiro do bolso no mês seguinte.

A data de vencimento da fatura é a data final que você tem para pagar esse empréstimo. Caso ele não seja quitado neste dia, a instituição cobra multa e juros pelo atraso e o imposto da transação de crédito. Esse é o famoso “rotativo” do cartão. Colocando de maneira simples, ele consiste em levar o saldo não pago de uma fatura para a do mês seguinte, acumulando juros ao longo do tempo.

Como você deve imaginar, isso provoca um efeito “bola de neve” e leva a altas dívidas no cartão. Portanto, o Banco Central criou novas regras para evitar que os consumidores pagassem taxas tão altas.

Hoje, só é possível ficar um mês no rotativo. Na fatura seguinte, se o cliente novamente não conseguir pagar o valor integral, a instituição tem obrigação de oferecer o parcelamento do valor total devido. Esse parcelamento também apresenta juros, porém, as taxas são menores.

Além disso, é importante lembrar que realizar o pagamento da fatura em dia e no valor integral é um comportamento importante para manter uma boa pontuação de crédito. Isso pode fazer toda a diferença quando você quiser solicitar um novo cartão, pedir um aumento de limite ou solicitar empréstimos e financiamentos no mercado.

Data de fechamento da fatura

Como você viu no tópico anterior, a data de vencimento é o último dia para o pagamento da fatura do cartão. A data de fechamento da fatura, por sua vez, é o último dia considerado na hora de calcular o valor a ser pago pelo usuário.

Em outras palavras, o fechamento da fatura é o último dia, dentro de um período de um mês, em que as compras realizadas e as contas pagas com o cartão ainda entram no valor total da fatura.
Os gastos feitos e processados até esse dia entram na fatura correspondente a esse mês. Os gastos realizados a partir do dia seguinte ao fechamento da fatura, ou aqueles feitos antes do fechamento, mas não processados a tempo, ficam para a fatura seguinte.

Vamos a um exemplo: suponha que a data de fechamento da fatura do seu cartão é todo dia 15, com data de vencimento no dia 25. O valor das compras realizadas e processadas no dia 15 deve ser pago até o dia 25 do mesmo mês. O valor de uma compra realizada no dia 15, mas processada no dia 16, só vai ser pago na próxima fatura, ou seja, no dia 25 do mês seguinte.

Relação entre data de vencimento e fechamento da fatura

A relação entre data de vencimento e fechamento da fatura é bastante simples. A data de vencimento depende do fechamento da fatura, quando é calculado o quanto você precisará pagar.
Por isso, a data de vencimento está sempre alguns dias após a data do fechamento. Retomando o exemplo do tópico anterior, se o fechamento é no dia 15, o vencimento pode ser no dia 25 do mesmo mês.
Em geral, na hora de pedir o cartão, você pode escolher entre algumas opções de data de vencimento. Essa escolha é feita com base no seu orçamento.

Para definir a melhor data, você precisa considerar o dia do recebimento do salário ou outras formas de renda, além das datas de vencimento de outras contas, para ter certeza de que vai ter o dinheiro na conta para pagar a fatura do cartão antes de entrar no rotativo. É importante considerar nessa escolha um período de atraso, para caso seu dinheiro não caia em conta no dia exato. Trabalhe com espaços maiores, para sua segurança e proteção financeira.

Além disso, você pode entrar em contato com a operadora e mudar a data de vencimento do seu cartão. Assim, a data de fechamento obrigatoriamente também é alterada. Se você antecipar a data de vencimento de 25 para 20, por exemplo, a data de fechamento pode ser antecipada de 15 para 10.

Como calcular o melhor dia para comprar?

Conhecendo a data de vencimento e de fechamento da fatura, é possível calcular o melhor dia de compra do seu cartão. Esse “melhor dia de compra”, na realidade, é o dia em que você vai ter mais tempo antes de precisar pagar pelos gastos feitos com o cartão de crédito.

Vamos usar mais uma vez o nosso exemplo: um cartão que tem fechamento em 15 e vencimento em 25. Nesse caso, o melhor dia de compra é o dia 16.
Qualquer gasto feito nesse dia só vai entrar na fatura subsequente, com vencimento no dia 25 do mês seguinte. Ou seja, na prática, você terá cerca de 40 dias antes de precisar pagar por essas compras. Assim, pode planejar suas finanças com mais tranquilidade.

Imagine que você pretende comprar uma nova televisão e pagar à vista, mas só terá o dinheiro no mês que vem. Em vez de esperar, você pode comprar com o cartão de crédito de forma programada, para que o valor da TV não apareça na fatura atual, mas na subsequente.

Agora, você já domina perfeitamente os conceitos dessas datas importantes do seu cartão: a data de vencimento, de fechamento da fatura e do melhor dia de compra.

Navegue pelo Serasa Ensina para conferir outras dicas e aprender mais sobre educação financeira!

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora