Entrar

Black Friday 2021: quando, como e por que virou “Black Fraude”

Por Lise Brenol

Saiba o que é a Black Fraude, entenda por que a data gera desconfiança e como evitar ser vítimas de golpes na Black Friday 2021 em três passos.

A Black Friday 2021, o famoso evento no qual as lojas anunciam mega promoções e descontos, já tem data marcada: 26 de novembro. A estratégia do comércio é criar uma grande expectativa para os consumidores obterem vantagens especiais nas compras de produtos que desejam.

Para o varejo no Brasil, é a largada para o período de compras de Natal e final de ano. Entenda como funciona e por que você deve estar atento para não cair em anúncios enganosos, chamados de “Black Fraude”.

A origem desse evento de vendas vem dos Estados Unidos, onde há a cultura de comemorar o dia de ação de graças (Thanksgiving) na última quinta-feira de novembro. É o período para reunir família e amigos e agradecer pela colheita do ano que passou, enxergar as coisas boas e fazer orações.

Normalmente esses encontros são regados a uma mesa farta de comidas e bebidas. O dia seguinte marca oficialmente o início dos preparativos para uma das datas mais importantes do varejo, o Natal. Ou seja, após o balanço dos meses que passaram, é hora de preparar as celebrações. A Black Friday começou, então, com o objetivo de zerar os estoques das lojas após o balanço e oferecer novos produtos especiais para o Natal.

O evento foi registrado pela primeira vez no Brasil em 2010. Houve muita propaganda para aumentar o volume de vendas, porém, já nos primeiros anos, foi constatado um acréscimo no valor de produtos na véspera do evento para anunciar descontos de “até 80%”.

Foi desta prática desleal identificada em alguns anúncios de produtos que surgiu o famoso meme do período de vendas “Tudo pela metade do dobro”, associado à enganação e malandragem. E foi assim que surgiu o termo Black Fraude.

Antes da pandemia, a confiança dos consumidores nas ofertas do evento vinha crescendo, como apontou uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo & Mercado de Consumo, o Ibevar, que mensurou a percepção de credibilidade em comentários em mídias sociais e comentários de notícias sobre o evento.

Porém, no ano passado, o próprio Ibevar identificou ofertas de lojistas que aumentaram em até 70% o valor do produto. O estudo analisou 6.500 produtos diferentes em 30 categorias do varejo. Ou seja, a desconfiança do consumidor tem fundamento.

Black Friday 2021: como evitar a “Black Fraude” em três passos

Antes da tomada de decisão de compra, o consumidor pode adotar medidas preventivas para fazer um bom negócio.

1. Faça a lista de desejos

Para evitar a compra por impulso, uma tática eficiente é listar os produtos que você quer adquirir em uma lista de desejos. Revise a lista de tempos em tempos, adicione e retire produtos e anote preços e lojas.

Se o desejo persistir e você tiver condições financeiras para comprar, a época de Black Friday pode ser uma janela de oportunidade. Quando os anúncios de mega promoção começarem a surgir, volte na sua lista de desejos e compare os preços antes de fechar negócio. Se você ainda não tem o hábito de fazer lista de desejos para datas como esta, comece já!

2. Compare preços entre lojas

Se você viu um anúncio e ficou tentado a comprar, salve o produto no carrinho de compras, mas não feche negócio. Acesse os sites concorrentes e confira quais são os preços anunciados.

Se a mega oferta for mesmo a melhor de três ofertas ativas, faça outro teste. Acesse sites de comparativo de preços como o Zoom, Buscapé e Jácotei. Como os algoritmos de comparação desses sites consideram a variação de preços ao longo do tempo, caso haja indicação de preço baixo, feche sua compra com segurança.

3. Compre de sites conhecidos e endereços verificados

Na época de Black Friday aumenta o volume de vendas porque as pessoas ficam mais predispostas a comprar. É observando este comportamento que criminosos desenvolvem sites falsos para roubar dados pessoais e financeiros de consumidores.

O site falso pode imitar uma marca conhecida ou adotar uma marca similar a outra existente. Sempre faça dupla verificação, ou seja, veja as informações de contato, faça uma ligação ou converse pelo atendimento ao consumidor para conferir se o lojista realmente existe e se a oferta é verdadeira.

Esse golpe se tornou tão recorrente que o Procon-SP criou uma lista de sites de e-commerce não recomendados. Outra dica é verificar a reputação da loja no site Reclame Aqui ou no buscador do Ebit Nilesen, que monitoram a avaliação dos próprios consumidores.

Como você viu, a Black Friday 2021 pode ser uma ótima oportunidade para economizar, mas também é um período que exige maior atenção dos consumidores. Além dos falsos descontos, a data também é marcada pelo aumento de crimes virtuais que visam roubar dados das vítimas, portanto, fique de olho!

Quer evitar fraudes e problemas futuros? Conheça o Serasa Premium

Com ele, você será alertado por e-mail e SMS sempre que houver uma movimentação no seu CPF e CNPJ como: novas consultas, protestos, ações judiciais, vazamento de dados na Dark Web e mudança em seu score e muito mais:

Função Lock&Unlock: bloqueie e desbloqueie seu Serasa Score para consultas de terceiros. Isso pode ajudar você a evitar que golpistas peçam crédito em seu nome.

Relatórios: receba um resumo quinzenal e tenha acesso total ao seu histórico de dados.

Consultor VIP:
atendimento exclusivo sempre que precisar de ajuda.