Entrar

Como imprimir CPF no site da Receita Federal

Imprimir o comprovante do CPF no site da Receita Federal é fácil, mas desnecessário. Entenda por que você não precisa do documento físico.

Colunista marlise brenol
Publicado em: 03 de agosto de 2022.

Há poucos anos era comum ver uma carteira gorda sobressalente no bolso de uma calça ou pesando na bolsa feminina. A digitalização dos documentos, porém, tem mudado esta realidade. Apesar de as versões digitais de identificações serem bem aceitas, muita gente ainda prefere imprimir CPF e outros comprovantes.

Se você é do grupo ainda apegado à versão física da documentação, aproveite o tempo presente. O futuro próximo desenha a identificação cada vez mais digital, associada a dados biométricos ou mesmo à emissão digital dos comprovantes, bastando apresentar a versão na tela do celular.

O CPF, por exemplo, deixou de ser emitido em formato plástico desde 2011. A Receita Federal fornece apenas o comprovante de inscrição individual associado ao número do titular. Este documento é gerado automaticamente quando um novo cadastro é realizado e pode ser impresso diretamente no site do governo.

Como imprimir o CPF no site da Receita Federal

O Cadastro de Pessoa Física (CPF) é um número de 11 dígitos associado ao cidadão brasileiro. Cada pessoa tem uma inscrição validada para toda a vida, armazenada em um banco de dados gerenciado pela própria Receita Federal. O objetivo é relacionar as informações cadastrais dos contribuintes para as devidas prestações de contas.

Podem ter CPF até bebês recém-nascidos, crianças, adolescentes e é permitida a inscrição de brasileiros ou estrangeiros, residentes no Brasil ou no Exterior. Cada número do CPF é único e definitivo. Há casos em que o CPF pode estar em situação irregular pela falta de declaração de renda, pelo cadastro incompleto e inconsistente ou pelo falecimento do titular.

A regularização pode ser feita online pelo site do governo em quase todos os casos. Só há uma situação na qual o CPF pode ser cancelado: é quando se identifica duplicidade do documento ou por decisão judicial. Nos demais casos, o cidadão poderá acessar o site da Receita Federal e imprimir o CPF em poucos passos.

1. Acesse o site da Receita Federal

Preencha as informações solicitadas, como o número do CPF, o nome completo, a data de nascimento, o nome da mãe, o título de eleitor. Para quem declara Imposto de Renda (IRPF) será exigido o número do recibo de entrega mais recente.

2. Confira os dados e clique em enviar

Esteja atento para o preenchimento correto dos dados pessoais solicitados, pois qualquer inconsistência pode resultar em erro na requisição do comprovante de inscrição no cadastro. Após a conferência, clique em enviar.

3. Imprima o comprovante do CPF

O documento gerado é chamado de comprovante de inscrição no CPF. Ciente disto, clique em preparar para a impressão e pronto. Se for carregar na bolsa, carteira ou bolso é bom plastificar para durar mais tempo.

Situação cadastral e comprovante do CPF são iguais?

A situação cadastral de um CPF é uma consulta pública que pode ser acessada pelo número do cadastro e data de nascimento do titular e revelar se o documento está regular, pendente, suspenso ou cancelado. Já o comprovante de inscrição do CPF é uma consulta particular que precisa de uma relação completa de informações sobre o titular para ser acessado.

A consulta da situação cadastral do CPF é oferecida para que todo cidadão inscrito possa estar ciente sobre a situação do seu registro. Caso haja qualquer irregularidade, o próprio site orienta como resolver a pendência encontrada. Já o comprovante de inscrição gera o número do registro, nome completo, data de nascimento, situação cadastral, data de inscrição e dígito verificador.

Entenda o que é o comprovante de situação cadastral

CPF regular significa nome limpo na praça?

Não. O seu CPF pode estar em situação regular na Receita Federal, mas o seu nome estar na lista de “negativados” dos birôs de crédito. Isso porque o site do governo não presta o serviço de proteção ao crédito, ou seja, não registra dívidas nem histórico de bom pagador dos contribuintes.

A única situação em que a Receita acusa irregularidade é no caso de o contribuinte não entregar a declaração do imposto de renda. Se o consumidor estiver inadimplente e endividado, mas com a declaração em dia, o CPF estará regularizado. Por isso, CPF regular não significa “nome limpo na praça”.

Portanto, além de consultar o site do governo é recomendada a consulta ao site da Serasa para saber a sua real situação de dívidas. O mais recente Mapa da Inadimplência e Renegociação de Dívidas no Brasil acusou 63 milhões de endividados.

O seu CPF e a sua vida financeira estão diretamente relacionados. O CPF é o número ao qual estão associadas informações relevantes também sobre a sua vida financeira como dívidas, protestos, pagamentos, ações judiciais e outros. Por isso, o CPF tem valor para o comércio e para as instituições financeiras e bancos. É por meio deste documento que são consultadas informações sobre a sua capacidade de honrar compromissos de crédito no mercado.

Caso você identifique uma situação pouco favorável como uma dívida que se arrasta e prejudica a sua vida financeira, saiba que é possível contornar a situação. O primeiro passo é reconhecer a dívida; o segundo, é buscar ajuda; e o terceiro é renegociar dentro das suas possibilidades.

QUERO LIMPAR MEU NOME: https://www.serasa.com.br/limpa-nome-online/

A mediação de dívidas entre empresas e consumidores endividados é bastante simples e pode ser feita de forma online e sem complicações. Muitas vezes os descontos para a quitação do débito são expressivos – acima de 90%.

Portanto, o CPF tem este potencial centralizador da sua prestação de contas tanto para o governo como para a Justiça, empresas e outras instituições com as quais o cidadão se relacione. Por isso, é importante manter o documento em situação regular.

Ficou curioso para saber como está a situação do seu CPF? A Serasa te ajuda a saber informações sobre o seu CPF de grátis