Entrar

Está com restrição no CPF?

Entenda o que significa e veja o passo a passo para consultar

Ter restrição no CPF é a mesma coisa que estar com o nome negativado? Esta é uma dúvida comum, pois os dois termos são usados para falar da mesma coisa. Então, sim, são sinônimos.

No entanto, como isso acontece, como consultar o CPF e como resolver também envolve algumas questões. São elas que vamos entender agora!

Restrição CPF: o que isso significa?

Quando há um CPF com restrição, significa que alguma dívida não foi paga e o seu nome foi negativado. Ou seja, seus dados constam nas listas de inadimplentes como a da Serasa, por exemplo.

No Brasil, cerca de 29% da população está nesta situação, segundo dados levantados pela Serasa Experian. Isso acontece por inúmeros fatores, sendo os principais o desemprego e a diminuição dos salários, o que aconteceu recentemente com a pandemia.

No entanto, isso não acontece do nada. Antes da restrição do CPF, o credor faz cobranças. Quando você atrasa uma dívida, a empresa te cobra via e-mail, SMS, WhatsApp ou por carta. Geralmente, as empresas dão um prazo para o pagamento, e, caso ele não seja feito, o nome é enviado aos birôs de crédito.

Consultar restrição no CPF

Se você está em dúvida se o seu CPF está negativado, é muito simples fazer a consulta para ver restrição no CPF. No site da Serasa, é possível fazer isso de graça. Veja o passo a passo.
  • Acesse o site da Serasa;

  • Clique em “Consultar CPF grátis”;

  • Cadastre-se, caso ainda não seja cadastrado;

  • Confirme o seu e-mail, se precisar se cadastrar;

  • Entre com seu CPF e senha;

  • Clique em “Meu CPF” e veja a sua situação;

CPF com restrição: quais as consequências?

Uma vez que você fez a consulta de restrição do CPF e identificou que está negativado, fica um pouco mais difícil conseguir aprovar um financiamento, cartão de crédito ou um empréstimo. Isso porque o score, que é sua pontuação de crédito, diminui.

Quando o score de crédito está baixo, as empresas entendem que há mais risco delas não serem pagas, caso concedam crédito.

Como regularizar CPF com restrição

Quando há endividamento, a forma mais eficaz de resolver é negociar dívida. Se não for possível quitar, tente fazer um parcelamento, para que o seu nome fique limpo novamente e os juros parem de correr.

Na Serasa Limpa Nome, você pode conseguir ótimas ofertas com as empresas cadastradas. Acesse a plataforma, faça o seu cadastro, caso ainda não tenha feito, e verifique as melhores opções para sair do vermelho.

Assim que você faz o pagamento do acordo, o seu CPF leva cerca de cinco dias úteis para sair da negativação.

Outros casos de CPF com restrição

Além da restrição por dívida, é possível ter restrição no CPF na situação cadastral. Pode ser que você esteja com CPF cancelado, suspenso, pendente ou nulo, por exemplo. Essas questões podem ocorrer por diversos motivos, como não justificar ausência do voto nas eleições, CPF duplicado, falecido, quando não declara o Imposto de Renda, entre outras razões.

Para acompanhar a situação completa do seu CPF, o Serasa Premium pode ser uma boa alternativa, já que você vai estar sempre informado sobre qualquer movimentação envolvendo o seu CPF. A consulta cadastral pode ser feita também no site da Receita Federal.

Quer mais conteúdo relacionado? Assista ao canal da Serasa no YouTube e ouça o podcast Serasa Ensina.