Navegação do blog
  1. Credito
  2. Blog
  3. Leilao Imoveis

O que é leilão de imóveis e como participar

O leilão de imóveis pode ser uma oportunidade, mas exige cuidados. Descubra como funciona e quais os riscos.

Publicado em: 6 de junho de 2024

Categoria CréditoTempo de leitura: 3 minutos

Texto de: Time Serasa

Leilão de Casas para Lei

Na hora de comprar um bem de valor alto, como um imóvel, existem diversas formas de fechar um negócio. Uma delas é por meio de leilão de imóveis. Essa modalidade de compra e venda pode ter vantagens, incluindo um preço mais competitivo.

Antes de dar um lance, saiba neste artigo como participar, quais as oportunidades e cuidados que é preciso tomar nesse investimento.

Assista | Comprar um imóvel: como conquistar a casa própria - Serasa Ensina

O que são leilões de imóveis?

Um leilão pode envolver a venda de diferentes produtos, como carros, artigos de luxo e até casas e terrenos. É destes últimos que este artigo trata.

Esses imóveis leiloados podem ser de instituições como a Caixa Econômica Federal, por exemplo. A instituição coloca a leilão os imóveis usados (casas, apartamentos, salas comerciais, glebas e terrenos) que são de propriedade da Caixa e costumam ter preços e condições atrativos em relação ao mercado.

Os leilões de imóveis podem acontecer em formato presencial ou de forma online. No caso do leilão online, o processo acontece diretamente no site do leiloeiro indicado pelo vendedor, por exemplo a própria Caixa.

O leiloeiro terá um profissional autorizado para avaliar o imóvel e indicar um valor inicial de lance para cada um desses bens. A partir desse primeiro valor, os interessados vão fazer as suas propostas. A maior proposta dentro do prazo proposto vai ser a vencedora e comprará o imóvel.

Se esse preço, no entanto, não for atingido em uma primeira etapa, o leilão será prorrogado. Na segunda etapa, o valor dos lances poderá ser menor do que aquele da avaliação inicial, até que o bem seja vendido.

O leiloeiro terá uma comissão que normalmente gira em torno de 5% do valor da proposta feita pelo vencedor do leilão. Esse montante também é pago pelo comprador.

  • Nesse nicho, existem dois tipos de leilões: os judiciais e os extrajudiciais.
  •  
  • ●     Leilões judiciais:

Como o nome já diz, os leilões judiciais ocorrem com intermédio da Justiça. Nesse caso, o bem é apreendido ou então penhorado por meio de um processo judicial e o os ganhos com a venda do imóvel vão servir para quitar as dívidas do antigo proprietário.

  • ●     Leilões extrajudiciais:

Os leilões extrajudiciais acontecem fora do âmbito da justiça. Aqui, as vendas ocorrem por diversos motivos e podem ser realizadas por empresas, instituições financeiras ou por pessoas físicas.

Benefícios de comprar imóveis em leilão

Um dos principais lados positivos de comprar um imóvel em leilão é o preço, que costuma ser melhor em relação aos valores praticados no mercado imobiliário comum.

Riscos envolvidos em leilões de imóveis

Apesar das boas oportunidades, é essencial conhecer bem o funcionamento dos leilões de imóveis para evitar problemas. Uma das questões que poucas pessoas sabem é que o imóvel leiloado pode ter alguma pendência.

Há casos em que ainda há um inquilino residindo no local, por exemplo. Nesse caso, a desocupação do imóvel é de responsabilidade do comprador. E pode ser até mesmo que a solução não aconteça de forma amigável, mas por meio de ação judicial.

Outra questão é o estado em que o imóvel está no momento. Muitos desses imóveis são colocados em leilão após anos sem uso, o que pode exigir investimento em manutenção da estrutura e outros gastos.

Esse último risco existe porque as fotos disponibilizadas de cada imóvel podem não ser atuais. Também não há obrigatoriedade de disponibilização de chaves para visitação dos imóveis. Uma dica é procurar saber com a instituição se existe essa possibilidade e, se sim, ir até o local para verificar.

Como participar de um leilão

  • Para iniciar, os interessados devem acessar o site de um leiloeiro. Existem diversos sites que trabalham com essa modalidade de venda. Alguns deles, que estão listados no site da Caixa, são:

  • ●     OAL Leilões
  • ●     E-leiloeiro
  • ●     Casa Leiloeira
  • ●     Realiza Leilões


Para participar de leilões de imóveis, confira as etapas:

  1. Antes de começar a pesquisar o imóvel, é preciso pesquisar bem os tipos de leilão e como funciona cada um.

  2. Por ser burocrática, na compra de um imóvel em leilão é importante contar com a assessoria de um profissional como advogado especialista em Direito Imobiliário para analisar os editais e definir o que vale a pena.

  3. Nesse passo, podem ser analisados detalhes como possíveis dívidas da propriedade, o risco de anulação do leilão por algum erro no edital, em outros problemas.

  4. Tendo o respaldo do profissional, é preciso saber qual o perfil de imóvel a pessoa procura: uma casa, um apartamento, um terreno, em qual área quer que esteja localizado etc.

  5. Com esse perfil, é hora de entrar nos sites de leiloeiros confiáveis e fazer a busca por editais que tenham imóveis no perfil desejado.

  6. Escolhido um imóvel no qual tenha interesse, o comprador precisa fazer um cadastro no site, preenchendo as informações requisitadas.

  7. O próximo passo é ler atentamente o edital do imóvel no qual está interessado.

  8. No edital, o comprador vai encontrar todos os detalhes, como data e horário do leilão, o lance mínimo, que será publicado com certa antecedência e a descrição do imóvel em si.

  9. Na data e hora do leilão, o interessado deve entrar no site com seu login e senha e dar seus lances conforme o valor mínimo. A cada novo lance, o interessado deve aumentar sua proposta, e assim acontece até o fim do horário previsto para aquele leilão.

  10. Se conseguir vencer o leilão, o comprador deve cumprir as regras que estavam previstas no edital. Elas podem incluir o pagamento imediato da comissão do leiloeiro ou o envio de documentos, por exemplo.

A forma de pagamento vai depender da descrição de cada leilão de imóvel. Alguns podem ser apenas com pagamento à vista ou podem aceitar outras condições, como financiamento na Caixa, utilização do FGTS ou até parcelamento. Em todos os casos, é importante estudar e juntar o dinheiro para a compra do imóvel de antemão.

O app da Serasa ajuda na organização financeira


O aplicativo Serasa tem tudo para você cuidar da sua vida financeira. Organize as contas do mês para manter o pagamento em dia, negocie dívidas em seu nome ou no CNPJ de sua empresa, solicite crédito, consulte e saiba como aumentar seu Serasa Score, monitore seu CPF e muito mais!  

Tudo isso de forma rápida e prática, usando apenas o celular. Confira todos os serviços disponíveis no app da Serasa: 

Serviços Serasa na Estrada
Serasa Score Ícone

Serasa Score

Consulte e descubra o que pode estar impactando seu Serasa Score e como melhorar sua pontuação.

Limpa nome ícone

Serasa Limpa Nome

Veja ofertas, negocie dívidas e contas atrasadas com centenas de empresas parceiras.

Logo serasa verde

Serasa Crédito

Simule, compare e peça empréstimos, cartões de crédito ou conta digital de acordo com seu perfil.

Logo serasa rosa

Serasa Premium

Monitore seu CPF, consultas e movimentações feitas em seu nome e proteja seus dados pessoais.

Logo serasa azul

Carteira Digital

Pague débitos de veículo em até 12 vezes, recarregue o celular e receba dinheiro em tempo real e sem custo.

Baixe agora mesmo o aplicativo Serasa.



Ou escaneie o código:

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar

Artigos relacionados