Entrar

Empréstimo Pessoa Jurídica

Entenda como funciona o empréstimo PJ

Quem é empreendedor sabe que há o momento certo para cada passo dentro da empresa. Mesmo em momentos de crise é preciso estar atento e preparado para as possíveis mudanças no cenário econômico.

Muitas vezes, um empréstimo pode ser a chance que sua empresa ou negócio precisa para alçar novos voos, modernizar equipamentos e processos ou conquistar novos mercados. E isso independe do porte, seguimento ou atuação da empresa.

Para que tudo isso aconteça você pode recorrer a um empréstimo para ajudar sua empresa a crescer. Para isso, é necessário que o empreendedor seja formalizado, possua MEI e esteja com o CNPJ em dia.

O que é MEI?

O MEI (Microempreendedor Individual) é a formalização, ou seja, a regulamentação dos trabalhadores autônomos. O MEI é uma forma de reconhecer o trabalho de autônomos ou pessoas que trabalham por conta própria, que muitas vezes, ficam na informalidade.

Se você é MEI sabe que tem obrigações e benefícios financeiros diferenciados em função da sua categoria. O MEI foi criado em 2009 e trabalhadores autônomos passaram a ser reconhecidos e ter direito a aposentadoria e auxílio doença, por exemplo.

O empréstimo para MEI é parecido com um empréstimo pessoal, mas tem características específicas para a categoria.

Como funciona empréstimo com CNPJ?

O empreendedor ou autônomo que trabalha com MEI tem poucas formas para comprovar a renda e, por isso, acaba recorrendo ao empréstimo pessoal. Ao utilizar essa modalidade, você usa seu CPF ao invés do CNPJ.

Além de usar a conta de pessoa física e não a jurídica, o empreendedor acaba perdendo algumas vantagens e benefícios do empréstimo para pessoa jurídica, além de taxas menores.

Como fazer um empréstimo com CNPJ?

Antes de procurar uma instituição financeira para solicitar um empréstimo com CNPJ você vai precisar ter em mãos os seguintes documentos:

  • RG;

  • CPF;

  • Comprovante de endereço;

  • Certificado MEI;

  • Plano de investimento (que mostre como você pretende usar o crédito);

  • Comprovante de renda pessoal;

  • Comprovante de renda da empresa.

Geralmente, as taxas de juros para empresas são menores do que para pessoas físicas, porém antes de aceitar um empréstimo ou financiamento é necessário conferir no contrato o CET (Custo Efetivo Total) do valor solicitado. O CET pode variar entre instituições, então pesquise e avalie antes de fechar a proposta.

Entre as vantagens em buscar crédito para MEI estão os juros mais baixos e facilidades para parcelar. Além disso, é possível usar o valor para antecipar recebíveis como nota fiscal e cheque. Assim como o empréstimo pessoal, o empréstimo jurídico pode ser feito online e rápido, fácil e seguro.

BNDES e outros bancos

Há diversas instituições que oferecem crédito para empreendedores. Entre as principais instituições estão a Caixa Econômica, Banco do Brasil e o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES).

O BNDES é uma empresa pública que oferece financiamento a longo prazo e investimento em todos os tipos de empresas do Brasil. No BNDES é possível encontrar linhas de crédito específicas para vários tipos de negócio.

Há várias modalidades de financiamento o que torna possível apoiar desde micro e pequenas empresas, passando por empreendedores individuais, e também empresas maiores. A classificação leva em conta diversos fatores, como faturamento, capital de giro, entre outros aspectos das empresas.

Microcrédito para MEI

Se sua empresa ainda é pequena, mas você precisa investir em maquinário, equipamentos ou para obras estruturais, o Microcrédito para MEI pode ser uma boa opção de financiamento.

O Microcrédito para MEI é uma das opções de crédito que o BNDES oferece. Ele é direcionado a empresas que faturam até R$ 360 mil anualmente e tem taxas de juros que não passam de 4% ao mês. Além disso, é uma opção menos burocrática.

É possível fazer empréstimo com nome sujo?

Como acontece no caso do empréstimo pessoal, não são todas as instituições que dão crédito para quem está negativado. Nesse caso, o banco vai avaliar sua situação e movimentação financeira, o quanto você deve, entre outras questões.

• Para valores mais altos, o MEI pode oferecer imóveis (desde que quitados) como garantia;

• Outra opção é usar veículos que estejam no nome do titular e o bem não pode ser vendido antes de pagar o valor total do crédito.

Agora que você já conhece o passo a passo para solicitar um empréstimo ou financiamento para sua empresa, acesse o site da Serasa eCred e consulte seu Score. Assim, você tem mais opções e vantagens com as instituições financeiras para ter o crédito que sua empresa precisa para crescer.

serasaecred.com.br pertence e é operado pela Serasa S. A., uma sociedade anônima sob o CNPJ/MF 62.173.620/0104-95, com domicílio na Rua Dr. Léo de Carvalho, 74 – Sala 1105 – Bairro Velha – Blumenau-SC – CEP 89036-239. A Serasa S.A. não é instituição financeira. Somos um correspondente bancário das instituições: BANCO CBSS S/A – CNPJ: 27.098.060/0001-45, Banco Votorantim S.A. – CNPJ/ME: 59.588.111/0001-03, Banco Pan S.A. – CNPJ: 59.285.411/0001-13, Finamax S./A. – Crédito, financiamento e investimento – CNPJ: 00.411.939/0001-49 e possuímos uma plataforma online (“Serasa eCred”) que facilita o acesso de clientes a produtos e serviços ofertados por instituições financeiras parceiras e credenciadas na plataforma.

Os correspondentes bancários são empresas contratadas por instituições financeiras e demais instituições autorizadas pelo Banco Central do Brasil para a prestação de serviços de atendimento aos clientes e usuários dessas instituições. A atividade de correspondente bancário é regulada pelo Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. Prazo de pagamento: varia de acordo com a Instituição Financeira escolhida, podendo ser entre 3 e 60 meses. Custo Efetivo Total (CET): varia de acordo com a Instituição Financeira escolhida, podendo ser entre 26,76% e 605,85% a.a. Exemplo: Empréstimo de R$5.000,00. Taxa de juros: 3,23% a.m. A pagar em 18 parcelas mensais de R$380,55. Total a pagar: R$6.849,90. IOF incluso: R$134,00. Tarifa: R$0. CET: 52,80% a.a.

O Serasa eCred tem como compromisso a transparência com nossos clientes. Antes de iniciar o preenchimento de uma proposta, serão exibidos de forma clara: a taxa de juros utilizada, tarifas aplicáveis, número de parcelas, impostos (IOF) e o custo efetivo total (CET). Nossa central de atendimento está disponível para esclarecimento de dúvidas sobre quaisquer dos valores apresentados. Serasa Consumidor informa: o Serasa eCred é uma plataforma de comparação de ofertas de crédito 100% gratuita para consumidores.

Não realizamos nenhum tipo de cobrança para apresentar a você as propostas de crédito dos nossos parceiros. Caso receba alguma cobrança, não faça nenhum depósito ou pagamento, e entre em contato com o nosso time de atendimento.