Entrar

Como praticar o consumo consciente no dia a dia?

O consumo consciente pode ser o caminho para gastar o seu dinheiro de forma mais inteligente e sustentável para a sociedade

colunista Veridiana Lopes
Publicado em: 12 de janeiro de 2022.

Que nós vivemos em uma sociedade capitalista você já sabe, mas será que você realmente conhece os reflexos desse regime econômico na nossa vida e hábitos de consumo? Preparamos este conteúdo para você entender como praticar o consumo consciente e a importância desse estilo de vida para a sua saúde financeira e para o mundo.

Se você é um indivíduo com poder de compra, querendo ou não você é um consumista que faz parte da grande cadeia capitalista. Esse sistema conta com uma produção acelerada para garantir que toda sociedade tenha o que precisa, desde produtos e serviços para a manutenção da vida em geral, como alimentos, até itens menos importantes, como uma peça de decoração para a sua casa, por exemplo. Pense em quantas coisas você tem e consome todos os dias. Agora, imagine isso em escala global. É muita coisa, né?

Diferente do consumo consciente, o consumismo é um hábito que está ligado ao consumo imediato de itens que não sejam relacionados à necessidade real de um produto que pode afetar a sua vida. Mas, a partir de agora, você vai entender como superar esse obstáculo que pode afetar a sua vida e as gerações futuras.

Leia também | O que é o poder aquisitivo? Entenda mais sobre esse indicador

Afinal, o que é o consumo consciente?

O consumo consciente nada mais é do que entender e ter consciência de que as escolhas de compra e a forma como você consome pode afetar o mundo.

Por exemplo: você pode comprar uma calça jeans todo mês, mas você entende que o processo para fazer aquela calça, além de afetar o seu bolso, também impactou o ecossistema em que vivemos.

O consumo consciente leva absolutamente tudo em consideração: a escolha da matéria-prima, sua extração, a produção, a mão de obra utilizada, os testes, o ecossistema afetado, as fábricas e indústrias que produzem resíduos… Cada elemento da cadeia de produção é levado em consideração na hora de passar o cartão.

E isso só nos mostra que o papel do consumidor é muito grande quando se trata de sustentabilidade e consciência na hora de consumir, afinal, um consumidor consciente pode transformar todo o processo de produção, educando outras pessoas e exigindo que as empresas sejam cada vez mais sustentáveis em seus processos.

Ser um consumidor consciente permite que você fomente junto com as empresas uma cadeia de produção com desenvolvimento sustentável. Na prática, o desenvolvimento sustentável é capaz de criar uma cadeia que supra as necessidades da geração atual sem comprometer toda a natureza e matéria-prima que atenderá as necessidades das futuras gerações.

A sustentabilidade é uma forma de garantir que você continue consumindo e fomentando o crescimento econômico, sem deixar de lado o dever social de cuidar da sociedade. Tudo isso a partir da conscientização da sociedade para o uso correto dos recursos naturais, de forma que tenhamos uma alternativa viável que promova a uma boa relação entre o consumo, a natureza, a economia e a sociedade. Todos fazendo a sua parte para garantir que o consumo seja mais consciente.

Quais ações você pode tomar para ser um consumidor mais consciente?

Um consumidor consciente tem, principalmente, um pensamento muito mais crítico ao escolher uma marca para comprar ou se tornar cliente, de forma que ela esteja de acordo com os seus valores e atitudes. Afinal, é importante que uma marca tenha missões e valores que estejam de acordo com o seu público-alvo. Algumas dicas que te ajudarão a consumir de forma muito mais consciente são:

Pesquise sobre o histórico da empresa

De nada adianta fazer tudo “certo” para ser um consumidor consciente se você escolhe uma empresa com uma péssima reputação ou um histórico de produção negativo. Por isso, é importante que você entenda se a essa empresa está de acordo com os seus valores pessoais e de acordo com o mínimo de sustentabilidade para produzir seus produtos.

Entenda a diferença entre desejo e necessidade

Através de milhares de recursos de propaganda e persuasão, somos tentados a comprar itens que muitas vezes não precisamos. Uma forma de fugir desses gatilhos é entender a diferença entre desejo e necessidade. Você realmente precisa do que vai comprar ou é só mais um desejo momentâneo?

A diferença entre ambos é a seguinte: necessidade ocorre quando algo é indispensável e essencial para nossa vida e nossa sobrevivência. Água e comida são exemplos. Já o desejo se manifesta quando queremos possuir algo quem no fim das contas, não precisamos para viver. Um celular de última geração e aquela roupa de marca são alguns exemplos.

Saia com uma lista de compras

Quando você se organiza e se planeja, as chances de sair comprando o que encontrar pela frente são muito menores. Por isso, é importante que você tenha uma lista com tudo o que você precisa comprar, com sugestão de preço em cada item e com o valor total que você pode gastar nessa compra. Assim, as chances de você sair do planejamento são bem menores.

Recicle e se preocupe com os descartes do seu consumo

Um padrão muito comum na nossa sociedade é usar e descartar, sem se preocupar para onde esse lixo é destinado. Esse comportamento faz com que as pessoas entrem em um ciclo de consumo que é insustentável para a sociedade.

Por isso, é importante que você faça a sua parte e descarte o seu lixo de forma correta ou mesmo que dê novos destinos a esse descarte, reciclando para novas finalidades.

Ser consciente e sustentável é essencial caso queiramos garantir que no futuro as pessoas que amamos também tenham suas necessidades atendidas. Mas isso só acontecerá se cada um fizer a sua parte ao consumir conscientemente.

O consumo consciente, inclusive, é uma forma de evitar dívidas e outros a desafios que podem afetar a sua saúde financeira. Para entender como economizar mais, leia este artigo sobre como economizar dinheiro ganhando pouco.