Entrar

Aprenda a trocar a senha da internet Wi-Fi

Saiba como trocar a senha da internet Wi-Fi pelo computador ou pelo celular smartphone para garantir um código forte.

Colunista marlise brenol
Publicado em: 30 de junho de 2022.

Se você é usuário ativo da internet, sabe a importância de utilizar senhas fortes nas suas contas. As senhas fortes são aquelas que contêm letras, números e caracteres especiais, em uma combinação não identificável. Esta escolha é uma tática para aumentar a segurança e a privacidade. Ainda assim, a recomendação é trocar a senha da internet com regularidade.

No caso de internet Wi-Fi por roteador em casa ou no ambiente de trabalho, é possível definir e redefinir senhas para limitar o acesso e garantir que apenas as pessoas autorizadas utilizem a banda larga contratada. Muitas vezes, na instalação do serviço, os técnicos escolhem senhas facilmente decifráveis, o que pode provocar o acesso indesejado de terceiros.

Quando as senhas padrão são instaladas e ficam por um longo tempo, elas podem ser quebradas sem autorização do titular. Isso acontece quando um vizinho aproveita a brecha e utiliza a banda de conexão disponível, ou um funcionário descobre a senha e repassa a outros ou mesmo quando há a intenção de provocar dano como uma invasão hacker.

Leia também | Por que você deve se preocupar com a proteção de dados?

Como criar uma senha forte

O cuidado com a senha tem de ser o mesmo com a chave da sua casa ou do seu carro. Se você perde ou outra pessoa consegue uma cópia, você sabe que poderá ter sua privacidade invadida, seus bens roubados e outros inconvenientes. Portanto, uma senha forte protege a segurança de suas informações pessoais, seus e-mails, arquivos e demais itens.

A senha forte é aquela que contém uma combinação de letras, números e símbolos ou caracteres especiais. Por mais tentador que seja combinar uma senha com o seu nome ou endereço com números da data de nascimento ou do apartamento, resista! Este tipo de associação costuma ser facilmente identificada e quebrada por robôs hackers.

O portal da empresa Google recomenda que a senha forte possa ser algo fácil de memorizar, mas só para você, para qualquer outra pessoa ela precisa ser quase impossível de adivinhar. Associar uma rua da cidade que você gosta que não é o seu endereço, a um número de sorte que não está relacionado aos seus dados de identificação e a um caractere especial complementar pode ser uma boa alternativa.

Assista | Crie senha forte e proteja suas informações - Serasa Ensina

Mas a verdade é que não existe receita pronta, a senha deve ser pessoal e intransferível, portanto, só você deve saber a regra adotada para lembrar a combinação. Existem várias maneiras de tornar uma senha segura. O ideal é unir o máximo de dicas possíveis, tornando a segurança ainda maior. Abaixo, oito pontos de atenção.

1) A regra de ouro das senhas seguras é: quanto mais longa, melhor;
2) Evite usar palavras da maneira como estão escritas no dicionário, como “amor” ou “amizade”, escreva 4m0# ou 4m!z4d$;
3) Evite sequências simples, como “123456” ou “abcdef”;
4) Misture letras maiúsculas, minúsculas, letras e símbolos;
5) Uma boa ideia é escolher uma frase e, por meio de substituições, torná-la uma senha segura, como por exemplo: “Euamomeucachorro” poderia ser “3u_4m0_m3You_c4ch0r#0”;
6) Não use a mesma combinação em mais um cadastro;
7) Adote como regra a troca periódica de senhas;
8) Opte pela autenticação de dois fatores, nos casos aplicáveis.

Como mudar a senha de internet Wi-Fi

Muitos são os motivos para você trocar a senha da internet Wi-Fi e você poderá utilizar tanto o computador como o smartphone para isto. O passo a passo pode ter pequenas alterações em diferentes sistemas operacionais, mas em todos eles você precisará saber o IP do seu aparelho. O processo pode levar um tempinho porque requer atenção.

Pelo computador

1. Descubra o endereço IP do seu roteador

O número de identificação do roteador deve estar em uma etiqueta na parte lateral ou inferior do roteador. Além do IP, ela provavelmente mostre o nome e a senha padrão da rede.

2. Acesse as configurações do roteador

Assim que você descobrir o endereço IP do seu roteador, copie e cole na barra de endereços do seu navegador e tecle “Enter”. O mesmo caminho feito para acessar um site qualquer.

O próximo passo pode variar de acordo com a sua operadora de internet ou com o fabricante do seu modem/roteador. Há serviços que já abrem a página do prestador de serviço, outros vão solicitar mais informações do cliente.

3. Troque o nome da rede e a senha do roteador

Com acesso às configurações do seu roteador no computador, você poderá alterar a senha e até mesmo o nome da rede. Mas esteja atento, pois as instruções podem variar conforme o fabricante do roteador. Nas marcas mais usuais, funciona da seguinte forma:

• Entre em “Interface Setup” ou “Basic Settings”;
• Clique em “Wireless” ou “Sem fio”;
• Vá até a seção “WPS Settings” e altere o nome que estiver na linha
correspondente a “SSID”, se quiser;
• Siga para a seção “WPA2-PSK”;
• Insira a sua nova senha no campo “Pre-Shared Key”;
• Pressione o botão “Salvar” e pronto!

Pelo celular

O primeiro passo é descobrir o número do IP do seu roteador, normalmente acessível em uma etiqueta na lateral ou atrás do dispositivo. Neste mesmo local, deve estar o login e a senha. Com o endereço de IP em mãos siga os seguintes passos:

1) Abra o aplicativo de internet do smartphone, como o Google Chrome ou Safari;
2) Digite o IP do seu roteador na barra de navegação, como se fosse acessar um site qualquer;
3) Digite o login do usuário e a senha;
4) Na tela, toque em “Configurações de Wi-Fi” e, em seguida, “senha de rede Wi-Fi”
5) Apague a atual e digite a nova senha;
6) Clique em “Salvar”.

Este passo a passo pode não funcionar na mesma nomenclatura para todos os tipos de dispositivos e sistemas operacionais. Além disso, dependendo da fabricante do roteador, o processo pode ser diferente em uma etapa ou outra. Portanto, se não funcionar, procure informações técnicas no site da fabricante do seu equipamento e/ou no manual de instruções.

O importante é não desistir de cuidar da segurança dos seus dados e manter senhas fortes. Isso porque mesmo com toda cautela pode acontecer de sua senha vazar em um incidente na internet e seus dados serem acessados e usados por terceiros. Nestes casos, se você for assinante do Serasa Premium, poderá ser alertado para alterar os dados de evitar que o problema se agrave.