Entrar

Como proteger meu CPF? 7 formas de evitar fraudes

Como proteger meu CPF? Você já se perguntou sobre isso? Garantir a segurança dos seus dados é fundamental para não cair em fraudes. Saiba mais!

Foto elaine ortiz
Publicado em: 04 de março de 2022.

Como proteger meu CPF? Você já se perguntou sobre isso? Em tempos onde roubo de dados pela internet e fraudes não param de crescer, descobrir como se blindar deste problema é muito importante. Quer entender mais? Continue a leitura!

Como proteger meu CPF e ficar livre de fraudes?

Imagine a surpresa desagradável de receber um telefonema de cobrança de uma dívida que você não fez. Em um primeiro momento, você pode pensar que foi só uma ligação por engano. Só que as cobranças continuam persistindo e você não reconhece o valor que estão te cobrando. Esse é o pesadelo que vive a pessoa que teve o CPF usado por estelionatários. Terrível, não?

Mas a boa notícia é que proteger CPF contra fraudes é mais simples do que parece e hoje em dia existem recursos que podem te ajudar, e muito, neste monitoramento. Confira, abaixo, 7 cuidados importantes que você deve ter para evitar esse transtorno na sua vida.

Leia também | 4 Golpes Financeiros Comuns na Pandemia

7 dicas para proteger CPF contra fraudes

Proteger CPF é uma preocupação que todos deveriam ter. Afinal, no Brasil, segundo estimativa feita pela Serasa, uma tentativa de fraude ocorre a cada sete segundos. Em setembro de 2021, 3,1 milhões de ocorrências foram registradas, aumento de 22% em comparação com o mesmo período do ano passado. Portanto, confira as dicas abaixo para proteger CPF contra fraudes.

1 – Mantenha seus documentos por perto

Sempre que estiver no caixa de uma loja, não permita que levem seus documentos para longe de você. Em algumas situações, os atendentes podem pedir para conferir seus documentos, mas não deixe que eles sejam levados para longe da sua vista – é uma forma de se resguardar contra clonagens.

2 – Desconfie dos testes online

Eles são muito populares, principalmente nas redes sociais. Parecem engraçados e muitas vezes viralizam entre nossos amigos. A questão é que muitos desses testes, na verdade, são iscas para ter acesso a seus dados. Portanto, fique de olho e não ceda à tentação de fazer todo teste que achar engraçado.

3 – Cuidado com sites de compra

Antes de fazer qualquer compra online, cheque a confiabilidade do site em que está navegando. Pesquise sobre a reputação da loja e procure entrar no site direto. Links com redirecionamentos podem te encaminhar para sites corrompidos e que roubam dados.

4 – Atenção ao descartar cartões, documentos e contas

Antes de jogar contas antigas no lixo, cartões vencidos, documentos velhos, notas fiscais, entre outros, rasgue tudo e picote o que for possível. Nunca jogue suas contas no lixo sem rasgá-las em muitos pedaços. Isso evita que o papel caia nas mãos erradas.

5 – Monitore seu CPF

A Serasa oferece um serviço de alerta que te informa a cada vez que houver uma tentativa de fraude com o seu CPF. O custo do serviço é baixo e você tem a tranquilidade de garantir mais segurança ao seu documento. Trata-se do Serasa Premium, serviço com o qual você evita as fraudes antes que elas aconteçam com você. É uma das formas mais eficientes de proteger CPF contra fraudes.

Além disso, você também pode ver o status do seu CPF na Serasa gratuitamente no nosso site ou monitora-lo clicando aqui

6 – Cuidado com e-mails de alerta

Abrir a caixa de entrada e encontrar uma mensagem em tom de alerta sobre uma dívida, nome sujo, entre outros, parece comum. Muitos já mandam até o boleto de cobrança. Mas é importante verificar sempre quem é o remetente do e-mail e entrar em contato com a empresa imediatamente. O melhor é acessar diretamente o site da empresa e verificar por lá se você realmente tem uma conta sem pagamento.

7 – O golpe do prêmio

Mensagens via SMS ou de WhatsApp alertando para um prêmio grande em dinheiro? Essa é outra cilada muito comum usada para roubar seus dados. De um modo geral, informam que você ganhou um prêmio e pedem para que entre em contato. Quando você liga, eles te pedem seus dados e pronto, a fraude está feita.

Leia também | Por que você deve se preocupar com a proteção de dados?

Assista | Como evitar golpes no CPF com Gabriela Prioli

Proteger CPF: por que é importante?

O CPF é o Cadastro de Pessoa Física brasileira. Trata-se de um documento emitido pela Receita Federal, que conta com uma numeração com 11 dígitos e que só pode ser mudado por decisão judicial.

Ele serve para identificar os contribuintes, por isso o número do seu CPF te acompanhará por toda a vida. Ou seja, o CPF identifica cada uma das pessoas nascidas no Brasil. Tanto que, nos últimos anos, os bebês passaram a receber o número do seu CPF quando são registrados no cartório, às vezes com menos de 24 horas de vida.

Assim, o CPF, de forma geral, é sua ficha pessoal e você precisa deste número sempre para provar sua identidade. É por isso que quando você deixa de pagar alguma conta e seu nome fica negativado é o CPF que é consultado, por isso que as pessoas endividadas dizem que estão com o “nome sujo”, com o “CPF negativado”.

É também o CPF que é utilizado para consultar o Score, que é a pontuação de crédito que diz ao mercado se você costuma pagar suas contas em dia ou não. O CPF é ou não muito importante? É por isso que proteger CPF contra fraudes é tão fundamental.

Como proteger meu CPF ainda é uma dúvida para você ou ficou claro que garantir a segurança dos seus dados é muito importante?

Conheça Serasa Premium

Se você quer ter mais segurança, aproveite para conhecer o Serasa Premium e comece agora mesmo a monitorar seu CPF. Ninguém sabe quando o golpista vai tentar se passar por você. É um cuidado que você precisa ter sempre.