Navegação do blog
  1. Premium
  2. Blog
  3. Golpe Nubank

Golpe Nubank: saiba o que fazer

Conheça os métodos utilizados pelos golpistas para obter acesso às informações financeiras de clientes do Nubank.

Publicado em: 21 de novembro de 2023

Categoria Segurança na internetTempo de leitura: 3 minutos

Texto de: Time Serasa

Ícone do aplicativo móvel Nubank é visto em um iPhone. O Nubank é um neobanco latino-americano com sede em São Paulo, Brasil, e a maior fintech da América Latina.

O Pix ganhou rápida popularidade como meio de pagamento no Brasil. Em julho de 2023 havia mais de 151 milhões de pessoas cadastradas. Quando existe muita procura, há também oportunistas prontos para cometer crimes. A mais recente tática empregada por criminosos é o golpe Nubank, com apelo do “bug do Pix”. Isso porque o crime tem sido direcionado para correntistas do Nubank com bastante frequência.  

Os golpistas disseminam vídeos e mensagens sobre um suposto erro do sistema financeiro nacional e dos bancos. Esse equívoco supostamente permitiria aos usuários receber dinheiro em dobro na conta ao utilizar transferências com chaves aleatórias. Saiba neste artigo como é feita a tentativa desse golpe e como se proteger dele.

Leia também I Por que o monitoramento de CPF previne golpes e fraudes


Assista I Como funciona o Serasa Premium

Como funciona o golpe do bug do Pix

O golpe do bug do Pix funciona da seguinte maneira: criminosos compartilham vídeos e mensagens em redes sociais alegando ser possível realizar uma transferência via Pix e receber o valor em dobro na conta. Alegam falhas no sistema do Pix e nas instituições financeiras. Os golpistas explicam a necessidade de enviar dinheiro para chaves específicas e compartilhar números supostamente funcionais. No entanto, essas chaves pertencem às próprias contas dos criminosos. Ao enviar dinheiro para essas chaves na tentativa de "testar" o bug, as vítimas estão na verdade transferindo os valores aos próprios golpistas.

Não existe o bug do Pix ou das chaves aleatórias. Os criminosos utilizam do apelo e popularidade do Pix e ao mesmo tempo o desconhecimento de muitos consumidores para enganar as pessoas e receber transferências. Os vídeos associados a essa mensagem são editados ou contêm truques. Por exemplo, para demonstrar uma transferência "em dobro" funcionando, os próprios golpistas podem realizar duas transferências, mas mostram apenas uma delas ao filmar. 

Leia também I Como fazer cartão Nubank

O que fazer no caso do golpe do Pix: é possível recuperar o dinheiro?

Ao perceber o golpe, é importante manter a calma e agir com rapidez, comunicar o banco e fazer o registro do boletim de ocorrência na delegacia. Ao identificar a situação de dano, a vítima do golpe deve guardar comprovantes da transferência de dinheiro para a conta dos criminosos.

O Nubank oferece orientações específicas para lidar com a ocorrência:

  1. Mantenha a calma e entre em contato com o Nubank por meio do chat do aplicativo ou ligando para o telefone de atendimento.

  2. Tenha os detalhes das transações, como valores e horários.

  3. Registre um boletim de ocorrência online por meio do site das delegacias online.

  4. Caso a conta do golpista seja do Nubank, envie o boletim de ocorrência completo por e-mail.

  5. Faça uma denúncia sobre os links, telefones ou endereços de e-mail suspeitos usados pelos golpistas.

  6. A equipe do Nubank vai então analisar o caso, bloquear a conta receptora das transferências e tentar recuperar o valor junto à instituição financeira do golpista.

Em alguns casos, pode não ser possível reaver o dinheiro perdido, segundo o banco. O Nubank afirma no site da empresa estar pronto para auxiliar da melhor forma possível em situações de golpe e para oferecer suporte aos clientes afetados.

Leia também I Golpes e fraudes com Pix: saiba como se prevenir

Outras táticas usadas em golpes financeiros

O uso indevido do nome de empresas legítimas, como o Nubank, para aplicar golpes é uma prática fraudulenta comum. Há diferentes táticas aplicadas em golpes pela internet para provocar danos financeiros às vítimas. Conheças alguns:

  • ●      Phishing: golpistas enviam e-mails ou mensagens de texto falsos como se fossem comunicações legítimas do Nubank ou outra instituição, solicitando informações pessoais, como senhas, números de cartão de crédito ou dados de conta. Eles podem usar endereços de e-mail ou números de telefone falsos, imitando os canais de comunicação oficiais das empresas.
  • ●      Vishing: nesse tipo de golpe, os criminosos ligam para as vítimas fingindo serem representantes do Nubank ou de outra instituição financeira. Eles tentam convencer os alvos a fornecer informações pessoais ou sensíveis por telefone, como números de cartão de crédito ou senhas.
  • ●      Aplicativos falsos: fraudadores podem criar aplicativos móveis falsos semelhantes ao aplicativo legítimo do Nubank ou outra instituição. Quando os usuários baixam e usam esses aplicativos, os golpistas podem obter acesso às informações de login e outras informações pessoais.
  • Links maliciosos: golpistas podem compartilhar links maliciosos em redes sociais, mensagens ou e-mails, alegando se tratar de promoções do Nubank ou de atualizações importantes. Esses links podem levar a sites falsos feitos para roubar informações pessoais ou financeiras.

 

Leia também I O Pix é seguro? Entenda como se proteger de golpes

Como se proteger de golpes na internet

Para se proteger de golpes envolvendo o nome do Nubank ou de outras instituições financeiras, é essencial seguir algumas práticas de segurança:

  • ●      Nunca compartilhe informações pessoais ou financeiras por e-mail, mensagem de texto ou telefone, a menos que tenha certeza da autenticidade da solicitação.
  • ●      Verifique sempre o site oficial do Nubank e os canais oficiais de comunicação para confirmar informações ou promoções.
  • ●      Utilize senhas fortes e únicas para contas online.
  • ●      Mantenha os dispositivos atualizados com requisitos de segurança mais recentes.
  • ●      Fique atento a qualquer atividade suspeita em contas bancárias e de cartão de crédito.

 

No caso de suspeita de qualquer atividade fraudulenta ou sobre a autenticidade de uma comunicação de uma instituição bancária, entre em contato diretamente com o Nubank ou outro banco através dos canais oficiais de atendimento ao cliente.

Monitore o seu CPF e navegue com mais segurança

Para não cair em situações como esta, é essencial manter uma atitude preventiva e desconfiar sempre de mensagens que prometem ganho de dinheiro fácil.  E para ficar no controle de sua vida financeira, é importante acompanhar tudo que acontece com seus dados.

Serasa Premium é o serviço de assinatura da Serasa que monitora 24 horas por dia seu CPF e CNPJ, trazendo informações sobre consultas, variação do Serasa Score, vazamento de dados na Dark Web, negativações e muito mais.  

Só com a conta Premium você tem atendimento exclusivo na Serasa e controla se seu Serasa Score pode ou não ser consultado pelo mercado. O Premium avisa sempre que:

  • ●      seu CPF e CNPJ for consultado; 
  • ●      seu Serasa Score variar; 
  • ●      uma negativação* estiver prestes a acontecer (antes do comunicado oficial, que é gratuito e para todos os consumidores); 
  • ●      seus dados vazarem na Dark Web. 
serasa score

*Importante: a Serasa comunica previamente todos os consumidores sobre negativações em seu CPF, sem qualquer custo. O alerta de negativações do Serasa Premium é apenas uma funcionalidade adicional desse serviço (que permite a ciência em tempo real), mas não substitui o comunicado oficial.

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar
Média de avaliação: 3.5 de 5

Artigos relacionados