Entrar

Vazamento de CPF: saiba como se proteger

Saber como evitar o vazamento de CPF e outros dados pessoais é cada vez mais importante. Veja dicas de como se proteger

Foto Vanessa Conulista
Publicado em: 23 de março de 2022.

É cada vez mais comum ouvirmos casos de fraudes e golpes na internet. Por isso mesmo, surgem diversas formas de proteger dados e dicas para evitar problemas. O vazamento de CPF é uma das situações que pode causar problemas para a vítima, como uso do documento para esses golpes.

Segundo o Indicador de Tentativas de Fraude da Serasa, em 2021 houve um aumento de 16,8% nas movimentações suspeitas de fraudes, em relação ao ano anterior. Foram mais 4 milhões de suspeitas.

Esses números mostram que é preciso estar cada vez mais atento e ter conhecimento sobre as formas de proteger os dados pessoais. Nesse artigo você vai descobrir como se proteger do vazamento de CPF e evitar uma dor de cabeça.

Como funciona o vazamento de dados?

Antes de entender como evitar esse problema é fundamental saber quando e porque ocorre um vazamento de dados pessoais. O vazamento de informações de pessoas físicas ou jurídicas acontece quando um invasor que não deveria ter acesso a essas informações consegue acessar uma plataforma ou serviço e acessá-los.

Quando ocorre uma invasão desse tipo, os criminosos costumam vender ou disponibilizar esses dados para outras pessoas. O que pode ocorrer na dark web ou através do envio através de BitTorrent, uma forma de transmissão de arquivos.

Para realizar esses vazamentos, esses invasores podem se utilizar de falhas de segurança nos sistemas de empresas. Outra forma de conseguir essas informações é realizando ataques contra os servidores e banco de dados.

Os alvos mais comuns dos invasores são as grandes empresas. O objetivo desse crime é conseguir vantagens financeiras em troca do não vazamento dos dados. E quando as condições não são atendidas pela empresa atacada, os dados são vazados.

Assim, as pessoas físicas também acabam sendo afetadas pelo vazamento do CPF. Com esse e outros dados pessoais como nome, data de nascimento e endereço, é possível realizar a abertura de contas, compras com o cartão de crédito e até a contratação de empréstimos.

3 dicas para se proteger do vazamento de CPF

No último ano alguns vazamentos ficaram famosos, tendo muita repercussão na mídia. Além disso, quase todo mundo conhece alguém que passou por uma tentativa de golpe nos últimos meses.

Por isso, é fundamental saber como proteger seus dados pessoais e evitar o vazamento do CPF para evitar problemas futuros. Confira as dicas abaixo para não correr esse risco.

1. Verifique o site antes de inserir seus dados

Sempre que for realizar um cadastro dos seus dados pessoais em algum site ou plataforma é preciso saber se esse site é idôneo. Nunca insira seus dados em sites que você não conhece a reputação. Pesquisar sobre a reputação das empresas que solicitam cadastro é uma prática simples que pode evitar o vazamento de CPF.

Para saber se um site é seguro também vale verificar se ao lado esquerdo do endereço do site no navegador aparece um cadeado cinza. Isso garante que o site conta com um protocolo de segurança. No caso de haver um sinal de alerta no cadeado é uma indicação que a segurança desse site não é confiável e você não deve confiar seus dados.

2. Utilize senhas seguras e não divulgue essa informação

Um passo básico é sempre utilizar senhas fortes e não repetidas nos cadastros em sites, plataformas, bancos e aplicativos. As senhas são pessoais e nunca devem ser divulgadas para outras pessoas.

Configurar um segundo fator de autenticação para as senhas também é uma atitude que garante mais segurança.

3. Acompanhe seu CPF de perto

Monitorar as movimentações financeiras e uso do seu nome pode indicar se houve algum vazamento de CPF. Então, estar atento a como os seus dados estão sendo utilizados é fundamental.

Você pode consultar o seu CPF no Registrato, plataforma do Banco Central que permite verificar se houve algum vazamento dos seus dados. Também é possível fazer um monitoramento mais próximo do seu CPF com o Serasa Premium.

Essa ferramenta é capaz de monitorar todos os usos dos seus dados, no Brasil e no mundo e enviar alertas para que você esteja sempre ciente de movimentações suspeitas e possa tomar as medidas necessárias.

Caso não lembre o número do seu CPF para fazer a consulta, é possível consultar seu cpf pelo nome.

O que fazer em caso de vazamento?

Estar atento aos seus dados e a situação do seu nome vai facilitar que você identifique um possível vazamento de CPF. Mas, caso isso aconteça com você, é fundamental saber quais são as medidas que você pode tomar para resolver ou amenizar a situação.

Comunique a instituição financeira

Nessa situação, o primeiro passo é entrar em contato com a instituição financeira onde ocorreu a movimentação suspeita. Por exemplo, se houve uma compra não reconhecida no seu cartão ou uma transferência que você não fez, é hora de falar com o seu banco.

Caso a instituição não dê a atenção devida, você pode registrar uma reclamação direto no Banco Central.

Mude suas senhas

É essencial alterar todas as suas senhas, principalmente as senhas dos bancos e cartões, de e-mail e redes sociais. Também mude as senhas nos sites do governo.

Fique atento a mensagens de desconhecidos

Os dados vazados com o vazamento de cpf podem ser usados para aplicar golpes na internet. Por isso, desconfie de mensagens que quando vierem de pessoas desconhecidas.

Avise a família e amigos

Essas mensagens também podem ter pessoas da sua família ou amigos como alvos. Por isso, é importante avisar as pessoas ao seu redor para que elas também fiquem atentas a mensagens, que podem vir de um whatsapp clonado, por exemplo.

Continue acompanhando seu CPF

Como dissemos, ficar de olho no que ocorrer com os seus dados é o mais importante para evitar grandes perdas em caso de vazamento de CPF. Embora seja algo grave, é possível correr menos risco quando você está sempre ciente de como suas informações pessoais são utilizadas.

Para ter mais segurança e tranquilidade você pode contar o Serasa Premium. Assim, sempre que houver alguma movimentação ou uso do seu nome você será alertado. Além disso, você também pode bloquear o acesso ao seu score de crédito. Isso é importante porque esse é um dos itens avaliados pelos hackers para escolher suas vítimas.