Entrar

Como ficar milionário: é possível sonhar?

Como ficar milionário é a principal dúvida daqueles que buscam o primeiro milhão. É possível sonhar? Neste artigo falamos sobre o tema.

colunista Fabiana Ramos
Publicado em: 26 de julho de 2022.

Quem nunca sonhou em alcançar a tranquilidade financeira e ter dinheiro no banco para usar como e onde quiser? Muitas pessoas se perguntam como ficar milionário. Se você também alimenta esse sonho e cultiva essa curiosidade, preste atenção neste post com dicas e orientações para uma vida econômica mais tranquila.

Ah, antes, precisamos lembrar que a busca por uma vida financeira mais estável aumenta a probabilidade de aumentar o seu Serasa Score. Afinal, quanto menor o endividamento e maior a riqueza, maior a possibilidade de pagar contratos de crédito em dia.

Assista ao vídeo e saiba o que ajuda a manter ou alcançar um bom Score.

É possível ficar milionário da noite para o dia?

A primeira coisa que você precisa saber é que essa história de como ficar milionário rápido ou como ficar milionário em um dia não existe. Só se você tiver muita sorte e ganhar na Mega Sena acumulada. No entanto, as chances de isso acontecer com a aposta mínima de R$4,50 é uma em 50 milhões. E na Quina da Mega Sena a chance é de uma em 150 mil. Ou seja, tem de ser de fato sortudo para acertar todos os números.

No entanto, há sim a possibilidade de se tornar milionário em médio e especialmente longo prazo, desde que com foco muito ajustado e um planejamento bem aguçado. Quer saber como?

1. Organize e monitore as finanças

Se você sonha em ficar milionário aprenda, desde cedo, que organizar as finanças é essencial. Se você não souber gerenciar o dinheiro, dificilmente terá sucesso em seus projetos. Aprender a cuidar do dinheiro é o primeiro passo para acumular patrimônio.

E não estamos falando apenas de planilhas ou aplicativos, mas sim de checar rotineiramente o extrato bancário, por exemplo, para verificar a saúde financeira. Você acha um exagero checar a sua conta corrente? Saiba que a maioria das pessoas não têm o costume de acompanhar com atenção o extrato bancário – e, quando fazem isso, se surpreendem com o rombo do cheque especial.

2. Gaste menos do que ganha

É fundamental prestar atenção em como se gasta o próprio dinheiro. Se você tem esse costume, saiba que está no caminho certo. Para cumprir esse objetivo é preciso anotar tudo o que você gasta, para só assim descobrir onde está indo o que você ganha. Nós já falamos por aqui sobre a importância de ter um planejamento financeiro, lembra?

É preciso ficar atento aos seus gastos fixos e variáveis, mas principalmente aos gastos supérfluos, pois esses são os grandes vilões para as finanças pessoais. Uma boa dica é usar aplicativos e planilhas modernas. Porém, você pode ter controle financeiro mesmo que isso seja anotando num planner para imprimir ou em um simples caderno.

3. Poupe um pouco do que você ganha

O ideal é poupar pelo menos 10% do que se ganha. Entretanto, se isso não for viável e factível, pode começar economizando 5%. O mais importante é traçar metas para tornar a poupança uma realidade. Como dizem os avós, “de grão em grão a galinha enche o papo”. É exatamente assim.

Também é importante estudar e aprender o máximo que puder sobre finanças pessoais para saber como é possível alimentar o sonho de se tornar milionário. Pois, a riqueza só vem depois da disciplina econômica rígida. Os investidores mais bem informados são os que aproveitam as melhores oportunidades e evitam problemas financeiros básicos.

4. Procure por outras fontes de renda

Para acumular riqueza é preciso procurar por fontes alternativas de renda. Quer um exemplo?

Imagine que você é um professor de inglês e resolve preparar uma apostila exclusiva para a venda. Você pode dar aulas para os seus alunos regulares e nas horas vagas fazer um posicionamento no Instagram. Se você tiver 3.000 seguidores e conseguir vender pelo menos 300 apostilas (10% de seus seguidores) a R$25,00 cada, você terá no final de um mês R$7.500,00. Em um ano, você terá arrecadado R$ 90 mil extra.

Se se dedicar ainda mais, pode aumentar tanto o número de seguidores como o de vendas de apostilas. Se fizer 500 vendas mensais, por exemplo, em 12 meses terá acumulado R$ 150 mil em sua conta.

Para conseguir esse resultado é fundamental, porém, aprender a se posicionar na Internet, a estudar e a trabalhar o seu marketing pessoal. O seu público precisa confiar em você para comprar o seu produto.

5. Invista as suas economias

Outra maneira de acumular dinheiro é investir. Há dezenas de maneiras de investir e vai investir melhor quem se informar mais, quem aprender mais sobre o tema. A primeira e mais básica opção é a Poupança.

Ela é uma forma de estimular o cuidado financeiro, mas é um investimento cuja rentabilidade costuma ser desbastada pela inflação, o que faz o dinheiro perder poder de compra.

6. Busque outros investimentos

Há vários modelos de investimentos no mercado. Confira as opções:

Certificado de Depósito Bancário (CDB)

O CDB é um título de renda fixa emitido por bancos para captar recursos no mercado. Na prática, é como se você emprestasse o seu dinheiro para o banco e, em troca, ele lhe pagasse juros ao final do período combinado. Essa modalidade de investimento é considerada segura e até conservadora. E você pode investir em títulos emitidos por bancos menores, o que poderá ser um bom negócio.

A rentabilidade do Certificado de Depósito Bancário é definida por uma porcentagem da taxa DI ou taxa do CDI, que representa o valor cobrado quando os bancos emprestam dinheiro entre si. Você está preocupado e tem pouco dinheiro? Pode começar aplicando apenas R$100,00.

Tesouro Direto

É possível investir no Tesouro Direto pelo site do Governo Federal. Para isso, você deverá escolher uma instituição financeira de sua confiança para lhe auxiliar nesse tipo de investimento. Pode ser, por exemplo, uma corretora. A empresa é quem fará o seu cadastro no Tesouro Nacional. Em seguida, você receberá uma senha de acesso por e-mail e deverá:

• Acessar o Portal do Investidor;
• Colocar a sua senha e a substituir por uma nova;
• Escolher uma senha que tenha entre 8 a 16 dígitos;
• Incluir números, letras e caracteres especiais.

No site do Tesouro Nacional você poderá seguir esses passos:

• Clicar em “Investir e resgatar”;
• Clicar em “Investir”;
• Visualizar todos os títulos disponíveis para a compra;
• Escolher os seus títulos;
• Preencher o valor que deseja investir em cada um.

Por último, clique em “Continuar” e confirme os títulos e valores da sua aplicação. Caso precise revisar algum dado, clique em “Editar” ou “Cancelar”. Você receberá a confirmação por e-mail.

Fundos Imobiliários

Outra maneira de investir é em fundos imobiliários. Um Fundo de Investimento Imobiliário é formado por um grupo de pessoas que têm o objetivo de investir em ativos imobiliários. Ou seja, é um investimento realizado através da Bolsa de Valores.

Nele, o investidor compra 1 ou mais cotas do Fundo. Com esse tipo de investimento, ele pode ganhar dinheiro através da valorização da cota ou com a distribuição de rendimentos. Normalmente, as pessoas investem em empreendimentos como prédios, shoppings e até galpões logísticos.

Entretanto, também é possível fazer outros investimentos ligados a imóveis. Assim, alguns investem em títulos imobiliários como Letras de Crédito Imobiliário ou Certificados de Recebíveis Imobiliários ou até mesmo cotas de outros Fundos Imobiliários.

Para fazer esse tipo de investimento, você deverá:

• Escolher uma boa corretora de valores;
• Abrir uma conta nessa corretora;
• Transferir o seu dinheiro para essa conta;
• Escolher o Fundo Imobiliário;
• Investir.

Fundos de investimento

Os chamados Fundos de Investimento são uma modalidade coletiva de aplicação. Há vários tipos de fundos e a maioria é registrada na Comissão de Valores Mobiliários. Esse fundo reúne o dinheiro de várias pessoas que são conhecidas como cotistas.

A diferença é que esse tipo de investimento conta com um gestor que aplicará esses recursos em diferentes investimentos, dependendo da proposta do Fundo. Além disso, em vez de investir no Tesouro Direto, você compra as cotas do Fundo e, este, através do gestor é quem comprará o título do Tesouro.

Sobre os tipos de Fundos de Investimento, podemos citar:

• Fundos de ações;
• Fundos cambiais;
• Fundos de curto prazo;
• Fundos de Renda Fixa;
• Fundos Mistos;
• etc.

7. Mantenha a disciplina

Esse é o melhor caminho para acumular riqueza e poder sonhar em ficar milionário. Apenas com disciplina é possível ter o hábito de poupar e fazer gastos conscientes. Porém, não há uma fórmula única ou específica para alcançar a disciplina financeira. Trata-se de um hábito que a pessoa adquire aos poucos durante a longa jornada de investimentos.

Para manter a disciplina, crie objetivos claros em sua mente. Dessa maneira se sentirá mais motivado para poupar e investir nos melhores fundos para alcançar a sua tranquilidade financeira. Quanto melhor a sua educação financeira, mais organizado você será e mais rápido você poderá alcançar seus objetivos.

Quer conhecer outras formas de aumentar a sua renda?

Acesse o próximo post e aprenda como ganhar dinheiro em casa!