Entrar

Antecipar FGTS: o que é preciso saber para fazer o adiantamento

Já é possível fazer o adiantamento do FGTS! Confira os limites e as condições e veja se vale a pena antecipar o seu

colunista Fabiana Ramos
Publicado em: 26 de abril de 2022.

A vida de muitos brasileiros ficou financeiramente mais difícil depois da pandemia que ainda estamos vivenciando. Muitas pessoas perderam seus empregos ou tiveram a sua renda diminuída, e antecipar FGTS pode ser uma das estratégias para se conseguir uma renda extra durante este período.

Para haver esta possiblidade, o trabalhador precisa ter aderido à modalidade Saque-Aniversário FGTS, podendo adiantar alguns períodos de recebimento como uma forma de empréstimo.

A antecipação já é possível desde o ano 2000, mas ainda existem dúvidas sobre ela, havendo até mesmo pessoas que desconhecem por completo a existência deste direito. Continue sua leitura para saber mais a respeito.

O que significa antecipar FGTS?

Em 2019, o Governo Federal liberou a possibilidade para que todos aqueles que trabalham ou que já tenham trabalhado sob o regime da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) pudessem aderir à modalidade de Saque-Aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que permite a retirada de parte do saldo depositado nesta conta (ativa ou inativa), todos os anos, no mês de aniversário do trabalhador.

A opção pelo Saque Aniversário pode ser feita no site FGTS Caixa, nas agências, no Internet Banking Caixa, no App FGTS ou no App CAIXA Tem.

Antecipar FGTS significa a possibilidade de receber, de forma antecipada, o valor de algumas parcelas do Saque-Aniversário. Ou seja, trata-se de um empréstimo em que o trabalhador pode receber imediatamente uma quantia que demoraria para chegar às suas mãos.

Assista | FGTS: quem tem direito e como pegar empréstimo?

Quais são os requisitos para antecipar FGTS?

Uma vez que a escolha pela modalidade Saque-Aniversário tenha sido feita, ainda é necessário observar os seguintes requisitos:

• Ter mais de 18 anos ou ser emancipado
• Ter saldo em conta ativa ou inativa do FGTS, dentro dos valores mínimos para contratação
• Autorizar a instituição financeira onde será contratada a antecipação a consulta às informações do FGTS
• Estar com o CPF regular na Receita Federal

É importante lembrar, todavia, que a adesão ao Saque-Aniversário impossibilita o saque-rescisão caso o trabalhador seja demitido, mesmo que sem justa causa. É possível, no entanto, o saque da multa rescisória de 40% sobre o valor do saldo, paga pelo empregador.

Como funciona a antecipação do FGTS na prática?

A antecipação do FGTS funciona como um empréstimo consignado. A quantidade de parcelas a ser adiantada depende das regulações de cada instituição financeira.

Inicialmente, a ideia era de que a antecipação fosse limitada a três Saques Aniversário, porém, ficou decidido que o saldo da conta FGTS ficaria totalmente liberado, e as condições da operação foram repassadas às partes envolvidas: cliente e instituição financeira.

Pela Caixa Econômica Federal, por exemplo, é possível antecipar até 5 parcelas anuais do FGTS, ou seja, o trabalhador pode receber o valor total dos 5 próximos anos do Saque-Aniversário de uma só vez.

Com isso, o valor é descontado do saldo da conta de FGTS do trabalhador, na data da parcela anual prevista para a modalidade. Mas, como a garantia do pagamento desse empréstimo é o saldo já existente em conta, os juros cobrados por esse empréstimo são bem mais baixos do que os praticados em outras linhas de crédito.

Porém, é preciso ficar atento, pois, como o saldo do FGTS serve como uma garantia desse empréstimo, ele ficará bloqueado até a data do pagamento total da dívida.

Valores mínimos para antecipar FGTS

Uma vez entendido que a quantia a ser antecipada sempre dependerá do valor que o trabalhador pode sacar no Saque-Aniversário, fica claro que que essa quantia não é igual para todas as pessoas. Isso significa que não existe um valor padrão definido para a antecipação, e cada caso será avaliado individualmente.

O valor mínimo para a antecipação também depende de cada instituição financeira. Pela Caixa Econômica, esse mínimo é de R$ 500, sendo necessário observar os limites de saldo, as alíquotas e as parcelas adicionais, de acordo com a tabela abaixo.

O trabalhador também pode fazer o empréstimo de uma única parcela do FGTS. Mas, nesse caso, a quantia mínima exigida pela Caixa é de R$ 2000.

O trabalhador também pode fazer o empréstimo de uma única parcela do FGTS. Mas, nesse caso, a quantia mínima exigida pela Caixa é de R$ 2000.

Como contratar a antecipação do FGTS na Caixa Econômica?

Após a adesão ao Saque-Aniversário, o trabalhador deve acessar sua conta de FGTS pelo APP FGTS ou site FGTS Caixa. Deve também autorizar a Caixa a consultar o seu FGTS. Em seguida, deverá acessar ao Internet Banking Caixa e seguir os passos abaixo:

• Clique na opção crédito e escolha Empréstimo Antecipado Saque-Aniversário;
• Caso opte por fazer uma Simulação, o trabalhador poderá verificar o valor total do empréstimo, de acordo com o saldo atual;
• Confirme os dados cadastrais e o restante das informações;
• Insira a assinatura eletrônica e confirme para concluir a solicitação.

A tela seguinte vai exibir o comprovante do seu empréstimo e, no dia seguinte, o dinheiro estará disponível na conta do cliente.

Existe possibilidade de antecipar FGTS em outras instituições bancárias?

Caso o trabalhador que queira fazer o adiantamento do FGTS não seja correntista da Caixa Econômica Federal, não há problema. Desde junho de 2020, todos os bancos e instituições financeiras foram autorizados a operar esta linha de crédito, que, aliás, é bastante semelhante com a antecipação da restituição do Imposto de Renda.

Inclusive, no Serasa eCred, é possível antecipar até sete saques do FGTS, com juros bastante atrativos.

Qual o valor que ficará bloqueado na conta FGTS do trabalhador?

O valor bloqueado será o mesmo do valor correspondente ao crédito concedido, devendo ser repassado pela Caixa Econômica à instituição que concedeu o empréstimo, uma vez ao ano, exatamente como acontece com a antecipação do Imposto de Renda.

Agora, com base em todas as informações passadas, cabe ao trabalhador analisar a sua situação atual e optar ou não pela antecipação do seu FGTS.

serasaecred.com.br pertence e é operado pela Serasa S. A., uma sociedade anônima sob o CNPJ/MF 62.173.620/0104-95, com domicílio na Rua Dr. Léo de Carvalho, 74 – Sala 1105 – Bairro Velha – Blumenau-SC – CEP 89036-239. A Serasa S.A. não é instituição financeira. Somos um correspondente bancário das instituições: BANCO CBSS S/A – CNPJ: 27.098.060/0001-45, Banco Votorantim S.A. – CNPJ/ME: 59.588.111/0001-03, Banco Pan S.A. – CNPJ: 59.285.411/0001-13, Finamax S./A. – Crédito, financiamento e investimento – CNPJ: 00.411.939/0001-49 e possuímos uma plataforma online (“Serasa eCred”) que facilita o acesso de clientes a produtos e serviços ofertados por instituições financeiras parceiras e credenciadas na plataforma.

Os correspondentes bancários são empresas contratadas por instituições financeiras e demais instituições autorizadas pelo Banco Central do Brasil para a prestação de serviços de atendimento aos clientes e usuários dessas instituições. A atividade de correspondente bancário é regulada pelo Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº. 3.954, de 24 de fevereiro de 2011. Prazo de pagamento: varia de acordo com a Instituição Financeira escolhida, podendo ser entre 3 e 60 meses. Custo Efetivo Total (CET): varia de acordo com a Instituição Financeira escolhida, podendo ser entre 26,76% e 605,85% a.a. Exemplo: Empréstimo de R$5.000,00. Taxa de juros: 3,23% a.m. A pagar em 18 parcelas mensais de R$380,55. Total a pagar: R$6.849,90. IOF incluso: R$134,00. Tarifa: R$0. CET: 52,80% a.a.

O Serasa eCred tem como compromisso a transparência com nossos clientes. Antes de iniciar o preenchimento de uma proposta, serão exibidos de forma clara: a taxa de juros utilizada, tarifas aplicáveis, número de parcelas, impostos (IOF) e o custo efetivo total (CET). Nossa central de atendimento está disponível para esclarecimento de dúvidas sobre quaisquer dos valores apresentados. Serasa Consumidor informa: o Serasa eCred é uma plataforma de comparação de ofertas de crédito 100% gratuita para consumidores.

Não realizamos nenhum tipo de cobrança para apresentar a você as propostas de crédito dos nossos parceiros. Caso receba alguma cobrança, não faça nenhum depósito ou pagamento, e entre em contato com o nosso time de atendimento.