Você sabe o que é CDI? Quem quer começar a investir certamente vai se deparar com essa e muitas outras siglas que fazem parte desse universo, mas que podem confundir aqueles que ainda não têm muito conhecimento sobre o tema.

Pensando nisso, preparamos este artigo para te ajudar a entender o que é CDI e como esse indicador funciona. Continue a leitura!

O que é CDI?

Para entender melhor o que é CDI e como ele funciona, é importante entender o que essa sigla significa: Certificados de Depósito Interbancário.

Trata-se de uma taxa com lastro em operações realizadas entre instituições bancárias. Ou seja, são títulos que as instituições financeiras emitem, com o objetivo de transferir seus recursos para outra instituição. Esta emissão geralmente dura um curto período.

Para entender de maneira resumida o que é CDI, a taxa funciona como um empréstimo entre as instituições financeiras.

O termo serve como referencial para o rendimento de quem atua com investimentos de Renda Fixa, como o CDB, LCI e LCA. Por isso, quem deseja entender com mais profundidade o universo dos investimentos precisa saber o que é CDI e como ele funciona.

A taxa CDI, ou taxa DI, como também é conhecida, possui a característica de um título comum. No entanto, a negociação é feita apenas de banco para banco. Ou seja, ela funciona no mercado interbancário para fechar o caixa do dia no positivo.

Como funciona o CDI na prática?

Para você entender melhor o que é CDI, precisa saber como ele funciona e por que existe.

O Banco Central exige que, todos os dias, os bancos encerrem o expediente com o caixa no azul, ou seja, com mais dinheiro entrando do que saindo. No entanto, nem sempre isso acontece. Isso porque o número de depósitos pode ter sido menor que o número de saques realizados, por exemplo.

Em casos assim, para não encerrar o dia com saldo negativo, os bancos fazem empréstimos para cobrir essa diferença. Os valores vêm de outros bancos, que recebem juros por esse tipo de transação. E estes juros são calculados pela taxa CDI. Por isso, o CDI é classificado como uma taxa de juros do mercado financeiro.

Sua principal característica é acompanhar a variação da taxa Selic (a taxa básica de juros da economia) e representar as condições de liquidez (variações) do mercado.

Quais são os impactos do CDI na economia e nos investimentos?

Agora que você já sabe o que é CDI, deve estar se perguntando como ele influencia a economia. Como já mencionamos, ele movimenta as instituições financeiras, já que é uma transação feita entre os bancos.

Digamos que quando há uma restrição ao crédito para o mercado em geral, os consumidores passam a realizar muito mais saques do que depósitos. Dessa forma, os empréstimos passam a acontecer em um volume muito maior.

Além disso, há uma norma que determina que o CDI e a Selic sejam equiparados. Com isso, ele também é impactado pela situação econômica. Afinal, quanto maior for o indicador, maior é a dificuldade de acesso ao crédito e maiores são os sinais de crise financeira.

Já nos investimentos, a taxa CDI faz com que eles sejam mais ou menos rentáveis. Isso porque, quando falamos de títulos privados, existem índices que acompanham esse valor, como por exemplo o Certificado de Depósito Bancário (CDB) e a Letra de Câmbio Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA). Estas opções variam com uma porcentagem do índice e podem, até mesmo, ultrapassar 100% do CDI.

Por que o CDI pode ser mais vantajoso que a poupança?

Um cidadão comum não pode investir no CDI, mas os bancos usam a taxa para regular quanto rendem alguns tipos de investimento. Neste caso, quando o investidor faz uma aplicação de Renda Fixa, como o CDB, por exemplo, o rendimento é pago com base na taxa CDI.

Atualmente, a caderneta de poupança, um dos investimentos preferidos dos brasileiros, têm rentabilidade muito baixa se comparada às aplicações em Renda Fixa. Isso acontece porque a poupança rende em geral o equivalente a 70% da taxa Selic.

Como a Taxa Selic está em patamares baixos, a rentabilidade anual da poupança chega a perder da inflação. Por isso, ela tem se tornado menos vantajosa para quem não necessita retirar o dinheiro em um curto prazo.

Considerando tudo isso, se você tem certeza de que uma determinada quantia não será usada agora, é muito mais interessante e rentável aplicá-la em um CDB.

O que significa render 100% do CDI?

Agora que você já sabe o que é CDI, fica muito mais fácil entender o significado da frase “render 100% do CDI”, muito utilizado nas ofertas de investimentos.

Basicamente, isso quer dizer que determinado investimento terá o mesmo rendimento se for aplicado durante determinado período. Ou seja, se o CDI é de 2,4%, o dinheiro renderá esses mesmos 2,4% pelo mesmo período.

No entanto, é necessário estar ciente de que, caso a taxa sofra variação, o valor da remuneração também irá variar de acordo com essa alteração. Por isso, é muito importante analisar com muito cuidado seus investimentos baseados na taxa CDI, afinal, nem sempre as maiores porcentagens do CDI terão como resultado os melhores rendimentos.

Para você entender melhor, vamos analisar o rendimento da taxa CDI em 2020. Em dezembro, o ano fechou em 0,16%, ou seja, de janeiro até dezembro, o CDI 2020 acumulado foi de 2,75%. Portanto, 100% do CDI neste período é equivalente a 2,75%.

Agora que você já sabe o que é CDI, como ele funciona e como impacta o mercado e seus investimentos, já sabe da importância de acompanhar as notícias sobre essa taxa no dia a dia, né?

Para quem investe, prestar atenção na evolução do CDI e outros indicadores é essencial para entender o rendimento de cada contrato e onde estão as melhores oportunidades.

Por outro lado, para quem não investe, também é importante entender sobre o assunto, já que o CDI também pode influenciar as opções de crédito que as instituições oferecem aos consumidores.

Por fim, uma última dica: antes de começar a investir, lembre-se de quitar suas pendências financeiras, pois os juros das dívidas em atraso normalmente são muito maiores do que o rendimento que seus investimentos podem trazer. Com o Serasa Limpa Nome, você pode consultar e negociar suas dívidas com até 90% de desconto e em até três minutos, sem sair de casa. Acesse a plataforma e confira as ofertas de negociação disponíveis para você!

Consulte grátis o seu Serasa Score!

VEJA AGORA SUA PONTUAÇÃO.

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora