Navegação do blog
  1. Limpa Nome Online
  2. Blog
  3. Oneomania Doenca Do Consumo Compulsivo Que Afeta As Financas

Oneomania: doença do consumo compulsivo que afeta as finanças

Entenda o que é oneomania e o que fazer para recuperar a saúde financeira.

Atualizado em: 18 de abril de 2024

Categoria Negociar dívidaTempo de leitura: 10 minutos

Texto de: Time Serasa

bolda cheia de coisas

O consumismo é algo que se espalha pelo mundo, e nesse contexto a oneomania é uma questão séria e que afeta um número crescente de indivíduos. Caracterizada pela compulsão incontrolável de comprar, a oneomania não é apenas um hábito de gastar sem pensar, mas um transtorno psicológico complexo que pode levar a consequências devastadoras, tanto no aspecto financeiro quanto no emocional..

A busca incessante por novas aquisições, muitas vezes, esconde problemas como baixa autoestima, ansiedade ou depressão, tornando-se um ciclo vicioso difícil de quebrar.

Este artigo explica o que é oneomania, como identificar e saber quando é necessário procurar ajuda.

Oneomania: o que é

Conhecida cientificamente como Transtorno de Compra Compulsiva (TCC), essa condição é um distúrbio comportamental caracterizado pela aquisição incessante e descontrolada de produtos.

Enquanto algumas pessoas veem no ato de comprar uma forma de recompensa ou celebração, para outras representa uma luta constante contra impulsos que podem levar a consequências devastadoras.

O comprador compulsivo experimenta uma breve euforia seguida de remorso, tristeza e culpa. Com a ascensão das plataformas de e-commerce, nunca foi tão fácil ceder aos impulsos de compra. Essa conveniência, porém, pode ser extremamente prejudicial para pessoas que lutam contra a oneomania (ou oniomania).

Sinais de alerta de oneomania

Identificar a oneomania pode ser desafiador, dada a naturalização do consumo excessivo em muitas culturas. No entanto, alguns sinais podem indicar a presença deste transtorno:

  • ●     Compras como mecanismo de enfrentamento: usar o ato de comprar para lidar com emoções negativas ou como forma de escapismo.
  • ●     Sentimentos pós-compra: sentimentos de culpa, vergonha ou arrependimento seguidos de compras, sem uma diminuição correspondente no comportamento de compra.
  • ●     Dificuldades financeiras: incorrer em dívidas, comprometer fundos alocados para necessidades básicas ou tomar dinheiro emprestado para financiar compras.
  • ●     Problemas de relacionamento: ter conflitos com entes queridos devido ao comportamento de compra ou esconder compras para evitar confrontos.
  • ●     Acúmulo de itens não utilizados: possuir grande quantidade de itens não usados ou com etiquetas, muitas vezes comprados impulsivamente.

 

Portanto, é crucial reconhecer que não se trata de falta de organização ou irresponsabilidade, mas de uma condição que exige compreensão e tratamento adequado.

Leia também | Qual a diferença entre consumo e consumismo? 

Prejuízos causados pelo consumo compulsivo

O consumo compulsivo traz prejuízos significativos que vão além do acúmulo de produtos, impactando profundamente o bem-estar emocional, as relações familiares e a saúde financeira.

Pessoas com esse transtorno frequentemente experimentam ansiedade e depressão, enfrentam conflitos familiares devido ao gasto excessivo e sofrem com dívidas que podem levar a um nome negativado e até falência.

A pesquisa "Endividamento 2021", feita pela Serasa, destaca a gravidade da situação, revelando que 88% dos endividados sentiram vergonha e 85% tiveram problemas de sono por causa das dívidas.

Além disso, a busca por empréstimos para cobrir dívidas anteriores, sem tratar a raiz do problema, pode levar a um ciclo vicioso de mais compras e dívidas.

Abordagens de tratamento

  • O tratamento da oneomania envolve abordagens multifacetadas, centradas não apenas na interrupção do comportamento de compra compulsiva, mas também na compreensão e resolução das questões subjacentes que motivam esse comportamento. As estratégias podem incluir:

  • ●     Terapia cognitivo-comportamental (TCC): focada em identificar e alterar padrões de pensamento e comportamento que contribuem para o transtorno.
  • ●     Medicação: embora não exista um medicamento específico para tratar a oneomania, antidepressivos e ansiolíticos podem ser prescritos para tratar condições subjacentes, como depressão e ansiedade.
  • ●     Grupos de apoio: espaços seguros em que indivíduos podem compartilhar experiências, estratégias de enfrentamento e receber suporte de pessoas que enfrentam desafios semelhantes.
  • ●     Educação financeira: aprender a gerenciar finanças, criar orçamentos e entender as consequências do endividamento pode ser crucial para pessoas em recuperação.


Apesar dos desafios, a recuperação é possível com o suporte adequado e a disposição para enfrentar as questões subjacentes.

Ao trazer luz a essa condição frequentemente mal compreendida, espera-se promover maior conscientização e compaixão, encorajando aqueles afetados a buscar ajuda e encontrar o caminho para um futuro mais equilibrado e saudável.

Assista | Como praticar o consumo consciente?

O que fazer para se livrar das dívidas causadas pela oneomania

Superar as dívidas geradas pelo consumo compulsivo é possível, e o processo envolve etapas estratégicas para não apenas liquidar débitos, mas também prevenir futuras recaídas. Aqui estão os passos fundamentais para enfrentar e vencer essa batalha financeira e psicológica:

Passos para livrar-se das dívidas do consumo compulsivo

  1. Tratamento do transtorno: a primeira etapa é buscar ajuda profissional para tratar o transtorno de compra compulsiva. Isso pode incluir terapia e, se necessário, medicação para lidar com quaisquer condições subjacentes, como ansiedade ou depressão, que alimentam o comportamento compulsivo.


  2. Análise da situação financeira: é crucial fazer uma análise completa da situação financeira. Isso envolve:

    ●     levantamento das dívidas existentes;

    ●     detalhamento de todos os empréstimos, incluindo taxas de juros e condições de pagamento;

    ●     verificação da situação do CPF e possíveis negativações.

  3. Pagamento das dívidas e criação de bons hábitos financeiros: com um entendimento claro do estado financeiro e um plano de tratamento em ação, o próximo passo é direcionar-se à reconstrução financeira, o que inclui:

    ●     Renegociação de dívidas: contate credores para negociar condições mais favoráveis, priorizando dívidas com taxas de juros mais altas. Considere consolidar dívidas por meio de um empréstimo com juros menores.

    ●     Reorganização do orçamento: crie uma planilha financeira detalhada para monitorar entradas e saídas. Essa visibilidade permite:

    ●     Identificar e cortar despesas desnecessárias;

    ●     gerar receita adicional, se possível;

    ●     iniciar um fundo de emergência para evitar futuras dívidas.

    Leia também | Como trocar dívida cara por barata?

Conheça o Serasa Ensina

A Serasa acredita que o conhecimento financeiro é essencial para evitar endividamentos excessivos, promover o uso inteligente do crédito e garantir maior segurança financeira.

O Serasa Ensina é a plataforma de educação da Serasa que esclarece todos os aspectos das finanças pessoais por meio de conteúdos gratuitos e em diferentes formatos, como o curso online Finanças Básicas.

Com 7 módulos, o curso funciona como um guia para auxiliar os consumidores na tomada de decisões inteligentes sobre dinheiro e orçamento.

computador com curso de finanças básicas

Todos os conteúdos do Serasa Ensina

Confira os conteúdos gratuitos e fique sempre atualizado.

  1. mulher segurando notebook

    Acompanhe os conteúdos mais recentes no blog da Serasa

    Blog da Serasa
  2. mulher pousando na frente de celular

    Inscreva-se no nosso canal e receba alerta sempre que um novo vídeo chegar

    YouTube da Serasa
  3. mulher segurando microfone

    Encontre as últimas notícias sobre a Serasa

    Sala de Imprensa

Dicas Adicionais

  • ●     Persistência é Chave: A jornada para a recuperação financeira pode ser desafiadora, mas a persistência é fundamental. O interessado deve manter o foco em seus objetivos de longo prazo e não desanimar frente aos obstáculos.
  • ●     Aprender com os erros: eventuais deslizes são parte do processo. O importante é aprender com cada experiência e continuar avançando.
  • ●     Educação financeira contínua: investir tempo para aprender sobre gestão financeira pode fornecer as ferramentas necessárias para tomar decisões mais informadas no futuro.


Lembrando que, embora a reconstrução de hábitos financeiros saudáveis após vencer a oneomania seja um desafio, é totalmente alcançável com determinação, suporte adequado e estratégias financeiras sólidas.

A cada passo dado em direção à saúde financeira, o indivíduo construirá uma base mais sólida para um futuro sem dívidas e mais consciente.

Conheça o Serasa Limpa Nome


O Serasa Limpa Nome é a maior plataforma de renegociação de dívidas no país, com descontos de até 90% nos débitos e opções de parcelamento. O serviço é gratuito e a negociação pode ser feita em apenas três minutos nos canais oficiais da Serasa: site, app (iOS e Android), WhatsApp (11) 99575-2096 ou nas agências dos Correios espalhadas pelo país.  

Para negociar online:  

  • ●     Acesse o Serasa Limpa Nome ou o aplicativo e informe seu CPF e senha.  
  • ●     Confira sua dívida na tela e clique em Negociar.   
  • ●     Escolha a melhor opção de pagamento (Pix ou boleto, por exemplo) e o número de parcelas (caso opte pelo parcelamento).   
  • ●     Confirme as condições escolhidas e pronto!   
Celular mostrando a carteira digital Serasa

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar
Média de avaliação: 3 de 5

Artigos relacionados