Entrar

O que fazer quando perder algum documento

Infelizmente o roubo e a perda de documentos são situações frequentes com sérias consequências. Saiba o que fazer nesses casos.

Atualizado em: 8 de agosto de 2022.

Infelizmente o roubo ou perda de documentos é uma situação muito frequente com sérias consequências. Na época de verão, entre dezembro e fevereiro, é comum aumentarem os registros desse tipo de caso. Isso porque as pessoas saem em férias, viajam bastante e participam de eventos de aglomeração como festivais e o Carnaval.

Se aconteceu com você, há dois caminhos a serem percorridos: o registro do boletim de ocorrência na delegacia virtual do seu Estado e a busca no serviço de achados e perdidos do site dos Correios. O serviço tem cobertura em todo o país e, no caso de o documento ser achado na rua pelos serviços de limpeza urbana, por exemplo, é encaminhado para os Correios.

A preocupação costuma ser grande, mas isso não é motivo para pânico para quem assina o Serasa Premium e faz o registro de alerta na Serasa, pois você tem os seus documentos monitorados e pode evitar problemas futuros.

Conheça o Serasa Premium

O Serasa Premium é um serviço de monitoramento de dados que acompanha o que acontece com seu CPF, CNPJ e Serasa Score durante 24 horas. Isso significa que você fica sabendo de alterações que ocorrerem com suas informações e pode evitar que a situação saia de controle.

Além disso, você receberá relatórios completos, e-mails e SMS com as informações mais relevantes, como negativações no seu nome, abertura de empresas com seu CPF e consultas de empresas.

Evite problemas futuros, previna-se agora.

O Serasa Premium mantém você informado e ajuda a evitar fraudes em seu CPF, 24 horas por dia, sete dias por semana. O Premium ajuda a descobrir:

• uso indevido do seu CPF por terceiros;
• possível negativação do seu nome;
• abertura de empresas no seu CPF;
• consultas de empresas ao seu CPF.

Perdi meu documento! E agora?

Caso você tenha perdido os documentos ou tenha tido os documentos roubados, siga os seguintes passos:

1. Registre um boletim de ocorrência.

Além de monitorar os seus dados contra fraudes, é imprescindível que você abra um boletim de ocorrência no caso de perda de documento. Em caso de furto, faça seu BO pelo site da delegacia eletrônica do seu Estado.

Em caso de documentos pessoais:

Informe os números dos seus documentos.

Em caso de documentos de veículo: informe quais foram os documentos roubados (CRV, CRLV, DPVAT e IPVA).

O governo federal criou uma página para agregar os canais de delegacias virtuais em alguns Estados. O serviço da Delegacia Virtual do Ministério da Justiça e Segurança Pública está disponível para o registro das ocorrências apenas dos Estados que aderiram ao programa.

Até julho de 2022, o portal integrava o serviço para os seguintes Estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima, Sergipe e Tocantins. Para os demais Estados, o cidadão deve acessar o site do governo Estadual e procurar por registro de boletim de ocorrência.

2. Abra um alerta na Serasa

Você pode realizar de forma gratuita um alerta de documentos no nosso site. Com isso, as empresas saberão sobre o roubo ou perda de seus documentos quando consultarem seu CPF na Serasa.

Você poderá fazer um alerta provisório com validade de 30 dias úteis para documentos e três dias úteis para cheques. Esse caso é indicado para você que perdeu os documentos, mas acredita que vá encontrá-los logo.

Já o serviço de Alerta Permanente deve ser acionado nos casos em que os seus documentos foram perdidos definitivamente ou roubados. A verificação de veracidade das informações e declaração é feito em até três dias úteis.

O serviço é gratuito.