Entrar

Saiba o que é o trava zap fake e quais os riscos

O melhor do Brasil é o brasileiro! Isso você já sabe, mas o fato é que a criatividade por aqui não tem limites e o trava zap fake é prova disso. Entenda.

Colunista marlise brenol
Publicado em: 26 de julho de 2022.

O travazap já virou até título de um single que está disponível no YouTube e no Spotify. O artista Jaka FR não estourou em audiência, mas aproveitou a oportunidade para musicar o bug do aplicativo mensageiro mais popular no Brasil. Pegou a onda do momento, porque se não bastasse o trava zap, o brasileiro criou o trava zap fake.

Trava zap é o nome popular de uma falha no aplicativo de mensagens WhatsApp. Essa vulnerabilidade provoca o travamento do aplicativo e foi descoberta pelo indiano Indrajeet Bhuyan, que chegou a comunicar para a empresa Meta.

O trava zap é um código enviado a um destinatário com a intenção de bloquear o aplicativo e deixar a pessoa sem acesso ao mensageiro. Para recuperar, é preciso reinstalar e puxar o backup das mensagens.

Mas, além do do trava zap normal, existe também a versão fake, que nada mais é do que uma pegadinha para assustar amigos. Isso porque não afeta a usabilidade dos usuários do WhatsApp e não é considerado crime, no máximo os brincalhões podem perder o amigo que não conseguir levar na esportiva.

Leia também | Socorro! Fui vítima do trava zap. O que eu faço?

Como surgiu o trava zap fake?

Sabe aquele meme que diz que o melhor do Brasil é o brasileiro? Pois é, a criatividade não conhece limites. O trava zap fake surgiu de uma destas iniciativas entre amigos. Como o código trava zap teve alta disseminação em 2020 e 2021, os brincalhões de plantão aproveitaram o embalo.

Os usuários do WhatsApp que gostam de criar mensagens para assustar amigos bolaram o Trava Zap Fake. É o que a internet chama de trollagem. O brincalhão emula um código parecido com o original e espalha nos grupos. Depois envia um e-mail ou faz uma ligação para alertar sobre o risco.

O destinatário se assusta com a possibilidade de perder o acesso ao aplicativo, ter a tela congelada ou o aplicativo clonado. Ao observar de forma mais atenta, a pessoa vai perceber que não houve dano e ficar aliviada. Mas pode acontecer de a “vítima” se assustar a ponto de tomar outras medidas.

Uma das orientações no caso do bug original é desinstalar e reinstalar o aplicativo do WhatsApp ou entrar na versão web e apagar a mensagem trava zap. Imagina o transtorno da pessoa que vai fazer todo o processo de recuperar as mensagens do aplicativo à toa, achando que foi vítima do código de travamento.

Mas nas mídias sociais o chamado trava zap fake para trollagem viralizou e está sendo propagado entre grupos de amigos e colegas de trabalho. Apesar da preocupação, ele não tem consequências importantes, nem no mensageiro, muito menos nos computadores e tablets que utilizem o WhatsApp Web.

Por que o risco de trava zap assusta os usuários?

O risco de ficar sem acesso ao mensageiro WhatsApp assusta os usuários. O trava zap é um código que bloqueia o aplicativo, mas não para clonar, apenas para prejudicar o destinatário mesmo. Ainda assim, as pessoas têm medo de que o bloqueio do aplicativo possa ter sido provocado pela clonagem.

O WhatsApp segue como o aplicativo de mensagens mais utilizado pelos brasileiros e ocupa o topo das respostas para a pergunta “qual aplicativo você mantém na primeira tela do smartphone” desde a primeira pesquisa da série produzida pela Opinion Box, ou seja, desde 2015.

De acordo com o último levantamento, em 2022, 99% dos usuários possuem o aplicativo instalado em seus smartphones. Além disso, o risco de desinstalação do app é uma questão irrisória, já que 1% dos entrevistados responderam “quase nunca abro o aplicativo”. E quando a procura é muita, os criminosos crescem os olhos.

Um dos golpes mais frequentes associados ao aplicativo é o da clonagem do WhatsApp. Quero dizer, não é exatamente uma clonagem porque para roubar o seu mensageiro e mandar mensagens em seu nome, o criminoso vai bloquear o seu acesso. O app ficará inacessível no seu aparelho e será instalado no telefone do golpista.

Para clonar um aplicativo de terceiros, os fraudadores precisam ter acesso a um código de verificação enviado por SMS para o titular da conta. Portanto, normalmente os casos de clonagem de aplicativo terão uma “ajudinha” da vítima que ingenuamente irá fornecer as informações necessárias para os criminosos acessarem.

Assista | GOLPES DE WHATSAPP: COMO FUGIR? Serasa Ensina

Como ter um WhatsApp mais seguro?

O primeiro passo para aumentar a segurança do aplicativo WhatsApp é seguir as diretrizes da Meta e autorizar a autenticação de dois fatores. Este recurso, que é do próprio aplicativo, permite que você confirme a identidade de acesso por meio de outra conta como e-mail, SMS ou outro.

Mas, se você tiver esta funcionalidade ativa, será necessário confirmar um código PIN para acessar o whats em outro aparelho ou na web. O código de confirmação ou verificação de autenticidade é uma senha numérica composta por seis dígitos. Depois de ativada a funcionalidade, o PIN será exigido toda vez que você fizer o login da sua conta.

Para ativar o PIN ou a autenticação em duas etapas e evitar a clonagem do seu aplicativo se WhatsApp é preciso adotar todas as medidas preventivas indicadas pela Meta. Ainda assim, fique atento para não fornecer o código para terceiros, principalmente para desconhecidos que entrem em contato com você por mensagem ou por ligação.

Leia também | VERIFICAÇÃO EM DUAS ETAPAS: como e por que se proteger

Outra questão importante é utilizar o smartphone como um dispositivo pessoal. Isso significa que se você inserir os seus dados pessoais e bancários no aparelho, você não deve emprestá-lo para ninguém, nem mesmo para amigos e familiares. Isso porque as pessoas com acesso ao seu aparelho podem usar a sua conta do WhatsApp – e outros apps – sem sua permissão.

Assista | Como o Serasa Premium protege os seus dados? - Serasa Ensina

E como seguro morreu de velho e nós queremos mesmo é viver muito sem cair em golpes de nenhuma sorte, a dica é assinar o Serasa Premium. Com esta assinatura você terá um monitoramento regular do comportamento dos seus dados pessoais e da pontuação Score e será alertado em caso de distorção para agir e amenizar os danos.

Monitoramento CPF e Score