Entrar
Navegação do blog
  1. Blog
  2. Id Jovem

ID Jovem: quem tem direito e como se cadastrar

Saiba como ter descontos e gratuidades em eventos e viagens interestaduais por meio do programa.

Publicado em: 26 de fevereiro de 2024

Categoria Educação financeiraTempo de leitura: 10 minutos

Texto de: Time Serasa

imagem ilustrativa do programa social Bolsa Família na tela do celular

Ir ao cinema ou entrar em shows pagando meia-entrada, viajar de graça ou pagando menos para outros estados, ter isenção de taxa no Enem. Esses são apenas alguns dos benefícios garantidos a jovens de baixa renda por meio de um programa direcionado especificamente a eles: o ID Jovem.

Desde 2016, quando o programa foi criado, mais de 3,6 milhões de jovens já aproveitaram as oportunidades oferecidas sem pesar no bolso.

Entenda aqui o que é o ID Jovem, quem tem direito e como se cadastrar no programa.

Assista | Como se inscrever no Cadastro Único

O que é ID Jovem

A Identidade Jovem – ou simplesmente ID Jovem – é um benefício que amplia o acesso de jovens de baixa renda a ações de arte, cultura, educação, esporte e lazer. São momentos de aprendizagem e entretenimento que nem sempre eles conseguiriam ter acesso devido às limitações da renda da família.

Na prática, o ID Jovem é uma carteirinha digital emitida gratuitamente pelo Governo Federal que pode ser apresentada em alguns momentos para comprovar a condição social do portador. Com isso, ele consegue usufruir de alguns direitos e benefícios previstos no programa e que foram criados pelo Decreto 8.537/2015, a partir dos direitos previstos no Estatuto da Juventude (Lei nº 12.852/2013).

Leia também | Como conseguir desconto em passagem de ônibus

Benefícios que o ID Jovem oferece

Com o ID Jovem, os usuários conseguem ter acesso a diversos benefícios – alguns gratuitos, outros com redução de valor.

Por exemplo:

  • ● desconto de 50% em cinemas, teatros, museus, shows, espetáculos musicais e circenses, jogos de futebol e outros eventos artístico-culturais e esportivos;
  • ● quatro vagas em veículos que fazem viagem interestadual em linha convencional, como ônibus, trem ou embarcação, sendo duas gratuitas e, quando esgotadas, desconto de 50% em outras duas (excluídos apenas a taxa de embarque, pedágios e outras cobranças);
  • ● isenção do pagamento da taxa de inscrição de concursos públicos, vestibulares de universidades e institutos federais e Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);
  • ● acesso a programas e ações de assistência social, como cursos profissionalizantes e programas educativos;
  • ● isenção do pagamento de taxa para emissão de Carteira de Identidade Estudantil.

 

Leia também | Como economizar em viagens: oito dicas práticas

Quem tem direito

No entanto, não é qualquer pessoa que pode se inscrever no ID Jovem. Para ser beneficiário, é necessário atender alguns requisitos socioeconômicos. São eles:

 

E o principal: não é necessário estar estudando, nem apresentar nenhum vínculo estudantil. Basta cumprir os requisitos exigidos para ser aceito e emitir a carteirinha.

Leia também | Saiba como emitir a segunda via do boleto do FIES

Como fazer a carteirinha

Após certificar-se de que se enquadra nos critérios para cadastro no ID Jovem, basta fazer o pedido da carteira pela internet. Antes disso, porém, é preciso confirmar se a família está cadastrada no CadÚnico e com as informações atualizadas, já que sem isso não será possível nem mesmo fazer o pedido da carteirinha. Isso porque a emissão do documento está vinculada ao Número de Identificação Social (NIS), que é justamente o que confirma o cadastro ou não da família no sistema.

Para fazer ou atualizar o CadÚnico, a pessoa responsável pela família precisa ir até uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e apresentar documentos pessoais (RG, CPF e título de eleitor), certidão de casamento ou nascimento, comprovante de residência, Carteira de Trabalho e o NIS, que pode ser encontrado no Cartão Cidadão, extrato do FGTS ou sua Carteira de Trabalho.

Com o CadÚnico em mãos, conheça o passo a passo para emitir o ID Jovem:

  • ● Acesse o site do ID Jovem ou o aplicativo, disponível para sistemas Android e iOS.
  • ● Preencha os dados solicitados – número do NIS, nome completo, nome da mãe e data de nascimento.
  • ● Clique em “emitir ID Jovem”.
  • ● Preencha as informações adicionais.
  • ● Confirme que todos os dados fornecidos estão corretos.
  • ● Finalize o cadastro.
  • ● Aguarde a emissão do ID Jovem.

 

Depois de emitido, basta imprimir o documento disponibilizado ou, então, utilizar a versão online disponível pelo app, já que o documento é digital.

O ID Jovem tem validade de até 180 dias. Passado esse prazo, é necessário atualizar as informações no site ou app e emitir um novo documento, com novo prazo de validade.

Leia também | Como atualizar Cadastro Único pela internet: veja as dicas!

Acesse o canal da Serasa no Youtube

O Serasa Ensina é o canal da Serasa no YouTube para ajudar a descomplicar sua vida financeira. Ele traz centenas de conteúdos para ajudar a cuidar do dinheiro, negociar dívidas, proteger-se contra fraudes, aumentar o Serasa Score, economizar na rotina e organizar as finanças. 

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar
Média de avaliação: 5 de 5

Artigos relacionados