Entrar

Como reformar cozinha gastando pouco em 7 passos

Reformar cozinha gastando pouco é um grande desafio. Confira dicas que podem ser fundamentais para reduzir os custos e realizar o sonho.

Foto Vanessa Conulista
Publicado em: 31 de janeiro de 2022.

Há quem diga que a cozinha é considerada o melhor cômodo da casa. Mas também, no fundo faz todo sentido, não é mesmo? Afinal, é ali que a família se reúne para todas as refeições do dia e onde se dedica muito amor à comida para os filhos, à esposa, esposo e até amigos. E quando o espaço já não agrada mais, ficou pequeno, ou o acabamento começou a se deteriorar, é hora começar a pensar em como reformar a cozinha gastando pouco.

Para isso, é muito importante fazer um planejamento para que o projeto caiba no seu bolso. Assim, é possível entender o quanto será preciso para fazer a reforma e não correr risco de cair no endividamento.

E então, quer reformar cozinha gastando pouco? Continue a leitura e boa sorte na obra.

7 passos para reformar cozinha gastando pouco

São tantos detalhes a se pensar antes de tomar a decisão que pode até mesmo te dar vontade de desistir. É o custo da obra, a escolha do melhor pedreiro, a decoração, mão de obra… Mas, calma! Respira, coloca a cabeça no lugar e siga as dicas abaixo.

1. É a melhor hora para reformar?

A primeira coisa a se pensar é: essa é a melhor hora para reformar? Você realmente precisa dessa obra? Se a resposta for sim, porque esse é seu sonho ou que sua cozinha já passou da hora de ficar cara nova, então começa a planejar sua reforma.

Mas não esqueça: pé no chão e muito cuidado para não pensar em coisas mirabolantes. Realizar sonhos é sim muito importante, porém, não dá para sair por aí comprando tudo do mais caro e se endividar depois. Afinal, o objetivo da reforma é acabar com uma dor de cabeça, não ganhar mais uma.

2. Faça um bom planejamento

Vai mesmo reformar? Então faça de tudo para deixar do jeito que você sempre sonhou. Com planejamento é possível!

E agora é hora de começar a se planejar. O primeiro passo é fazer o projeto e ir atrás do custo de tudo, tanto de material quanto da mão de obra. O planejamento vai te ajudar a ter um norte de onde e como começar

Sabendo o valor das coisas, é hora de entender se você tem ou não dinheiro para reformar a cozinha.

3. Analise sua planilha de orçamento familiar

Se você ainda não tem uma planilha de orçamento familiar, fica difícil saber se você tem ou não dinheiro para custear toda a obra, não é mesmo? Agora, se você é uma pessoa bem organizada e que anota todos os gastos e receitas, com certeza conseguirá fazer toda a reforma sem gastar muito. Afinal, o controle financeiro já faz parte da sua rotina.

Confira se você tem o dinheiro em caixa e por quanto tempo seu orçamento pode ficar comprometido com a reforma.

Leia também | Saiba por que uma planilha de orçamento familiar é importante

4. Reaproveite o que for possível

Nem tudo precisa ser jogado fora, não é mesmo? Talvez algum móvel ou eletrodoméstico possa continuar exercendo sua função e não é preciso descartar, certo?

Cuidado para não se empolgar e trocar tudo, pois isso pode gerar um custo desnecessário e até tornar sua obra inviável. Talvez uma simples pintura na porta já faça com que ela fique bonita e combine com a nova decoração da cozinha. O mesmo pode ser considerado para os armários, onde podem ser trocadas apenas as portas e você pode reaproveitar as prateleiras internas.

5. Faça você mesmo

E por que não você mesmo pintar essa porta ou até mesmo uma janela, hein? O faça você mesmo, também conhecido como do it yourself (DIY), tem estado muito em alta principalmente na internet.

Há muitos blogueiros que ensinam as mais variadas atividades para te ajudar a economizar sem precisar pagar alguém para fazer.

Mas muito cuidado com isso: alguns serviços dependem de mão de obra qualificada. Então, se você não tem certeza de como fazer aquilo ou se parecer complexo demais, vale mais pagar o profissional do que ter que gastar refazendo depois.

6. Busque descontos para pagamentos à vista

Tem dinheiro guardado? Por que não aproveitá-lo para pagar a obra à vista e ainda ganhar descontos?

Isso mesmo. Há muitas lojas que dão descontos no material à vista e também profissionais que aceitam negociar o valor caso seja acordado pagar uma parte da mão de obra antecipadamente.

Entender esses descontos à vista é muito importante, pois é possível conseguir reduzir custos da obra.

Faça pesquisa de preço e, caso o desconto para pagamento à vista seja realmente interessante, você pode até mesmo ir atrás de um empréstimo onde as taxas de juros cobradas sejam baixas e que compense o empréstimo.

7. Considere fazer um empréstimo

Caso essa opção tenha parecido interessante e tenha deixado o sonho de fazer reforma ainda mais próximo, é legal você conhecer as opções de linhas de crédito para considerar fazer o empréstimo.

1. Empréstimo com garantia de imóvel:
uma das modalidades de crédito mais vantajosas no mercado, já que tem as menores taxas de juros. É muito usado principalmente para pessoas que buscam fazer reforma de casa.

2. Empréstimo com garantia de veículo: usando seu carro como garantia, as taxas de juros também caem, pois diminui o risco da inadimplência.

3. Empréstimo consignado: também é muito vantajoso e você deixa seu salário como garantia. Aqui, as parcelas do empréstimo são descontadas diretamente do seu salário. Para isso, você precisa ser um funcionário com carteira assinada e contratado em regime CLT.

Para não correr risco de cair numa enrascada, se optar por fazer um empréstimo, não esqueça de considerar observar todas as taxas e valores embutidos no montante final.

Verifique o custo efetivo total, também conhecido como CET, e também os seguros obrigatórios que as instituições financeiras possam cobrar. Além disso, certifique-se de que a prestação cabe no seu bolso sem prejudicar seu orçamento familiar e pessoal.

Faça a sua simulação de crédito com o eCred

Passou a considerar fazer um empréstimo, mas não sabe como começar a pesquisar nem onde encontrar uma instituição de confiança?

A Serasa tem uma plataforma que pode te ajudar, e muito. O eCred é uma ferramenta online que te ajuda a encontrar as melhores ofertas de crédito. São diversas empresas parceiras que você pode simular empréstimo e fazer comparações das melhores taxas.

O mais legal é que você faz tudo pela internet, sem precisar sair de casa, e com a garantia de que está lidando com empresas honestas selecionadas pela Serasa.

Aposto que, depois dessa, você ficou ainda mais empolgado em realizar uma reforma de cozinha. Então, aproveite essas dicas e comece agora mesmo a fazer seu planejamento. Boa sorte com seu sonho!