Navegação do blog
  1. Limpa Nome Online
  2. Blog
  3. 3 Passos Para Saber Se Meu Nome Esta Sujo

Como saber se meu nome está negativado

Há diversas maneiras de saber se o próprio nome está negativado. A mais prática é fazer a consulta no site ou aplicativo da Serasa.

Atualizado em: 31 de janeiro de 2024

Categoria Negociar dívidaTempo de leitura: 10 minutos

Texto de: Time Serasa

Jovem empresária feliz e bem-sucedida em óculos trabalhando com documentos dentro do escritório, mulher hispânica com laptop olhando para contas e contratos, financista com cabelo encaracolado usando laptop

Ter o nome negativado na Serasa é uma situação que traz restrição de crédito, comprometimento da vida financeira, e pode levar até a protestos em cartório ou ações judiciais. Por isso é importante saber exatamente se há e quais as dívidas estão negativadas em seu CPF. Para quem se pergunta “como saber se meu nome está negativado?”, é só seguir as orientações deste artigo.

Como fazer a consulta para saber se existem dívidas

A forma mais prática de saber se há dívidas negativadas é fazendo a consulta nos birôs de crédito, como a Serasa. Pelo aplicativo ou site da Serasa é possível consultar rapidamente, de forma gratuita, online e em poucos minutos.

Para isso, é só seguir estes passos:

  1. Acesse o site ou aplicativo da Serasa (iOS e Android) e insira seu CPF e senha. Caso ainda não tenha cadastro, é só criar um de forma rápida, seguindo as orientações na tela.

  2. Em sua área logada, se houver dívidas elas aparecerão na tela, no campo Dívidas em meu nome. Caso não tenha dívidas negativadas, aparecerá a mensagem Seu nome está limpo.

  3. Caso seu nome esteja negativado, clique em Ver minhas dívidas para conferir os detalhes.

Extrato Serasa: como acessar

O Extrato Serasa é um documento que informa se constam ou não anotações (dívidas negativadas, protestos, cheques sem fundo, ação judicial ou participação em falência) em seu nome no cadastro de inadimplentes da Serasa.

Caso existam anotações, elas estarão listadas no documento, que pode ser utilizado como apoio para decisões de negócio, liberação e análise de crédito.

Importante: a decisão de incluir o nome do consumidor na Serasa é sempre da empresa que não recebeu o pagamento da conta. É ela também que tira o nome da lista, após o pagamento da dívida.

Confira o passo a passo para acessar o Extrato Serasa:

  1. Meu CPF

    Na tela de "Meu CPF” clique em Extrato Serasa.

  2. Extrato Serasa

    Clique em solicitar extrato.

  3. Extrato solicitado

    Seu Extrato Serasa foi solicitado e, dentro de 24 horas, ele estará disponível para download.

  4. Baixe seu Extrato

    Quando seu extrato estiver disponível, faça o download e comprove a situação do seu nome na Serasa. Você pode solicitar um novo Extrato sempre que precisar.

Por que a expressão “nome sujo” é utilizada?

É comum o uso da expressão “nome sujo na praça”, e é importante esclarecer o uso desse termo. Ele se origina de um hábito de antigos comerciantes de se reunir em praças públicas para trocar informações sobre seus clientes.

Desde antigamente (a data ninguém sabe precisar ao certo), o termo "nome sujo", ou “nome sujo na praça”, ganhou popularidade entre os brasileiros. Até hoje é utilizado para se referir a pessoas negativadas e com o CPF em birôs de crédito, como a Serasa.

Apesar de popular em nossa cultura, a expressão não é nem um pouco amigável. O correto é dizer que há uma dívida inscrita no cadastro de inadimplentes, sem usar o termo pejorativo “nome sujo”.

Consequências de ter uma dívida negativada

Conheça cinco consequências da negativação do nome para o consumidor.

  1. Dificuldade de conseguir crediário

    O principal efeito é a dificuldade maior em ter crédito aprovado. Isso inclui aquele crediário na loja ou um cartão de crédito solicitado ao banco, financiamentos, empréstimos.

  2. Diminuição do Serasa Score 

    O nome negativado também prejudica o Serasa Score, pontuação que indica ao mercado a probabilidade de o consumidor pagar as contas em dia. Nessa situação, a dica é negociar a dívida o quanto antes, para que o Score possa subir novamente

  3. Outras opções de crédito podem ser suspensas

    Além de o cliente ter dificuldade em conseguir novo crédito, os bancos podem cancelar o cheque especial ou deixar de aumentar o limite do cartão. Isso dificulta ainda mais as opções de levantar dinheiro para quitar a dívida.

  4. Perder negócios

    Para quem é trabalhador autônomo e emite notas fiscais pelo CPF, ter dívidas pode dificultar novos negócios com fornecedores ou clientes. Estes podem conhecer a situação do CPF a partir da consulta ao CPF de terceiros. A consulta indica se a pessoa está negativada, e essa informação pode ter impacto negativo na decisão de fechar negócio.

  5. Ser barrado em cargos públicos

    Alguns editais de concursos para serviços públicos determinam que uma pessoa inadimplente não pode assumir determinados cargos. Isso ocorre especialmente em instituições financeiras. Há casos de concursados que conseguiram na justiça o direito ao cargo, mas esse processo pode ser desgastante.

A dívida não desaparece depois de 5 anos?

Não! Mesmo que a dívida ultrapasse cinco anos e saia dos cadastros de inadimplentes, o débito não some. A dívida continuará existindo no banco de dados da empresa que deixou de receber o pagamento, dificultando novos negócios com ela. Por isso, o melhor caminho é quitar a dívida o quanto antes e deixar a lista de inadimplentes.

Leia também | Dívida com mais de 5 anos pode ser cobrada?

Renegocie suas dívidas pelo Serasa Limpa Nome

Pelo Serasa Limpa Nome você consulta suas dívidas e pode conseguir até 90% de desconto para quitar os débitos, no Pix ou boleto, com opções de parcelamento. O serviço é gratuito e pode ser feito em apenas três minutos nos canais oficiais da Serasa: site, app (iOS e Android), WhatsApp (11) 99575-2096 ou nas agências dos Correios espalhadas pelo país.   

Siga o passo a passo:   

  • Siga o passo a passo:  
  • ●     Acesse o Serasa Limpa Nome ou o aplicativo informe seu CPF e Senha.
  • ●     Confira sua dívida na tela e clique em “Negociar”.
  • ●     Escolha a melhor opção de pagamento (Pix ou boleto, por exemplo) e o número de parcelas
  • ●     Confirme as condições escolhidas e pronto!
Celular mostrando a carteira digital Serasa

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar
Média de avaliação: 3.6 de 5

Artigos relacionados