Entrar

Score Cadastro Positivo: o que é e como ele aumenta suas chances de conseguir crédito

O Cadastro Positivo pode ser um bom aliado na hora que precisar de empréstimo com juros mais baixos. Entenda o porquê.

Foto Vanessa Conulista
Publicado em: 07 de dezembro de 2021.

Entender o que é score e Cadastro Positivo é essencial para todos os brasileiros. Nos últimos tempos, o modo como as pessoas lidam com suas finanças mudou e passou a exigir mais conhecimento para manter a saúde financeira em dia.

Para conseguir crédito – seja para realizar um sonho, viabilizar um novo projeto ou até mesmo para quitar dívidas –, é preciso mostrar ao mercado que você tem bons hábitos e mantém suas contas em dia.

E com isso, o Cadastro Positivo passou a ser visto como um currículo financeiro. Todos os seus dados passam a ser administrados pelos chamados birôs de crédito, como a Serasa, por exemplo. O comércio, bancos, lojas e outras instituições financeiras vão passar a consultar esse banco de dados para gerar crédito, ceder empréstimos, cartões de crédito ou fazer negócios.

Ou seja, se você quer se mostrar um bom pagador para esses tipos de empresa, é necessário pagar suas contas em dia e deixar seu score e Cadastro Positivo ativos para visualização.

Em resumo, o Cadastro Positivo é uma excelente forma de construir uma boa imagem no mercado de crédito.

A seguir, você vai entender melhor a definição de score Cadastro Positivo, as vantagens de deixar o seu ativo e como ele pode te ajudar a aumentar suas chances na hora de fazer um financiamento ou conseguir um empréstimo.

O que é Cadastro Positivo?

O Cadastro Positivo, como já dito, funciona como um “dossiê” do seu comportamento de crédito. O modo como você lida com suas finanças impacta diretamente neste histórico.

Mas você pode estar pensando, então, que, caso você não ative o seu Cadastro Positivo, as instituições não terão como acessar seu histórico e você se beneficia mais com isso, certo? Errado!

A lei que rege o Cadastro Positivo é a lei nº 12.414/11. Recentemente, ela foi alterada e, a partir de 9 de julho de 2019, a inclusão no Cadastro Positivo passou a ser automática para todas as pessoas físicas e jurídicas que têm empréstimos, financiamentos, compras a prazo ou contas de consumo, como de telefone.

Este serviço é importante para proteger os agentes financeiros que oferecem créditos, mas o principal beneficiado é o cidadão que paga suas contas em dia.

A partir disso, é possível comprovar os bons hábitos e conseguir pagar juros mais baixos, ter mais crédito na praça e até aumentar suas chances de conseguir realizar seus projetos.

Como funciona o Cadastro Positivo?

Para ficar mais claro sobre este benefício, basta entender a seguinte lógica. Antigamente, quando você tentava um financiamento, empréstimo, ou qualquer outro serviço bancário, a instituição avaliava se você estava negativado ou não. Assim, apenas aquela sua situação momentânea era levada em consideração.

Com a chegada do Cadastro Positivo, isso mudou. Agora, todo seu histórico será considerado. Se você pagar suas contas em dia, quitar seus empréstimos ou cartões sem atrasar, tudo vai constar no seu cadastro e ser considerado na hora de ser aprovado ou não em um financiamento.

Neste vídeo do Serasa Ensina, você confere mais detalhes sobre como funciona o Cadastro Positivo:

https://www.youtube.com/watch?v=PABMbBO4Ltw

Como funciona o score de crédito

Além do Cadastro Positivo, o score de crédito é mais uma ferramenta importante no processo de concessão de crédito e realização de negócios.

O Serasa Score – como é chamado o score da Serasa – é muito utilizado por bancos e instituições financeiras para evitar o risco de crédito na hora de conceder empréstimo aos seus clientes.

O Serasa Score indica uma confiança maior para quem tem pontuação mais alta, ou seja, bons hábitos de pagamentos. Então, quanto maior seu score, maior sua chance de conseguir crédito e em melhores condições.

O cálculo da ferramenta apresenta um resultado que vai de 0 e 1000 e, através desse resultado, é possível conhecer o comportamento e perfil de um determinado grupo de pessoas. Assim, as instituições entendem qual é a chance de esse grupo pagar as contas no prazo.

5 vantagens do Cadastro Positivo

Mas, afinal, quais são as vantagens de ter o Cadastro Positivo ativo? A seguir, listamos as cinco principais. Confira:

1. Histórico financeiro

O cadastro negativo, também conhecido como cadastro de inadimplentes, sempre foi um grande temor para os brasileiros. O Cadastro Positivo, por sua vez, tem como objetivo favorecer os consumidores, pois registra tudo o que a pessoa fez de bom na vida financeira, ou seja, todos os compromissos pagos em dia.

2. Mais benéfico para autônomos

Se você for um profissional autônomo e precisar de um financiamento, por exemplo, mesmo que não tenha uma comprovação de renda formal, poderá conseguir o crédito graças ao seu Cadastro Positivo.

3. Mais brasileiros beneficiados

Com o Cadastro Positivo, a expectativa é que mais de 22 milhões de consumidores que não têm acesso a crédito passem a ter. Essa inclusão permite que mais brasileiros possam conseguir empréstimos de qualidade, cartões de crédito e financiamentos para tirar seus planos do papel ou organizar sua vida financeira.

4. Menos juros

Aqueles que já têm acesso a crédito poderão ter mais informações positivas contando a seu favor. Com isso, passarão a ter mais ofertas com taxas de juros menores e maiores prazos para pagamento.

5. Menos risco de inadimplência

A lógica é clara. Com mais pessoas tendo acesso ao crédito, a concorrência de operadoras de crédito aumenta, a inadimplência diminui e os juros passam a ser mais justos para todos.

Como o Cadastro Positivo ajuda a aumentar o score

Com as recentes alterações no cálculo do Serasa Score 2.0, o Cadastro Positivo começou a ter um peso ainda maior para a pontuação.

Vai ser possível, também, construir um histórico de pagamentos em dia, o que tende a facilitar a busca por crédito. As informações positivas são cada vez mais importantes para o mercado e chegam a representar 62% do cálculo do Score.

E dependendo da política financeira da empresa, é possível conseguir taxas de juros menores em relação a alguém que não tenha o Cadastro Positivo ativo.

Ou seja, quanto mais informações positivas tiver, maiores as chances de aumentar sua pontuação. Para isso, pagar algumas contas em dia são essenciais, como:

  • Empréstimos pessoais;

  • Financiamentos de casa ou automóvel;

  • Cheque especial;

  • Cartão de crédito;

  • Outras contas que tenham vínculos de crédito.

E agora que você já sabe da relação Score Cadastro Positivo e como um influencia o outro, a dúvida é: você sabe como está a pontuação do seu Serasa Score?

Você pode descobrir agora mesmo acessando o aplicativo da Serasa, disponível no Google Play (para celulares Android) ou na App Store (para aplicativos iOS). O acesso é gratuito e por lá você também pode consultar o seu CPF, além de tudo que tem influenciado seu score.