Entrar

Entenda os impactos da pandemia na vida dos brasileiros

Saiba os principais impactos da pandemia na economia, como ela afetou as pessoas e as consequências desse período

colunista Fabiana Ramos
Publicado em: 13 de julho de 2022.

Em março de 2020, a população mundial foi surpreendida com a paralisação de diversas atividades econômicas em decorrência da COVID-19. Os impactos da pandemia logo começaram a ser sentidos por milhões de brasileiros, que, até hoje, têm dificuldade de se reerguer. Milhares de famílias tiveram sua renda zerada, ou cortada pela metade, levando pessoas que antes se sustentavam com seu trabalho ou negócio, a um estado social e financeiro altamente crítico.

Além dos impactos econômicos gerados pela pandemia, a doença se revelou socialmente de diversas maneiras na vida de pessoas, principalmente, para a população mais vulnerável. Provedores do sustento familiar precisaram ficar em casa e passaram a conviver com a triste realidade de ver os filhos sem educação adequada e vivendo com insegurança alimentar.

Os impactos da pandemia na economia

A Covid-19 teve início na China e se espalhou rapidamente por todo o mundo deixando rastros devastadores. Diversas atividades não essenciais como academias, shoppings, bares, restaurantes, salão de beleza e diversos comércios de rua tiveram que fechar as portas. O intuito era diminuir a circulação de pessoas na rua e a possibilidade de contaminação.

Empresas falindo, pessoas perdendo seus empregos e a falta de investimento geral, os impactos da pandemia trouxeram um desaquecimento da economia. O consumidor, em meio à crise, passou a gastar menos e a comprar somente itens necessários à sua sobrevivência.

Houve um aumento no índice de endividamento do brasileiro, que mesmo tendo à disposição taxas de juros mais baixas, precisará fazer um controle de despesas para conseguir pagar a dívida ao longo de anos.

O setor de turismo, um dos que mais empregam, também sofreu com os impactos da pandemia. Houve cerca de 60% na diminuição de turistas internacionais vindo para o Brasil, deixando de movimentar toda cadeia turística. Além disso, agências de viagens, sem demanda, tiveram grande dificuldade de se manter no mercado e muitas se viram obrigadas a demitir funcionários e encerrar suas atividades.

Para se reerguer, pequenos e médios empreendimentos esperam um apoio mais efetivo do governo e das instituições financeiras, principalmente para obterem capital de giro e novamente poderem ter perspectiva de se manterem no mercado. Porém, mediante a maior recessão econômica vivida pelo país e pelo mundo, os incentivos para empreendedores ainda são irrelevantes mediante os impactos da pandemia.

Os impactos da pandemia e os novos formatos de trabalho e serviços

Reinventar-se foi um termo essencial para que empreendedore pudessem manter seus negócios ativos, mesmo enfrentando os impactos da pandemia. Novos modelos para oferecer serviços e novos modelos de trabalho surgiram para suprir as demandas de vários setores. O delivery e o trabalho remoto foram implantados por diversos empreendimentos de pequeno, médio e grande porte, possibilitando assim que suas atividades permanecessem.

Muitos desafios surgiram nesse momento de adaptação de uma nova realidade. As empresas que mantiveram seus funcionários por meio de trabalho remoto precisaram buscar formas de manter a equipe equilibrada em meio à turbulência. Manter uma boa comunicação com o time, por meio de uma liderança humanizada e altamente motivadora, foi um dos trunfos para driblar os impactos da pandemia.

Outro desafio foi treinar essa equipe para usar as ferramentas tecnológicas, redes sociais e plataformas necessárias para manter as atividades das empresas, realizar vendas, atendimentos e possibilitar o trabalho à distância.

Outro setor que precisou passar por adaptações drásticas foi o da educação. Tanto instituições públicas, quanto privadas, precisaram não só se adaptarem às aulas online, como rever o plano pedagógico aplicado. Para professores e alunos, a fase foi conturbada e extremamente prejudicial ao ensino. As aulas à distância acabaram gerando diversos outros problemas, como estresse familiar, por exemplo, impedindo que os educandos tivessem o aprendizado necessário para sua fase escolar.

De portas fechadas e sem pessoas nas ruas para comprar, variados formatos de comércio precisaram aderir às vendas por meio digital, com entrega delivery. As redes sociais foram essenciais para que empreendedores pudessem divulgar seus produtos e gerar o desejo de compra no cliente. O atendimento on-line veio para ficar e por meio dele as pessoas passaram a fazer seus pedidos e a receberem as compras em casa.

Leia também | Empreendedorismo digital: conheça essa profissão em alta

Como a pandemia afetou a vida das pessoas

O impacto da pandemia na vida das pessoas ainda vai perdurar por anos. O Brasil ocupa o 3º lugar no ranking mundial de casos da Covid-19, com mais de 32 milhões de infectados, e cerca de 672 mil pessoas mortas pela doença. Um impacto irreversível na vida de milhares de famílias. A perda, muitas vezes, de até mais de duas pessoas da mesma família, gerou, além da dor do luto, o desamparo financeiro e afetivo de muitas pessoas.

Os impactos da pandemia foram ainda piores para a população já em situação de vulnerabilidade social. Esse período escancarou a desigualdade social no país e levou muitas famílias ao estado de pobreza extrema. Apesar dos esforços do governo para fazer transferência de renda por meio do Auxílio Emergencial, o valor não foi suficiente para manter as famílias.

Os impactos da pandemia no setor educacional trouxeram atrasos que jamais serão recuperados pelos educandos que vivenciaram essa fase. No setor público, a situação foi ainda pior e milhares de alunos ficaram sem aula, ou tiveram aulas de forma muito precária. A falta de acesso às tecnologias e de materiais adequados deixou muitas crianças sem nenhum aprendizado nesse período. Além disso, muitas crianças que se alimentavam na escola passaram a fazer apenas uma ou duas refeições diárias, o que prejudicou e muito o aprendizado.

Leia também | Como ganhar dinheiro em casa? 8 ideias para ter renda extra

Os impactos da pandemia na vida dos brasileiros

A vida de toda população mundial mudou mediante os impactos da pandemia. Especificamente para os brasileiros o contexto é desafiador, e as famílias continuam sofrendo as piores consequências desse momento.

Muitos empregadores com seus negócios fechados e muitos trabalhadores sem emprego buscaram nas instituições financeiras, meios para se reerguer (e até para se manter) durante essa dura recessão. A grande questão aqui é que eles também contraíram dívidas, não só junto aos bancos, mas também com acertos de contas e impostos em atraso.

Nesse sentido a população brasileira nessa situação já vem buscando meios para renegociar suas dívidas. Para ter êxito nessa empreitada o primeiro passo é se organizar. Com o Serasa Limpa Nome você pode consultar e negociar suas dívidas com até 90% de desconto. Acesse agora mesmo, confira as ofertas e comece a reorganizar sua vida financeira!