Entrar

O que é inteligência financeira e como desenvolver a sua

Inteligência financeira é fundamental para tomar as melhores decisões quando o assunto é dinheiro. Saiba como desenvolver essa habilidade.

Foto Vanessa Ferreira
Publicado em: 17 de dezembro de 2021.

Cada vez mais as pessoas têm se preocupado com a saúde das finanças pessoais, mas para fazer escolhas certeiras que garantam um futuro tranquilo, é preciso ter inteligência financeira.

Segundo a pesquisa “Comportamento financeiro dos brasileiros hoje”, realizada em fevereiro de 2021 pela companhia Xerpay em parceria com a Opinion Box, 74% dos brasileiros afirmam que gostam de administrar seu dinheiro. No entanto, 69% dos entrevistados disseram que têm medo de não conseguir ter uma reserva financeira no futuro.

Ter inteligência financeira faz toda a diferença nesse ponto, além de possibilitar um melhor controle dos gastos e permitir melhores escolhas ao investir no futuro.

Entenda o conceito de inteligência financeira

Mas, afinal, o que é essa tal de inteligência financeira?

Inteligência financeira é a habilidade de gerir a vida financeira de forma equilibrada. Tendo controle de receitas, gastos e investimento e tomando decisões adequadas para garantir a segurança financeira durante a vida.

Como desenvolver a sua inteligência financeira?

Mas para ter uma vida financeira inteligente não basta saber esse conceito. É preciso colocar em prática alguns hábitos essenciais.

Veja abaixo as principais dicas para que você desenvolva sua inteligência financeira.

Conheça bem suas finanças e controle seus gastos

O primeiro passo é saber muito bem quanto dinheiro entra e o quanto sai do seu bolso todo mês, ou seja, entender todas as fontes de receita e todos os gastos.

A forma mais fácil de fazer isso é anotar, em uma planilha ou caderno, todas essas movimentações, categorizando todas elas. Assim, você será capaz de entender onde estão os pontos de atenção.

Por exemplo, ao fazer isso pode ser que você repare que gastou muito dinheiro com aquele docinho depois do almoço e que poderia ter ficado sem. Ou que algumas compras feitas não eram tão necessárias.

Embora esse processo pareça chato e demorado, descobrindo esses padrões fica mais fácil mudar seus hábitos de consumo para o futuro.

Utilize recursos digitais para se organizar

Atualmente existem ferramentas digitais que podem ajudar nessa organização.

Você pode optar por usar modelos de planilhas ou aplicativos de controle financeiro onde é possível conectar os gastos de cartão de crédito para inserir os dados automaticamente.

Usar a Carteira Digital também é uma opção prática. Esse recurso funciona como uma carteira que guarda todo seu dinheiro e cartões, mas de forma digital.

Ou seja, você adiciona todos os seus cartões e pode até disponibilizar um saldo nela para pagamentos à vista. Assim, todo o controle financeiro fica em um aplicativo só que te dá visibilidade das suas contas.

Você pode testar essas funções na Carteira Digital Serasa. Para isso, é só baixar o aplicativo da Serasa gratuitamente e conhecer as funções disponíveis.

Tenha atenção aos gastos impulsivos

Um grande inimigo da inteligência financeira são os gastos impulsivos. Aquelas compras que são feitas sem pensar muito, seguindo um apelo mais emocional.

Estar atento a esse hábito de comprar de forma impulsiva e tentar eliminar esse comportamento da sua rotina, sem dúvida, vai gerar uma grande economia.

Leia também | Compras por impulso: como evitar esse hábito

Por isso, quando estiver quase fechando uma compra, seja do que for, pense se você realmente precisa daquele item nesse momento ou se está sendo

levado por um desejo pontual.

Evite compras parceladas

Na mesma linha dos gastos impulsivos estão as compras parceladas. Embora elas possibilitem o acesso a produtos e serviços mais caros, é preciso estar atento se essas compras não estão virando uma bola de neve.

Tenha uma regra para compras parceladas e não abuse desse recurso para não se perder nas contas. Um bom controle financeiro também pode ajudar a entender quando se deve parcelar.

Aprenda sobre investimentos e faça seu dinheiro render

Na internet, é possível ter informações sobre o mercado financeiro e os primeiros passos para investir com muita facilidade.

Ter conhecimento sobre qual carteira de investimentos faz mais sentido para você também é inteligência financeira. Esse dinheiro investido vai fazer muita diferença lá na frente, por isso desenvolver essa capacidade é essencial para uma vida financeira mais estável.

Estabeleça metas

Quando se tem um objetivo final fica muito mais fácil poupar. Por isso, estabelecer metas e prazos para economizar dinheiro e fazer investimento, pensando no futuro, pode ajudar nesse controle.

Vantagens de uma vida financeira inteligente

Ter inteligência financeira permite que as despesas sejam controladas, limitando-se ao que faz sentido. E, também otimiza os rendimentos, uma vez que poupar e investir passam a fazer parte da rotina.

São muitas as vantagens de tratar suas finanças com inteligência. Algumas delas são:

Muda para melhor a relação com o dinheiro

Quem tem inteligência financeira entende o valor do dinheiro que recebe e, por isso, tem uma melhor relação com suas finanças.

Isso significa que os hábitos de poupar e evitar gastos desnecessários promovem uma melhoria na qualidade de vida, evitando preocupações e garantindo tranquilidade.

Melhora a qualidade dos investimentos

Quando se investe tempo para aprender sobre formas de investir e sobre o mercado em geral, é possível ter resultados mais alinhados aos objetivos.

Parar de depender da indicação de bancos ou palpite de amigos gera uma autonomia maior sobre seu próprio dinheiro.

Deixa as prioridades mais claras

Ao controlar suas finanças e estabelecer metas fica mais claro perceber o que é prioridade na sua vida.

Saber onde vale a pena investir e com o que vale gastar faz parte de ter inteligência financeira.

Oferece segurança a curto, médio e longo prazo

Se um dos grandes medos das pessoas é não ter estabilidade financeira, então é preciso desenvolver uma vida financeira inteligente.

Isso porque, seguindo as dicas citadas nesse texto e tratando suas contas com mais inteligência, vai ser mais fácil garantir que você tenha dinheiro para pagar as contas hoje e nos próximos anos.

Além disso, será possível planejar para ter uma aposentadoria e um futuro mais tranquilos, sem preocupações com dinheiro ou dívidas.

Como visto nesse artigo, a inteligência financeira é a capacidade de lidar com as finanças pessoais com sabedoria, tomando boas decisões em relação às despesas e aos investimentos.

Para começar a mudar sua relação com dinheiro, confira mais conteúdos sobre organização financeira pessoal no blog da Serasa.