Entrar
Navegação do blog
  1. Carteira Digital
  2. Blog
  3. Sacar Dinheiro Exterior

Sacar dinheiro no exterior: dicas para economizar

Sacar dinheiro no exterior em viagens internacionais pode ser um processo mais seguro e econômico. Saiba como.

Publicado em: 13 de junho de 2024

Categoria Carteira DigitalTempo de leitura: 6 minutos

Texto de: Time Serasa

Tirar dinheiro da caixa eletrônico

Em viagens a turismo ou a trabalho, muitas vezes é necessário sacar dinheiro para pagar contas em locais que só aceitem pagamento em espécie, por exemplo. É possível fazer esses saques de forma mais segura e econômica. Confira neste artigo taxas, tarifas e outros cuidados antes de fazer saques em viagens internacionais.

Assista | Dicas para viajar gastando pouco

Como sacar dinheiro no exterior

  • O processo para sacar dinheiro no exterior é parecido com o de fazer um saque no Brasil, com alguns pequenos ajustes. Confira!

  • ●     Insira o cartão internacional no caixa automático.
  • ●     Muitas vezes aparecerá a opção entre diferentes idiomas. A pessoa deve escolher aquele que domina melhor.
  • ●     Se o cartão tiver as duas opções, será preciso escolher entre saque no crédito ou débito.
  • ●     Digite o valor desejado na moeda estrangeira ou escolha entre as opções disponíveis.
  • ●     Por fim, informe a senha do cartão.

Taxas e tarifas associadas ao saque no exterior

Assim como em qualquer operação, como transferência internacional, os saques no exterior também têm taxas e tarifas associadas.

Cotação do câmbio de turismo: quando um saque é feito no exterior a partir de uma conta que tinha valores em real, a cotação utilizada para trocar os reais pela moeda estrangeira segue o câmbio turismo. A tarifa é geralmente mais cara que a taxa de câmbio comercial.

Taxa da empresa do caixa eletrônico: o valor cobrado por saque pela empresa que gerencia aquele determinado caixa eletrônico vai variar conforme a companhia e o local, e é informado na hora de realizar o saque.

Taxa cobrada pelo banco: essa cobrança é feita por saque e varia segundo o que for fixado por cada instituição financeira para os cartões que emitir. Em alguns casos há isenção de tarifa até determinado número de saques realizados no mesmo mês.

IOF para conversão de moeda: a alíquota do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para saques internacionais é de 4,38% e é aplicada na conversão do real para a moeda estrangeira. Por isso, os saques com cartões de débito ou pré-pagos com saldo já em moeda estrangeira não incluem essa cobrança.

Além de arcar com os custos, é preciso também ter alguns cuidados ao sacar dinheiro no exterior.

Melhores práticas para sacar dinheiro no exterior

A cada vez que o cliente faz um saque é cobrado uma tarifa. É importante pesquisar as tarifas por saque, e se programar para fazer as operações de forma mais estratégica.

  • Entre as melhores práticas para sacar dinheiro estão:

  • ●     Escolher um cartão internacional que já tenham saques gratuitos no plano. Existem opções com até dois saques grátis. É importante apenas consultar o limite de valor desses saques.
  • ●     Antes da viagem, é importante verificar se o seu banco tem uma rede Automatic Teller Machine (ATM) compatível no país de destino. Só com acesso a essas máquinas adequadas será possível que a pessoa faça operações financeiras. O caixa eletrônico também precisa ser trabalhar com a rede da mesma bandeira do cartão de viagem.
  • ●     Fazer um planejamento financeiro para ter uma meta de quantia a sacar durante a viagem. Assim, o viajante pode ter uma noção melhor de quais locais só aceitam dinheiro vivo e evita sacar a mais ou a menos que o necessário.
  • ●     Procurar um lugar mais seguro para fazer o saque. Por exemplo: dentro do aeroporto, shopping, ou de uma rede de hotéis, por exemplo.
  • ●     Consultar com antecedência o funcionamento desses locais, e evitar fazer os saques em horários noturnos.
  • ●     Sacar uma quantia relevante o suficiente para não precisar pagar várias taxas a cada vez que fizer um novo saque.

Escolha de caixas eletrônicos no exterior

  • Antes de viajar, é importante ter algumas informações prévias na hora de escolher os caixas eletrônicos no exterior. São elas:

  • ●     Os caixas eletrônicos devem ser da mesma bandeira do cartão utilizado pela pessoa que busca sacar o dinheiro.
  • ●     O banco que emitiu o cartão precisa ser compatível com a rede Automatic Teller Machine (ATM) do país para onde irá viajar, por isso, deve-se conferir essa informação com o atendimento do banco antes da viagem.
  • ●     Para evitar ficar sem dinheiro em algum ponto da viagem, é possível também fazer uma lista prévia dos locais em que os caixas eletrônicos compatíveis estarão mais próximos ao viajante. Para encontrar esses locais, é possível consultar os sites de redes ATM indicadas pelo próprio banco.
  • ●     Por fim, se houver mais de uma opção de caixa eletrônico para usar, uma dica é comparar as taxas cobradas por saque por cada uma das empresas e, assim, escolher a que tiver melhor custo-benefício.

Cartões Multimoeda

Uma das opções são os cartões multimoeda, especialmente úteis para quem precisa constantemente fazer transferências internacionais, como pessoas que fazem viagens ao exterior, trabalham em uma empresa estrangeira e recebem em moeda estrangeira, que morem fora do país e precisam enviar e receber valores, entre outras.

Conheça a Carteira Digital Serasa

Mesmo durante viagens ao exterior, estar com as contas pagas em dia no Brasil não deixa de ser uma necessidade. Para isso, existem ferramentas que reúnem diversas contas em um mesmo espaço para facilitar a administração delas, como a Carteira Digital Serasa.

A Carteira Digital Serasa permite pagar contas online em um só lugar, de forma fácil, prática, rápida e segura, além de fazer recargas de celular, organizar as contas, pagar acordos no Serasa Limpa Nome, consultar e quitar débitos de veículo com opções de parcelamento. 

Para acessar: 

  • ●     Baixe o app da Serasa (iOS ou Android).
  • ●     Caso não tenha cadastro, basta fazer na hora. É rápido e grátis.
  • ●     Faça o login.
  • ●     Pronto! É só aproveitar os serviços que a Carteira Digital Serasa tem para você.
Celular mostrando a carteira digital Serasa

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar

Artigos relacionados