Navegação do blog
  1. Credito
  2. Blog
  3. Quitar Parcelamento Cartao Santander

Como e por que quitar o parcelamento do cartão de crédito Santander

Saiba o que fazer para colocar a dívida com o cartão do Santander em dia.

Publicado em: 28 de março de 2024

Categoria CréditoTempo de leitura: 3 minutos

Texto de: Time Serasa

Logotipo do Santander, um banco comercial multinacional espanhol e empresa de serviços financeiros fundado em 1857

Como quitar o parcelamento do cartão de crédito Santander? Quem tem um cartão do banco e, em algum momento parcelou a fatura, pode compreender, neste artigo, o que fazer para liquidar essa dívida.

Isso porque, mesmo quando o parcelamento da fatura já foi feito e as parcelas estão sendo pagas em dia, é possível quitar, de forma antecipada, os valores em aberto.

O principal benefício de se fazer isso é conseguir descontos dos juros adicionais, uma vez que eles incidem sobre o saldo restante, e ainda aliviar o orçamento.

Quem fez o parcelamento do cartão e, por algum motivo, não conseguiu pagar as parcelas em dia, também consegue renegociar a dívida diretamente com o Santander ou por meio da Serasa. Continue a leitura e entenda como.

Saiba também quais os prós e os contras de fazer parcelamento do cartão de crédito e, ainda, como utilizar este meio de pagamento com segurança, sem prejudicar o orçamento.

Como quitar o parcelamento do cartão de crédito Santander?

Se o parcelamento do cartão de crédito Santander já estiver em atraso, um dos caminhos possíveis é fazer uma renegociação diretamente pelo site do banco. Para isso:

  1. Digite o CPF no campo indicado.

  2. Preencha e confirmar os dados.

  3. Confira as ofertas disponíveis e escolher a opção que melhor se encaixa nas suas finanças. 

O banco informa que, após o pagamento da primeira parcela, o nome do cliente já sairá dos cadastros de inadimplentes em até cinco dias úteis (se estiver negativado).

E que, após liquidar as dívidas, novas solicitações de crédito ficam sujeitas a análise e aprovação.

Assim, para ter os limites de volta, o primeiro passo é renegociar as dívidas e manter os pagamentos em dia.

Como renegociar a dívida com o Santander pelo Serasa Limpa Nome

O Banco Santander é um dos parceiros do Serasa Limpa Nome. Assim, é possível também fazer uma negociação e quitar o parcelamento do cartão de crédito Santander, caso tenha atrasado as parcelas, com o auxílio da Serasa.

Funciona assim: pelo Serasa Limpa Nome você consulta suas dívidas e pode conseguir até 90% de desconto para quitar os débitos.

O serviço é gratuito e pode ser feito em apenas três minutos nos canais oficiais da Serasa: site, app (iOS e Android) ou WhatsApp (11) 99575-2096.

  • Siga o passo a passo:
  • ●     Acesse o Serasa Limpa Nome ou o aplicativo informe seu CPF e Senha.
  • ●     Confira sua dívida na tela e clique em Negociar.
  • ●     Escolha a melhor opção de pagamento (Pix ou boleto, por exemplo) e o número de parcelas
  • ●     Confirme as condições escolhidas e pronto!
Celular mostrando a carteira digital Serasa

Como fazer o uso consciente do cartão de crédito?

O cartão de crédito é um meio de pagamento que pode ser muito útil no dia a dia, desde que utilizado com responsabilidade e cuidado.

Para fazer um bom uso do cartão, é recomendável:

  • ●     Verificar quantos cartões possui e considerar manter apenas um na carteira (inclusive, concentrar os gastos em apenas um cartão ajuda a conseguir ter um limite maior);
  • ●     Avaliar se o cartão cobra anuidade, verificar o valor e analisar se as vantagens oferecidas compensam este custo (e se os benefícios servem para seu uso);
  • ●     Utilizar o cartão mais para emergências e evitar usar o cartão para pequenos gastos;
  • ●     Evitar o parcelamento excessivo (várias parcelinhas se transformam em um “parcelão” quando a fatura chega); 
  • ●     Acompanhar a fatura com frequência e avaliar as compras efetuadas, para ter claro os hábitos de consumo;
  • ●     Não emprestar o cartão de crédito para outras pessoas;
  • ●     Pagar sempre a fatura em dia;
  • ●     Evitar fazer o parcelamento da fatura do cartão. Ou seja, procurar pagar a conta em sua totalidade, para não precisar lidar com juros do cartão de crédito.

 

Leia também | Crédito responsável: saiba como e por que aderir

Quando recorrer ao parcelamento da fatura do cartão de crédito?

Em primeiro lugar, é preciso deixar claro que não é indicado parcelar a fatura de cartão crédito de forma habitual.

No entanto, em caso de dificuldade financeira momentânea, pode ser uma boa estratégia para não ficar inadimplente e não precisar lidar com juros ainda mais altos por conta do atraso no pagamento da fatura.

As regras para parcelamento de fatura de cartão de crédito variam de acordo com a instituição financeira e o tipo de cartão de crédito. Algumas das principais incluem:

  • ●     O parcelamento pode ser solicitado diretamente com a instituição financeira ou pelo aplicativo do cartão de crédito.
  • ●     O número de parcelas e as taxas de juros podem variar de acordo com o valor da fatura e a política da instituição financeira.
  • ●     Algumas instituições podem exigir que o cliente tenha um limite de crédito suficiente para parcelar a fatura.
  • ●     Algumas instituições financeiras cobram uma taxa adicional para o parcelamento da fatura, e a taxa de juros pode ser mais elevada que as taxas de juros normais.
  • ●     É importante que o cliente esteja ciente das condições de pagamento, juros e encargos antes de parcelar a fatura e avaliar se é a melhor opção para sua situação financeira.

 

As principais vantagens de se fazer o parcelamento da fatura do cartão de crédito são o pagamento mais flexível, e o alívio financeiro momentâneo, evitar pagar juros por atraso, manter a pontuação de crédito positiva, evitar o endividamento excessivo.

Já as principais desvantagens do parcelamento de fatura de cartão de crédito estão relacionadas ao custo disso, aos juros e como eles podem ficar ainda maiores caso o consumidor deixe de pagar as prestações do parcelamento da fatura do cartão.

Outro cenário negativo ocorre quando o consumidor não para de fazer compras com o cartão. Ou seja, mesmo parcelando a fatura provavelmente essa pessoa voltará a ter dificuldade para pagar o cartão nos próximos meses.

É importante considerar os objetivos financeiros e a capacidade de pagamento antes de optar por parcelar a fatura de cartão de crédito.

Compartilhe o artigo

Este artigo foi útil?

Escolha de 1 a 5 estrelas para avaliar

Artigos relacionados