A liberdade profissional de um trabalhador autônomo é evidente. Flexibilidade de horários, autonomia para organizar suas próprias tarefas e possibilidade de trabalhar de casa ou em qualquer outro lugar, é muito atraente. Há mais de 4 milhões de profissionais autônomos no mercado. No entanto, por não pertencer a uma estrutura formal de trabalho, é preciso tomar alguns cuidados. Se você está nessa situação, confira como funciona o pagamento do INSS como autônomo.

SEU NOME PODE ESTAR NO LUGAR MAIS PERIGOSO DA INTERNET

Descubra grátis se seu e-mail vazou na Dark Web.

Antes de mais nada, é importante lembrar que trabalhadores autônomos e profissionais liberais precisam dar atenção a esse assunto por causa da sua aposentadoria. Já que se não contribuir, não receberá o pagamento no futuro.

4 passos para pagar o INSS como autônomo

  1. Fazer a inscrição no Programa de Integração Social (PIS);
  2. O trabalhador autônomo é inscrito como “contribuinte individual”.
  3. É necessário que você tenha registro no PIS ou programa de integração social. Se você já trabalhou de carteira assinada, então provavelmente você já possui um número. Mas se você nunca contribuiu, é só inscrever-se pela internet.

  4. Escolher o tipo de contribuição;
  5. Efetuar o pagamento da Guia da Previdência Social (GPS).
  6. A GPS, que é o “carnê do INSS” pode ser preenchida manualmente ou pela internet. Depois de preenchida é só levar a guia até uma instituição bancária, ou casa lotérica, e efetuar o pagamento. A data limite para pagamento é até o dia 15 do mês seguinte.

Segue que é sucesso!
Aprenda como consultar PIS pelo CPF
Consultar FGTS pelo CPF: como fazer?

Tipos de contribuição

Existem dois tipos de contribuição, a diferença entre eles é o valor que é pago mensalmente e os benefícios que o segurado tem direito.

  • No caso do código 1007, o valor da contribuição será de 20% do salário, limitado ao teto da previdência, que em 2018, está no valor de R$ 5.645,80.
  • No código 1163, o valor é de 11% do salário mínimo, que é um pagamento mensal ao INSS de R$ 104,94 e você receberá o valor de um salário mínimo de aposentadoria.

Consulte grátis seu Score

Não perca tempo e garanta seu dinheirinho no futuro, porque ninguém é ferro e é sempre bom gerar renda. Pagar o INSS como autônomo é o caminho para ter essa segurança. A contribuição para a previdência é o que vai trazer a sua aposentadoria. Se você gostou dessas dicas e quer receber outras direto no seu e-mail, é só assinar a nossa newsletter.

Consulte grátis o seu Serasa Score!

VEJA AGORA SUA PONTUAÇÃO.

Consulte grátis seu CPF e seu SCORE Comece agora uma nova vida financeira.

Consultar agora