Entrar

Como declarar o imposto de renda atrasado

Quer saber como pagar o imposto de renda atrasado? Basta acessar o site da Receita Federal. Leia o nosso post e veja o valor da multa e outras informações.

Jornalista Serrana Filetti
Publicado em: 04 de julho de 2022.

Não sabe como declarar imposto de renda atrasado? Não se preocupe. Neste post, você verá que ainda é possível declarar o imposto de renda à Receita Federal. Porém, será preciso pagar uma multa de 1% ao mês, sendo no mínimo R$165,74 e no máximo 20% do imposto devido.

Então, se interessou em saber como declarar o imposto de renda em atraso? Siga com a leitura do nosso post!

Por que é importante não passar do prazo para declarar o imposto de renda?

Quando você declara o imposto de renda no prazo, evita que seu CPF fique comprometido. Além disso, se você tem o costume de viajar para outros países, não terá dificuldade para renovar o passaporte. Outra consequência é que você não terá problemas para prestar concurso público, fazer empréstimos e obter certidão negativa para venda de imóvel.

Não declarar o imposto de renda, por sua vez, traz consequências negativas, como dificuldade em abrir conta em banco. Quem não declara o imposto de renda pode cair na malha fina e passar por uma investigação detalhada das movimentações financeiras feitas. Em último caso, também poderá ser acusado de crime de sonegação fiscal e pegar até cinco anos de prisão.

Entretanto, entenda que a declaração do imposto de renda pode ser entregue até cinco anos após o prazo regular. Esse também é o período em que a Receita Federal aceita eventuais retificações do IR. No entanto, a nossa dica é que você não espere tanto tempo para regularizar a situação.

Leia mais: O que é imposto de renda e para que serve?

Como declarar o imposto de renda atrasado?

Veja como declarar o imposto de renda atrasado:

Declarar imposto de renda dos anos anteriores

• Entre no site da Receita Federal e clique em “Meu Imposto de Renda”. Depois em “Baixar o programa do imposto de renda”.
• Role a tela e selecione o ano correspondente.
• Siga os demais passos descritos na tela.

Depois que você emitir a declaração dos anos com prazo encerrado, você receberá a notificação de lançamento de multa e o DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais) da multa. Assim, o prazo para efetuar o pagamento da multa e regularizar a situação será de 30 dias.

Declarar imposto de renda após o prazo

Já quem não tem pendências de anos anteriores, mas perdeu o prazo da última declaração consegue regularizar o imposto de renda de um jeito simples. Para isso, acesse o programa da Receita Federal e preencha as informações. Você pode preencher e enviar a sua declaração normalmente, pois o programa entenderá que você está em atraso. Porém, como já dizemos, vai precisar pagar uma multa.

O que é necessário para declarar o imposto de renda?

É necessário declarar seu salário anual, automóvel, propriedade, escola dos filhos, faculdade, plano de saúde e até o dinheiro guardado na poupança. O ideal, nesse caso, é buscar um contador que possa ajudar com a declaração de imposto de renda.

Quem precisa declarar?

• Quem recebeu salário anual maior que R$28.559,70 ou teve rendimento superior a R$ 40 mil.
• Trabalhadores que desenvolvem atividade rural e têm renda bruta maior que R$142.798,50.
• Quem deseja compensar seu saldo devedor em impostos.
• Quem ganhou capital na alienação de bens ou direitos e é sujeito à incidência do imposto ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas.
• Quem teve a posse ou a propriedade até o último dia do ano, de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$300 mil.
• Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nessa condição se encontra até o último dia do ano anterior.

Além disso, dependendo da situação, você pode chegar a pagar ao longo do ano 27,5% de imposto de renda no holerite. Portanto, para evitar um imposto caro, não perca o prazo de declaração do imposto de renda.

Leia mais: Imposto de renda: como fazer a declaração?

Como funciona o pagamento do imposto de renda?

Sempre é bom lembrar como funciona o pagamento do imposto de renda. Com a prestação de contas feita pela declaração anual, você consegue saber se já pagou tudo que precisava. Caso tenha pagado um valor a mais, a Receita devolverá o seu dinheiro, ou seja, fará a restituição do imposto de renda.

Caso contrário, você é quem deverá pagar o valor restante. Assim, para pagar o valor restante, a Receita disponibiliza um boleto bancário ou débito automático.

Para onde vai o dinheiro do imposto de renda?

Segundo o Ministério da Fazenda, parte dos impostos arrecadados é destinada à saúde, educação e programas de transferência de renda. Já outra fração é enviada para programas de geração de empregos e inclusão social, como reforma agrária, construção de habitação popular, saneamento e reurbanização de área degradadas.

Também há uma parcela para investimentos em infraestrutura, segurança pública, cultura, esporte e defesa do meio ambiente, além do estímulo ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia. Portanto, pagar imposto de renda financia melhorias no país.

Como negociar outras dívidas?

A Serasa tem uma plataforma digital em que você consegue negociar dívidas. É o Serasa Limpa Nome, um ambiente online, seguro e que permite visualizar ofertas e acordos disponíveis.

Saiba, ainda, que o fato de existirem ofertas no Limpa Nome não significa que você esteja negativado. Afinal, o portal permite a negociação de dívidas negativadas ou não (contas atrasadas).

É importante pagar dívidas e contas atrasadas, pois ajuda a manter o bom relacionamento com as empresas e até aumentar a pontuação do Score, caso atenda a outros critérios. Por isso, comece com as pendências negativadas e depois veja as contas atrasadas.

Mesmo dívidas prescritas (“caducadas”) não deixam de existir. Elas ainda podem permanecer na base de dados da empresa e prejudicar negócios futuros com ela. Só quitando essas pendências você poderá ter bom relacionamento com a instituição credora.

Veja também como funciona o Feirão Serasa Limpa Nome

Agora que você aprendeu como pagar o imposto de renda atrasado e negociar dívidas, evite pendências com a Receita Federal, com o comércio local e as instituições financeiras. Somente dessa forma você terá uma vida financeira mais tranquila.

Gostou do nosso artigo? Então compartilhe o conteúdo em suas redes sociais e ajude mais pessoas a tirar dúvidas sobre o assunto!