Entrar

Como pagar IPVA atrasado? Conheça as melhores alternativas

Saiba como pagar IPVA atrasado e quais são as melhores opções para regularizar a situação do seu carro para evitar problemas.

Foto Vanessa Ferreira
Publicado em: 19 de janeiro de 2022.

Se por algum motivo você acabou não pagando o IPVA, saiba que tem uma saída para regularizar a situação. Saber como pagar o IPVA atrasado e quais são as opções de pagamento vai te ajudar a resolver esse problema.

Todo começo de ano o brasileiro se depara com inúmeras obrigações e impostos. O que acaba assustando e, às vezes, até causando problemas de endividamento.

E essa situação tem ficado ainda mais difícil depois da pandemia do Coronavírus. Segundo a Pesquisa de Endividamento conduzida pela Serasa em parceria com a Opinion Box em Outubro de 2021, 64% dos brasileiros afirmam que a pandemia impactou totalmente a condição financeira.

Por isso, é normal que muita gente tenha dificuldade de pagar os impostos que surgem no começo do ano.

Seja uma consequência do desemprego ou até por esquecimento, atrasar o pagamento de contas como o IPVA pode gerar ainda mais dor de cabeça nos meses seguintes.

Por isso, nesse texto vamos te explicar como pagar IPVA atrasado. Além disso, você vai ver as melhores opções para você e o que acontece caso você não quite essa dívida.

Como consultar IPVA

O Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores, o IPVA, é um encargo cobrado anualmente e obrigatório a todos os proprietários de veículos. Esse imposto é estadual e, por isso, o valor pode ser diferente de um estado para outro.

O valor arrecadado com esse imposto é usado para investir em serviços públicos em geral, como na área de transportes, saúde, educação e segurança, por exemplo.

Manter o pagamento desse imposto sempre em dia evita problemas para quem tem carro e ainda pode gerar uma economia.

A cobrança varia em relação ao valor venal do veículo e da alíquota do estado no qual ele está registrado.

E, é possível consultar o valor do IPVA do seu automóvel direto nas instituições financeiras, pelo aplicativo, internet banking ou em terminais de autoatendimento do seu banco. Para isso, basta informar o número do Renavam do veículo.

A consulta também pode ser feita ao acessar o site da Secretaria da Fazenda e Planejamento.

No caso de ter atrasado o pagamento do IPVA, você receberá uma carta pelos Correios informando o valor e um prazo de pagamento. Mas, no portal da Secretaria da Fazenda e Planejamento também é possível verificar se há um débito em aberto.

Consequências do não pagamento do IPVA

Como dissemos, manter o pagamento do IPVA em dia pode evitar muita dor de cabeça. E, embora o valor possa parecer alto, é importante se planejar para pagá-lo antes da data de vencimento.

Saber como pagar IPVA atrasado é ainda mais importante, porque quando

esse pagamento não é feito podem surgir alguns problemas como:

Cobrança de multa e juros:

A cada dia de atraso é cobrada uma multa, que varia de acordo com o estado de registro do carro. Conforme o tempo passa essa multa é acrescida de juros que podem chegar até 20% em alguns estados, tornando-se uma bola de neve.

Não é possível fazer o licenciamento

Sem o IPVA em dia o proprietário não poderá licenciar o carro, o que implica em uma infração de trânsito. Nesses casos, o carro pode ser apreendido pelas autoridades, além de ser multado.

Dificuldade em conseguir crédito

Com essa dívida, o score de crédito do dono do veículo é impactado e fica mais difícil de conseguir um empréstimo ou financiamento, por exemplo.

Ser inscrito na Dívida Ativa

Esse cadastro nos dados do governo de devedores atrapalha ainda mais a vida de quem atrasou o pagamento. Além de dificultar o acesso ao crédito, também prejudica uma possível venda do veículo, que está com dívidas.

Passo a passo para pagar o IPVA atrasado

Já deu para perceber que não vale a pena ficar devendo o IPVA do seu carro ou moto, certo? Se você está com esse imposto em aberto veja abaixo como pagar ipva atrasado:

  1. Acesse o site do Detran no portal da Secretaria da Fazenda e Planejamento;

  2. Insira a placa do veículo e o RENAVAM;

  3. Emita a Guia para Regularização de Débitos (GRD), que é a guia de pagamento com os valores ajustados;

  4. Escolha uma forma de pagamento, o valor pode ser quitado integralmente ou parcelado com acréscimo de juros;

  5. Pague a guia em um banco, casa lotérica ou em um posto da Secretaria da Fazenda e Planejamento.

Você também pode fazer o pagamento dessa guia direto no aplicativo ou internet banking do seu banco.

Alternativas de pagamento para o IPVA em atraso

A possibilidade de parcelamento pode ser uma saída quando você não tem o dinheiro disponível. Mas, o ideal é que o pagamento seja feito de forma integral para evitar os juros nas parcelas.

Caso você não tenha todo o montante necessário para o pagamento à vista, é possível recorrer a outras saídas, além do parcelamento.

Solicitar um empréstimo

Uma das opções é recorrer a um empréstimo do valor que falta para pagar a dívida.

Nesse caso, é essencial avaliar se as condições dos empréstimos realmente valem a pena. Para isso, verifique se a taxa de juros nesse caso é menor do que a que incide nas parcelas e o prazo de quitação do empréstimo, por exemplo.

No Serasa eCred você pode simular empréstimos para fazer uma análise adequada de qual a melhor solução para o seu caso.

Parcelamento do boleto

Também é possível optar pelo pagamento integral e parcelar o boleto pagando no cartão de crédito. Essa é uma maneira mais fácil de conseguir crédito para quitar a dívida, sem precisar recorrer a um empréstimo.

Para saber mais sobre como parcelar boleto no cartão de crédito em até 12 vezes sem juros, conheça a Carteira Digital Serasa.

Agora que você já sabe como pagar IPVA atrasado e quais são as alternativas para fazer isso, faça a consulta dos valores em aberto o quanto antes para resolver essa pendência. Lembre-se de sempre levar esse imposto em conta no seu planejamento financeiro e analisar as melhores condições de pagamento para não ficar com dívidas.