Entrar

Pix agendado: como funciona e passo a passo para fazer

Para melhor organização das finanças é possível usar o PIX agendado, uma forma de programar as transações por PIX para os usuários.

Foto Vanessa Ferreira
Publicado em: 19 de janeiro de 2022.

A programação de transações, como transferências e pagamentos, é uma forma simples de organizar a vida financeira, seja de empresas ou para pessoas físicas. E, para quem é adepto do PIX, também é possível aproveitar dessa organização através do PIX agendado.

Desde novembro de 2020, quando foi lançada, essa modalidade de pagamento já ganhou espaço no dia a dia do brasileiro. Em poucos meses o PIX já passou a ser mais usado do que TED ou DOC.

Um ano após o lançamento, o PIX já havia conquistado mais de 104,4 milhões de brasileiros, de acordo com dados do Banco Central.

Sua característica democrática e instantânea facilitou a vida de muitas pessoas, tanto para as transações pessoais, quanto entre empresas.

Isso porque essa nova forma de fazer transferências e pagamentos possibilita transações em segundos de forma simples.

Com ele é possível transferir dinheiro usando uma chave pix, escolhendo o destinatário na lista de contatos, escaneando um QR Code ou usando o PIX Copia e Cola.

Independente se é uma transferência entre pessoas físicas ou se é um pagamento de uma compra ou contratação de serviço, a transação ocorre instantaneamente.

A programação de uma transferência ou pagamento através do PIX agendado é possível desde seu lançamento. Mas, a partir de Setembro de 2021, o Banco Central (BC) tornou obrigatório que as instituições financeiras ofereçam essa possibilidade.

Continue lendo para saber como funciona o agendado do PIX e como utilizar esse recurso de forma segura.

O que é Pix agendado?

Todo mundo já sabe o que é o PIX mas, além de toda a facilidade, ainda é possível agendar o pix. Ou seja, você pode programar o pagamento ou a transferência que deseja fazer para um dia específico.

Até setembro de 2021, o PIX Agendado era disponibilizado apenas por algumas instituições financeiras. No entanto, a partir desta data o Banco Central tornou obrigatória essa possibilidade para todos os usuários.

O agendamento PIX pode ser feito tanto no uso de chaves, quanto com o QR Codes.

Atualmente não é possível escolher o horário da transferência, e o PIX programado será realizado no início do dia escolhido.

Quando você faz o agendamento de uma transação o valor já aparecerá no seu Extrato bancário. No entanto, quem receber a transferência PIX só poderá visualizar esse valor no dia em que a transação for efetivada.

O agendamento de PIX deve estar disponível no aplicativo ou internet banking do seu banco.

A maneira de fazer isso é diferente em cada instituição. Mas, normalmente basta seguir os passo a passo para fazer um PIX normalmente e, antes de finalizar, selecionar outra data.

Pix agendado pode ser cancelado?

Uma das grandes vantagens do PIX agendado é possibilidade das pessoas organizarem melhor suas finanças.

Programar um pagamento ou transferência com antecedência evita atrasos e cobranças de multa e juros. Além de permitir que você visualize melhor quanto dinheiro está disponível na sua conta.

Além disso, o agendamento pode ser cancelado antes da data definida para a transferência. Assim, caso haja alguma mudança no valor ou você não precise mais fazer aquele pagamento é possível cancelar o PIX.

Essa possibilidade garante mais segurança para os usuários do PIX e oferece maior controle sobre as movimentações.

4 dicas de segurança no uso do PIX

Agora que você sabe o que é o PIX Agendado e como usá-lo, é importante estar atento a algumas dicas para manter a sua segurança no uso desse recurso e em outras transações via PIX.

Definir limites

Além de poder agendar uma transferência para uma data futura, você também pode definir os valores máximos de transferências para suas contas.

Essa funcionalidade, disponível no app ou internet banking dos bancos, possibilita que o próprio usuário defina o limite com o qual se sente mais confortável.

Com isso é possível limitar montantes máximos por período e até por transação.

Conferir dados antes de enviar a transferência

Como em toda transação financeira, é essencial conferir os dados de quem vai receber o PIX e também o valor enviado.

Lembre-se que essa transferência é instantânea, por isso, uma vez que foi efetivada pode ser mais difícil reaver um valor que foi enviado incorretamente.

No caso do PIX Agendado isso é um pouco mais fácil já que você pode fazer o cancelamento. No entanto, isso só é possível antes da data programada.

Certifique-se da identidade de quem vai receber o PIX

Muito se tem falado sobre golpes e fraudes em pagamentos digitais. Por isso, é importante ter atenção antes de realizar transferências e pagamentos.

Desconfie de pessoas que pedem envio de PIX pelo Whatsapp e outros meios de comunicação digital. E, antes de enviar o valor, sempre certifique-se que você está falando com a pessoa correta.

No caso de pagamentos e transferências para empresas, você pode pesquisar o CNPJ da companhia para ter certeza que se trata de uma organização real e idônea.

Tenha cuidado com as suas senhas

No caso de aplicativos de banco é importante ter senhas difíceis e sempre diferentes para manter a segurança. Configure os apps para pedirem as senhas e, se possível, utilize uma Autenticação Multifator.

Além disso, nunca fale sua senha para ninguém nem divulgue ela através de mensagens ou fotos.

Com isso, no caso de seu celular ser roubado, você fica seguro que esses aplicativos não serão acessados.

Embora ainda tenha muita gente que tenha receio de usar o PIX, esse meio de pagamento é seguro e muito prático. Basta seguir as dicas acima e estar atento ao realizar as movimentações financeiras para não ter problemas. Se você tem dúvidas sobre o que acontece no caso de fazer um PIX errado, encontre nesse artigo como agir e o que pode ser feito.