Entrar

Consumismo: como economizar com tantos gastos de fim de ano?

Confira dicas de como economizar dinheiro no fim de ano sem abrir mão de se divertir durante as festividades.

colunista Fabiana Ramos
Publicado em: 02 de dezembro de 2021.

Está chegando uma das épocas mais aguardadas do ano: sol, festas, família reunida, clima de ano novo e aquela sensação de recomeço. É tanta coisa boa que um assunto importante acaba passando despercebido: como economizar e não ceder à tentação de extrapolar o orçamento nesse momento?

Junto com esse período também chegam as confraternizações dos colegas de trabalho, as reuniões com o pessoal da academia, os presentes de Natal para a família, o amigo oculto da turma que se conhece desde a infância, a viagem de ano novo, as férias escolares… Não faltam oportunidades para gastar dinheiro nessa época, não é mesmo?

E como economizar nesse momento?

Para não começar 2022 no vermelho, trouxemos aqui algumas dicas de como economizar nesse período. Confira:

Não perca de vista os (muitos) gastos que estão para chegar

Não dá para se empolgar e viver como se não houvesse amanhã. Aproveite a época sim, porém, vá com calma. Afinal, com a chegada de um novo ano, chegam com ele muitos boletos, como os impostos (IPTU e IPVA), material escolar, uniforme, matrículas de escolas e cursos, reajustes de valores e taxas de serviços…

Então, para não começar o ano já com dívidas, lembre-se de separar uma quantia para esses gastos extras.

Posso usar meu décimo terceiro?

O ideal é que você use esse valor para quitar eventuais dívidas que ainda estão em aberto, caso você as tenha, e sair do vermelho. Se esse for o seu caso, você pode clicar aqui e negociar no Serasa Limpa Nome com até 99% de desconto.

Se não possuir dívidas, procure guardar a maior parte do seu décimo terceiro para emergências, investimentos ou metas para o ano seguinte. O ideal é que seus gastos caibam dentro do seu salário fixo, sem contar com essa renda extra, mas, caso precise, reserve uma pequena parte para usar nessa época de maior consumo.

Crie metas para o futuro

Com a chegada de um novo ano, vem a época de criarmos aquela famosa lista de desejos e intenções. Normalmente incluímos itens como “emagrecer, ser mais saudável, começar um novo hobby, trocar de carro”, e esses objetivos, direta ou indiretamente, envolvem dinheiro para serem realizados.

Por isso, crie a sua listinha de metas antes de sair às compras dos presentes de Natal. Com seus objetivos em mente, você saberá o motivo pela qual está economizando e a tarefa de controlar os gastos será mais fácil.

Faça lista de presentes e estipule um teto para os gastos

Assim você evitará as compras por impulso, seja porque algo está barato, porque é bonitinho, ou “para garantir”, porque “vai que eu tenha me esquecido de algum presente”.

Pense com calma em todas as pessoas que você gostaria de presentear, avalie no seu orçamento se é possível, planeje o valor estimado a ser gasto com cada um deles, faça sua lista e ao sair de casa para fazer a compra dos presentes, mantenha-se fiel a ela.

Se possível, reduza a lista de presenteados e escolha coisas mais simples. Não desconsidere presentes criativos e personalizados, que além do preço mais em conta, tem também um valor afetivo, já que você dedicou seu tempo pensando e fazendo um presente único e especial com suas próprias mãos e recursos.

Planeje-se para comprar os presentes com antecedência, tendo mais tempo para fazer pesquisa de preços e optar pela opção mais barata.

Considere também comprar pela internet, pois normalmente as lojas online têm preços melhores do que as lojas físicas, além de ser mais fácil fazer a tal pesquisa. Dependendo do produto, o mesmo item pode ter uma variação de 20% a 30% do valor de uma loja para outra.

Evite também fazer muitas parcelas no cartão de crédito para que você não perca o controle e fique com prestações pendentes do Natal até o meio do próximo ano, por exemplo. Sempre dê preferência para pagamentos no dinheiro, já que além de não se complicar no futuro, você ainda pode negociar descontos.

Leia também | Fatura do cartão de crédito: como controlar os gastos?

Considere fazer um amigo oculto na festa de Natal da família

Além de economizar muito, já que você irá desembolsar o valor do presente para apenas uma pessoa ao invés de presentear a família inteira, todos terão um mimo garantido e a brincadeira ainda garante boas risadas. Capriche na descrição do seu amigo oculto e

escreva um recadinho personalizado para que seu presente tenha um toque ainda mais especial.

Aprenda a dizer não

Seja um convite para jantar em um restaurante muito além das suas condições financeiras, uma viagem que não estava prevista ou até mesmo um momento de lazer que ultrapasse seu orçamento. Não tenha medo de dizer não, tanto para os outros quanto para você mesmo (a).

Feche os ouvidos sempre que ouvir aquela vozinha que insiste em dizer: “eu mereço”. O que você merece mesmo é ter uma vida financeira equilibrada e saudável, e não passar mais um ano preocupada e cheia de prestações a perder de vista.

Por mais difícil que possa ser no início, este é um aprendizado necessário. Dizer sim para os outros é dizer não para você. Avalie em primeiro lugar o seu orçamento, pois é ele quem te dará a resposta. Se suas finanças forem prejudicadas por algum gasto extra que você não tenha condições de arcar no momento, não hesite em falar, com jeitinho, o temido, porém imprescindível, NÃO.

Quando se trata de saúde financeira, é ela quem deve vir em primeiro lugar.

Abuse da criatividade na hora da ceia

Com os valores dos alimentos tão caros nos supermercados, considere opções mais baratas e inove na ceia. Por que não, no lugar do peru, fazer um pernil suíno? Além de economizar nos ingredientes, combine também com a família de cada um levar um prato. Assim a ceia fica completa e não sobrecarrega o bolso de ninguém.

Vai viajar no ano novo?

Ao invés de ir para aquele destino badalado e caro em plena alta temporada, procure uma praia menos visada e que fique mais perto de você. Dá para economizar no hotel, nos restaurantes, nos passeios e também na gasolina (que não está podendo ser desperdiçada, não é mesmo?). Deixe o local da moda para uma próxima oportunidade, com mais planejamento, e aproveite uma época de baixa temporada.

Quer ver mais algumas dicas de como economizar para as festas de fim de ano? Confira este vídeo do Serasa Ensina:

https://www.youtube.com/watch?v=DB9zC4f7Ook